Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao

0
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Seguros Promo

Confira este roteiro completo recheado de dicas e muitas atrações bacanas em Willemstad, a maior cidade e capital de Curaçao. Aqui você também vai encontrar dicas de hotéis, restaurantes, passeios, tours e muitas sugestões bacanas.

ÍNDICE: CONFIRA O QUE ENCONTRAR NESTE POST

A CIDADE DE WILLEMSTAD

Willemstad é a maior cidade de Curaçao, além de ser sua capital. A cidade possui cerca de 86 hectares, 150 mil habitantes, e é dividida em 4 distritos: Punda, Otrobanda, Scharloo e Pietermaai. O grande charme da cidade é seu o centro histórico, composto por 4 quarteirões super charmosos, com casinhas coloridas de arquitetura de estilo holandês. Este espaço foi designado como Patrimônio Mundial da UNESCO em 1997. Assim como em toda ilha, a língua local é o Papiamento, uma língua crioula que é uma mistura curiosa de idiomas que inclui o português, espanhol, holandês e a língua indígena Arawak. Como a cidade e a ilha como um todo tem como a principal atividade econômica o turismo, o inglês, o holandês e o espanhol são amplamente falados no local.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Casinhas coloridas em Punda
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Praça em Punda

Willemstad é o local mais vibrante de Curaçao, com muitas opções de restaurantes, lojas e entretenimento. Mesmo que você não fique hospedado no local, como foi o nosso caso, ir a Willemstad tanto durante o dia quanto à noite é obrigatório para quem visita a ilha. Em seguida, você vai encontrar muitas dicas de como aproveitar ao máximo o que Willemstad tem a oferecer.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
O animado distrito de Pietermaai
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
A Ponte Rainha Emma e a Handelskade, a rua mais colorida de Curaçao, ao fundo

Leia mais: Caribe: O que fazer em Curaçao – Roteiro de 5 dias

 

NÃO SE ESQUEÇA DE CONTRATAR O SEGURO VIAGEM!

É super recomendável contratar um seguro viagem antes de embarcar. Alguns lugares do mundo, o seguro é obrigatório, como é o caso da Europa. Não vale a pena fazer um rombo no orçamento caso algo inesperado aconteça. O seguro cobre cancelamentos de voos, malas extraviadas, emergências médicas e muitas coisas que podem dar uma dor de cabeça danada se você não se planejar com antecedência. Nosso parceiro é o Seguros Promo que possui uma ferramenta bem inteligente de comparação de preços de seguros, trazendo as melhores opções disponíveis em cada caso. Faça uma cotação sem compromisso neste link. E não se esqueça de utilizar o código VIAJONARIOS5 para garantir 5% de desconto na compra do seu seguro!


UM POUCO DE HISTÓRIA…

A ilha de Curaçao foi primeiramente conquistada pelos espanhóis em 1499 e permaneceu em sua posse até que a Companhia Holandesa das Índias Ocidentais alcançou a ilha em 1634, sob o patrocínio dos holandeses. Até este ponto, não houve grande desenvolvimento ou construção na área hoje conhecida como Punda. Em 1635, a Companhia Holandesa das Índias Orientais viu o potencial para criar um porto para defesa e comercio naval no local. Assim, começou a construir o Forte Amsterdam na Baía de Santa Ana, como o primeiro ponto de defesa contra outros colonizadores europeus em torno do Mar do Caribe. O promontório no lado leste da baía recebeu prioridade no processo de construção e demorou apenas um ano para ser concluído. Esta área costumava passar pelo nome de “De Punt” (O Ponto), mas depois se tornou “Punta” e, por último, “Punda”. Em 1635, a maior parte dos habitantes de Punda eram em sua maioria soldados e marinheiros.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Rua do centro de Punda
DECLÍNIO DA COMPANHIA DAS ÍNDIAS OCIDENTAIS

Um evento importante na história de Punda foi a remoção das muralhas da cidade. Depois de proteger Punda por mais de 150 anos, as muralhas da cidade foram retiradas de 1861 até 1864, e os distritos de Otrobanda, Scharloo e Pietermaai se integraram na capital de Willemstad. Depois que as muralhas foram derrubadas, uma nova era entrou nas ruas de Punda. O porto foi reforçado pela introdução da navegação a vapor, e o porto de Willemstad tornou-se um depósito de abastecimento de carvão. Após o declínio da Companhia Holandesa das Índias Ocidentais, o porto de Curaçao abriu suas portas para outros países para comercializar produtos e escravos. O local teve papel central na história da escravidão africana e do tráfico de escravos no Caribe e nas Américas. Punda passou a ser um centro de comércio frequentado por comerciantes de todo o mundo.

RESERVE AGORA seu hotel e economize até 50%. Leitores do Viajonários estão com um SUPER DESCONTO! E o melhor, com CANCELAMENTO GRÁTIS*!



Booking.com

*confira os hotéis com cancelamento grátis no site

A RENOVAÇÃO DA CIDADE E PATRIMÔNIO UNESCO

Em 1969, ocorreu uma revolta que levou ao saque e à destruição generalizada de prédios e veículos em Willemstad e seus arredores. Tudo começou devido a uma greve dos trabalhadores da indústria petrolífera, que se queixaram da desigualdade salarial e das diferenças políticas entre a população local e a minoria branca governante da ilha. A manifestação deixou duas pessoas mortas e boa parte do centro de Willemstad foi destruída, enquanto centenas de pessoas foram presas. Após duas décadas de reconstrução e crescimento, o centro da cidade e a área histórica de Punda e seus arredores ganharam a prestigiosa oportunidade de se tornar um Patrimônio Mundial da UNESCO.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Handelskade, a rua mais colorida de Curaçao

COMO SE LOCOMOVER EM WILLEMSTAD

O único aeroporto da ilha, o Curaçao International Airport, fica localizado a cerca de 12 km do centro da cidade. Um terminal novo foi recém inaugurado e está muito bonito e organizado. Eu recomendo que você alugue um carro para conseguir conhecer a ilha de Curaçao como um todo. Se você pretende se hospedar em Willemstad, conseguirá percorrer os principais pontos turísticos da cidade a pé e, eventualmente, pegar um táxi ou uma excursão para conhecer outras partes da ilha.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Aeroporto de Curaçao

Nós alugamos um carro já saindo do aeroporto e tivemos liberdade para visitar não só a capital como várias praias de Curaçao. Quando chegamos ao centro de Willemstad, paramos o carro pertinho do Curaçao Tourist Board. Nesta região, é preciso pagar para estacionar em um dos parquímetros eletrônicos. Nós não tínhamos moeda local e conversamos com um funcionário do Curaçao Tourist Board para que ele trocasse uma nota de dólar que nós tínhamos por moedas para pagar o estacionamento. Ele foi super gentil e nos ajudou. Voltamos ao parquímetro, colocamos o número da nossa vaga (está pintada no chão), colocamos o tempo que prevíamos ficar por lá e efetuamos o pagamento. É bem simples e as informações do parquímetro podem ser acessadas em diversos idiomas.

O QUE FAZER EM WILLEMSTAD

O centrinho de Willemstad é relativamente pequeno, mas bem gracioso. Quando estávamos planejando a viagem, pegamos várias sugestões bacanas com os meninos do blog Viagens Cine, as quais ajudaram muito a montar o nosso roteiro. Para facilitar a programação de sua visita a Willemstad, colocamos todas as dicas sugeridas neste post no mapa interativo abaixo. Além de sugestões de atrações, você vai encontrar dicas de restaurantes, locais de compras e opções de hospedagem. As cores indicam a separação geográfica das atrações por região: Punda (em verde), Otrobanda (em roxo), Pietermaai (em azul), e Scharloo (em laranja).

PUNDA

Atualmente, esta é a área mais carismática da cidade. A região de Punda é repleta de lojinhas variadas, restaurantes e Cafés. É nela que fica a Handelskade, uma ruazinha repleta de casinhas coloridas que se tornou o principal cartão postal de Curaçao. Como é bem plana, é perfeita para uma boa caminhada a pé. Aproveite para se perder pelas ruelas simpáticas e coloridas e descobrir lugares super bacanas neste gracioso centrinho.

1. PRAÇA RAINHA WILHELMINA & LETREIROS DE CURAÇAO

A Praça Rainha Wilhelmina é um dos principais destaques de Curaçao. Ela é grande e movimentada, com vários edifícios ao redor, além de restaurantes com mesas nas calçadas. O clima é bem gostoso e descontraído.  No centro da praça ficam dois letreiros enormes, um escrito “Curaçao” e outro escrito “Dushi”, que significa algo como “querido” em papiamento, a língua local.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Praça Rainha Wilhelmina
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Em frente ao letreiro “Dushi”
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Letreiro “Curaçao”
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Durante à noite, ele fica iluminado

2. FORT AMSTERDAM & FORT CHURCH MUSEUM

Construído em 1634 pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais, o Fort Amsterdam serviu como um forte militar e também como sede desta companhia. Ele foi construído por soldados holandeses e escravos angolanos. A maioria da população foi morar no forte, com a cidade de Willemstad eventualmente crescendo fora dele. O Fort Amsterdam foi projetado com paredes de três metros de largura e cinco bastiões, porém apenas quatro foram construídos. Ele também tinha canhões que ficam voltados principalmente para o mar.  Atualmente, o edifício é utilizado como sede do governo de Curaçao. Há também alguns escritórios do governo e um museu da comunidade protestante localizada na Fort Church (Igreja do Forte), na parte de trás do forte. Ele contém uma pequena coleção de artefatos da congregação protestante holandesa da Igreja, ativa desde 1635, incluindo antigos cálices de prata e uma pia batismal de mogno. Há também uma coleção de mapas antigos da ilha.

  • Endereço: Kaya Toni Prince, Punda, Willemstad, Curaçao
  • Horários: de segunda a sexta de 10h às 14h /fechado aos sábados e domingos
  • Entrada: US$ 2 igreja / US$ 4 museu
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Fort Amsterdam. Foto: Ymnes

3. PRAÇA DA COSTA GOMEZ

Ficamos encantados quando encontramos essa praça no centro de Curaçao. O nome é uma homenagem ao primeiro presidente do conselho do governo das Antilhas Holandesas, uma estátua está logo na entrada. A praça é toda arborizada e florida com muitas mesas dos restaurantes e Cafés que atendem ali pertinho. Repare no alto de um prédio em amarelo que possui uma série de sinos. Ficamos encantados, pois estávamos ali exatamente ao meio-dia e pudemos ficar ouvindo o delicioso soar dos sinos.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
A charmosa Praça Da Costa Gomez
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Área arborizada com várias lojinhas e restaurantes

4. SINAGOGA MIKVE ISRAEL-EMANUEL E MUSEU JUDAICO

Em 1651, os primeiros imigrantes judeus chegaram da Europa. Esses judeus, originalmente da Espanha e de Portugal, inicialmente fugiram para a Holanda e se estabeleceram em Amsterdam após anos de perseguição e conversão forçada ao catolicismo que remonta à Inquisição Espanhola. A comunidade judaica cresceu muito próspera e deixou uma marca especial em Curaçao. Eles construíram a famosa sinagoga Mikvé Israel-Emanuel em 1732, que é a mais antiga sinagoga em uso contínuo no Hemisfério Ocidental. Você também vai encontrar na sinagoga um Museu Judaico, que conta com muitas pinturas, fotografias e árvores genealógicas retratadas dos fundadores. O museu preserva artefatos religiosos e culturas da ilha e muitas peças de coleção ainda são usadas ativamente nos serviços e rituais da Congregação de hoje.

  • Endereço: Hanchi Snoa 29, Willemstad, Curaçao
  • Horários: de segunda a sexta de 9h às 11h45 e de 14h30 às 16h45 / fechada aos sábados e domingos
  • Entrada: US$ 10
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
A histórica sinagoga de Curaçao. Foto: site oficial

5. RUA HANDELSKADE

Logo nas primeiras fotos que vi de Handelskade, foi inevitável me lembrar da visita que fizemos à Copenhagen e a linda vista colorida de Nyhavn. A Handelskade é, sem dúvida, a parte mais bonita de Punda. Esta rua histórica à beira-mar é a maior evidência da herança holandesa em Curaçao. São edifícios de cores variada construídos durante o século XVIII que refletem nas águas da Baía de Santa Ana.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
A rua mais famosa de Curaçao

Acredita-se que um dos primeiros governadores holandeses decretou que todas as casas deveriam ser pintadas em cores diferentes do branco porque o reflexo do sol supostamente causava dores de cabeça e poderia até levar à inflamação dos olhos, no limite, à cegueira. Para nós, turistas, é um deleite aos olhos. Ali você vai encontrar vários Cafés ao ar livre com vistas para a Ponte Rainha Emma. É o lugar mais que perfeito para registrar muitas fotos!

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
As casinhas coloridas iluminadas à noite

6. MERCADOS

  • Mercado Flutuante: Ao norte da Handelskade fica o Mercado Flutuante. Aqui, pequenos barcos de pesca provenientes da Venezuela (que fica a apenas 40 km de distância) atracam no canal. O local bem interessante e incluem tais como peixes recém-pescados, frutas e legumes tropicais, como a banana, frutas cítricas, papaia e abacate. As manhãs são a melhor época para visitar, para a melhor seleção de produtos e pelo fato de as temperaturas serem mais agradáveis.
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Ao fundo, Mercado Flutuante com suas tendas coloridas

  • Mercado Novo: Também conhecido como Ronde Markt, é um mercado em formato circular que vende uma série de artigos artesanais. Você vai encontrar muitas lembranças e uma variedade de outros produtos de fornecedores locais. É uma experiência autêntica em Curaçao.
  • Mercado Velho (Plasa Bieu): Este mercado fechado possui uma série de barraquinhas de comidas típicas a preços bem camaradas. Ele é também bastante frequentado por locais e, embora não seja muito bonito, é uma boa opção para o horário do almoço para quem procura comida caribenha, caju e crioula boa e barata. Há muitas opções com carnes e peixes e também vegetarianas.

OTROBANDA

Atravessando a Ponte Rainha Emma, fica Otrobanda, fundada em 1707, e que também faz parte do centro cultural de Willemstad. Esta era a região onde viviam os escravos africanos trazidos para Curaçao e, por isso, era bem mais pobre em relação a Punda. O local acabou se desenvolvendo posteriormente, durante os séculos XVIII e XIX, quando as onze cidades muradas de Punda ficaram superpovoadas. Atualmente, Otrobanda abriga bons museus e várias lojas e restaurantes, principalmente no shopping center construído no local de um antigo forte holandês.

7. PONTE RAINHA EMMA

Uma das principais marcas de Curaçao é justamente a Ponte Rainha Emma. Trata-se de uma ponte flutuante para pedestres de 167 metros de comprimento por 9.8 metros de largura que cruza a Baía de Santa Ana, ligando Punta e Otrobanda. A primeira ponte foi feita em 1888 em diversas ocasiões ao longo do século XX e XXI. Os arcos coloridos foram instalados em 1955 para celebrar a visita da Rainha Juliana e do Príncipe Bernhard. A ponte é articulada e abre regularmente para permitir a passagem de embarcações oceânicas. Na extremidade oposta da dobradiça, há um pequeno abrigo onde um operador controla dois motores a diesel que giram hélices. O processo é rápido e leva apenas alguns minutos para ser concluído.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Ponte Rainha Emma
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Caminhando pela ponte durante a noite

Você fica sabendo que a ponte está prestes a abrir quando vê uma bandeira laranja içada sobre o abrigo a cabana do capitão do porto. Quando a bandeira azul sobe, é porque ela vai começar a abrir. Durante a abertura da ponte, a passagem de pedestres é interrompida. No entanto, balsas gratuitas são disponibilizadas para que o cruzamento da baía continue sendo feito pelos pedestres.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Ponte Rainha Emma iluminada
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Vista dos edifícios coloridos a partir da ponte

Na Ponte Rainha Emma não é permitido o trânsito de automóveis. Estes cruzam a baía através da bonita Ponte Rainha Juliana, que possui 500 metros de comprimento e foi inaugurada no final da década de 1960. A vista do topo da ponte inclui todo o panorama de Punda, Otrobanda e da baía de Schottegat, do lado oposto, sendo um dos pontos mais altos da ilha.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Ponte Rainha Juliana vista de Punda

8. PRAÇA BRIÓN

Atravessando a ponte flutuante, esta praça é a primeira coisa que você vai avistar. Ele tem esse nome em homenagem ao militar Pedro Luís Brión, cuja estátua se encontra no meio da praça. A Brionplein é a principal praça de Otrobanda e dali é possível ter visitas belíssimas de Punda. Aproveite também para tirar uma foto com o letreiro colorido que fica exposto no local.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Chegando em Otrobanda a partir da Ponte Rainha Emma
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
E logo em frente está o letreiro colorido na Praça Brión

9. RIF FORT

Rif Fort é um antigo forte que foi construído no século XIX para proteger Curaçao de piratas e invasores. Ele está localizado na entrada da Baía de St. Anna, na parte oeste de Otrobanda. A parede de um metro e meio era à prova de bombas e armada com 56 canhões. O forte perdeu seu propósito militar na primeira parte do século XX. Ele está listado, junto com o centro histórico de Curaçao, como Patrimônio da Humanidade da UNESCO. Atualmente, grande parte do antigo complexo abriga um centro de compras e refeições. Falamos mais sobre ele no tópico “Onde Comprar em Curaçao” no final do post.

  • Endereço: Gouverneur van Slobbeweg, Willemstad, Curaçao
  • Horários: diariamente de 9h às 23h
  • Entrada: gratuita
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Vista a partir da Ponte Rainha Emma. O Rif Fort fica bem na pontinha esquerda.
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Rif Fort

10. MUSEU KURA HULANDA

Fundado em 2001, o Museu Kurá Hulanda é um museu antropológico que enfoca as culturas predominantes de Curaçao. Ele fica localizado em uma antiga casa do século XIX. A ideia é entender com mais detalhes como era a vida dos escravos que viviam na ilha, oferecendo exposições sobre o comércio de escravos africanos, impérios da África Ocidental, relíquias da Mesopotâmia e arte antilhana. Há também uma fantástica coleção de arte e artefatos da África Ocidental, incluindo um jardim de esculturas bacanas, mostrando as significativas influências africanas na cultura caribenha. Na bilheteria, você receberia um mapa do museu para ajudar a se guiar pelas exposições. Uma curiosidade é que Kura Hulanda significa “Jardim Holandês” em papiamento, a língua local.

  • Endereço: Klipstraat, Willemstad, Curaçao
  • Horários: de segunda a sábado de 9h às 16h
  • Entrada: US$ 10 adultos / US$ 7 crianças até 12 anos
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Entrada do Museu Kura Hulanda. Foto: Rudolphous

11. MUSEU DE CURAÇAO

Localizado bem a oeste de Otrobanda, o Museu de Curaçao está alojado em um edifício de estilo colonial que foi um antigo Hospital de Quarentena da Marinha Holandesa para tratar pacientes com febre amarela. O museu possui exposições que retratam a história geológica de Curaçao, além de artefatos indígenas pré-colombianos, mapas e cartas dia América e da região do Caribe, pinturas e artistas locais e internacionais. Soma-se ainda uma exposição sobre as profissões que os afro-descendentes de Curaçao praticaram após a abolição da escravidão, incluindo suas crenças e modo de vida. Do lado de fora ficam parte de uma antiga cozinha e parte de um avião do primeiro vôo da KLM feito para a ilha na década de 1930.

  • Endereço: Van Leeuwenhoekstraat z/n, Willemstad, Curaçao
  • Horários: de terça a sexta de 8h30 às 16h30 / sábado de 10h às 16h / fechado aos domingos e segundas-feiras
  • Entrada: gratuita

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Museu de Curaçao. Foto: curacaotodo.com

PIETERMAAI

O distrito de Pietermaai é o mais animado de Curaçao. Ele passou por um período decadente, no qual se tornou uma região tomada por drogados. No entanto, depois de um projeto de revitalização, acabou se tornando um dos lugares mais bacanas de Willemstad. No bairro ficam localizados muitos bares, Cafés e restaurantes charmosos. A Nieuwestraat é, sem dúvida, a mais interessante da região, toda iluminada, cheia de restaurantes gostosos e muita música de qualidade! Veja mais dicas no tópico sobre onde comer e beber em Curaçao no final do post.

12. CATEDRAL DA RAINHA DO SANTÍSSIMO ROSÁRIO

A catedral foi construída em 1870 e seu exterior é pintado em ocre dourado com detalhes em branco. O interior é bem desenhado e pintado de um branco brilhante. A catedral é também adornada com muitas estátuas e dedicadas à Virgem Maria, a Pieta semelhante à da Itália. Desde 1997, ela é Patrimônio Mundial da UNESCO como parte da área histórica da cidade e do porto de Willemstad.

  • Endereço: 5 Kaya Zusternan di Schijndel, Willemstad, Curaçao
  • Horários: não informados
  • Entrada: grátis
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Parte interna da Catedral. Foto: divulgação

13. NATIONAL ARCHAEOLOGICAL ANTHROPOLOGICAL MUSEUM

Também conhecido como Museu Nacional, este museu foi criado em 1998 e exibe os resultados de mais de 30 anos de pesquisa em todas as ilhas das Antilhas Holandeses. As exposições incluem muitos artefatos arqueológicos pré-colombianos, bem como objetos etnográficos do final do século XIX até o presente.

  • Endereço: 13 Johan van Walbeeckplein, Willemstad, Curaçao
  • Horários: de terça a sexta de 9h às 12h e de 14h às 16h30
  • Entrada: grátis

SCHARLOO

No Distrito de Scharloo não há muitas opções de atrações turísticas. O local é uma região com antigos edifícios restaurados residenciais e restaurantes. A principal rua do bairro é a Scharlooweg, onde ficam localizadas muitas mansões, o simpático hotel 3 estrelas The Ritz Village e o Yotin Korta Money Museum. Na extremidade do bairro, às margens da Baía de Santa Ana, fica o Curaçao Maritime Museum.

14. YOTIN KORTA MONEY MUSEUM

Aberto em 1993, o Museu do Dinheiro é gerenciado pelo Banco Central de Curaçao e St. Maarten. O objetivo do museu é informar os visitantes sobre a história do dinheiro em Curaçao e nas antigas ilhas das Antilhas Holandesas e preservar o patrimônio histórico. Também conta com uma biblioteca onde é possível consultar vários livros sobre a história do dinheiro. Além disso, o museu possui com uma extensa coleção de pedras preciosas e uma exposição de arte.

  • Endereço: Scharlooweg 11, Scharloo, Willemstad, Curaçao
  • Horários: de segunda a sexta de 12h30 às 16h / fechado aos sábados e domingos
  • Entrada: gratuita
  • Tours: É possível fazer tours guiados, mediante reserva, para um grupo de até 20 pessoas. O tour tem duração entre 45 minutos e 1 hora
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Entrada para o Museu do Dinheiro. Foto: divulgação

15. CURAÇAO MARITIME MUSEUM

O Museu Marítimo de Curaçao exibe mais de 500 anos de história marítima do país através de uma coleção permanente que exibe mapas náuticos autênticos, maquetes de navios e equipamentos de navegação. Há também vários tours interessantes como uma visita a uma mini refinaria que está instalada em uma sala anexa ao museu e um passeio pelo porto.

  • Endereço: 1 N. van Den Brandhofstraat, Willemstad, Curaçao
  • Horários: de terça a sexta de 9h às 16h30 / sábado de 9h às 16h / fechado aos domingos e segundas-feiras
  • Entrada: US$ 7 / US$ 3.50 de 6 a 11 anos / gratuito para menores de 6 anos
  • Tours: Harbor Tour (de quarta a sábado) US$ 10 / Steam for Oil Tour (de quarta a sábado) US$ 7 – é preciso reservar antecipadamente para participar dos tours – mais informações neste link

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Museu Marítimo de Curaçao. Foto: site oficial

DESTILARIA DE BLUE CURAÇAO

Curaçao é famosa por licor produzido a partir de um tipo de laranja da ilha de Curaçao, que é atingido artificialmente de azul. O Blue Curaçao é utilizado em vários coquetéis servidos na região. Para quem se interessa pelo produto, é possível conhecer a Landhuis Chobolobo uma famosa destilaria que produz o licor. Ela fica localizadas cerca de 5 km do centro histórico da cidade. No “lar do genuíno licor Curaçao” é possível visitar a destilaria, conhecendo mais sobre a história do produto. Além de aprender sobre o processo de destilação do famoso Blue Curaçao, o visitante tem a oportunidade de degustar o licor que é produzido desde 1896. Os tours guiados são oferecidos em inglês, espanhol e holandês. Veja abaixo o video oficial da destilaria.

  • Endereço: Saliña Ariba, Elias R. A. Moreno Boulevard, Willemstad, Curaçao
  • Horários: de segunda a sexta de 8h às 17h
  • Entrada: Há 3 tipos de tours. O padrão custa US$ 12.50, inclui 1 coquetel e tem duração entre 45 minutos e 1 hora. O deluxe custa US$ 20, inclui 2 coquetéis e 1 sorvete e também tem duração entre 45 e 1 hora. O tour “Blue Curaçao Cocktail Experience” custa US$ 40, é oferecido somente às sextas-feiras às 14h e tem duração de 2 horas, inclui 1 coquetel de boas vindas e ensina a preparar outros 2 coquetéis.

TOURS E EXCURSÕES PARTINDO DE WILLEMSTAD

Confira abaixo algumas opções de tours e excursões diferentes em Curaçao para complementar o seu roteiro na ilha.


ONDE COMER E BEBER EM WILLEMSTAD

É possível comer muito bem em Curaçao. Willemstad é o local da ilha que mais concentra opções gastronômicas gostosas para todos os bolsos e gostos. Não faltam opções de pratos com peixes e frutos do mar. Nós, que somos veganos, também encontramos opções bem gostosas na ilha. Recomendamos almoçar em um local com vista para o mar e, à noite, curtir o clima de Pietermaai, o bairro mais animado de Willemstad! Não deixe de passar pela Nieuwestraat, repleta de restaurantes incríveis e que fica toda iluminada com luzinhas coloridas que cruzam a rua. Confira algumas dicas de onde comer em Willemstad:

PUNDA

  • Iguana Café: Restaurante localizado pertinho da Ponte Rainha Emma serve pratos da culinária americana, caribenha, holandesa e europeia em geral. Aberto o dia todo, a partir do café da manhã até para drinks à noite.
  • Wandú Café: Café descontraído com baguetes, sanduíches e sobremesas. Também tem opções sem glúten, vegetarianas e veganas.
  • Plein Café Wilhelmina: Serve pratos internacionais, doces e drinks. Mesas ao livre garantem um clima descontraído.
  • La Bohème Curaçao: Um restaurante super charmoso com pratos caribenhos e drinks. Serve refeições desde o café da manhã até a noite. Opções vegetarianas e gluten free também estão disponíveis.
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
O simpático La Boheme
  • De Buren Curaçao: Restaurante com mesas externas, que serve pratos da culinária caribenha, holandesa, internacional, pizza e drinks.
  • Dal Toro Restaurant: Restaurante italiano que serve muitos pratos com peixes e frutos do mar. Localizado na área de Waterfront, com lindas vistas para o mar.
  • Perla Del Mar: Também localizado no Waterfront, serve pratos da culinária caribenha, internacional e frutos do mar. Tem um deck de madeira perfeito para refeições ao pôr do sol!

OTROBANDA

  • Restaurant & Café Gouverneur De Rouville: É um dos restaurantes mais famosos da ilha, com mesas ao ar livre e vistas lindas de Punda. Por este motivo, costuma ficar lotado no jantar. Serve pratos locais e internacionais
  • Douwe Egberts Café: Ambiente gostoso, pratos saborosos e um lugar ótimo para um café da manhã ou um café a qualquer hora, junto a uma torta de maçã caseira. O almoço conta com opções de baguetes, sanduíches, saladas frescas. Nas noites de quinta, sexta e sábado há música ao vivo.

PIETERMAAI

  • Cafe De Tijd: Pub descontraído para tomar drinks e ouvir música. Um local ótima para se divertir e uma excelente opção para quem procura um lugar bem animado em Willemstad.
  • Café Old Dutch Curaçao: Outra opção de pub/bar divertido em Willemstad. Também serve pratos para o almoço e jantar.
  • Mundo Bizarro: O bar e restaurante mais fotogênico de Curaçao fica localizado na rua mais bacana de Pietermaai. Mesmo que você não coma lá, já vale passar em frente só para tirar uma foto da decoração diferentona. Comida boa, drinks e sobremesas deliciosas.
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
O lindo Mundo Bizarro
  • Ginger: Para quem gosta de comidas bem diferentes, é uma boa pedida, pois mistura sabores das culinárias asiática e caribenha. O ambiente é bem bacana e tem uma seleção musical bem interessante.
  • La Cantina del Patron: Estivemos lá em uma noite deliciosa e saboreamos muitas tapas espanholas, acompanhadas de sangria da casa. Mesmo nós que somos veganos conseguimos provar muitas delícias! Não deixe de pedir o divino cogumelo ao azeite com alho!
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Tapas em La Cantina del Patron
  • Miles Jazz Cafe: Um pub/bar animadíssimo, excelente opção para quem quer escutar um bom jazz. A música não é tão alta, o que permite curtir o ambiente e também conversar. O local tem mesas ao ar livre e serve muitas opções de drinks gostosos.
  • Dejà Vu: Uma excelente opção de restaurante francês em um ambiente super acolhedor e romântico.
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
À direita, a fachada simpática do Dejà Vu
  • Scuba Lodge Restaurant & Bar: Também localizado dentro de um restaurante, nós estivemos neste restaurante para um almoço e adoramos. Ele fica em frente ao mar do Caribe, proporcionando lindas vistas. O cardápio é bem variado com pratos europeus, caribenhos e frutos do mar. Há também opções sem glúten, vegetarianas e veganas. Pedimos um wrap de hummus com vegetais e o Arabian Veggie Burger, um sanduíche vegano acompanhado de fritas.
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Wrap com hummus e vegetais no Scuba Lodge
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Olha a vista a partir do deck de madeira do restaurante!
  • Kome: Restaurante que serve pratos da culinária caribenha e internacional e também tem opções vegetarianas no cardápio.
  • Cristal: Instalado em um antigo casarão, serve pratos da culinária europeia. Tem também opções sem glúten e vegetarianas.
  • Blessing Curaçao: Restaurante de comida internacional e europeia. Os pratos são preparados com ingredientes frescos e saborosos. Também tem opções sem glúten, vegetarianas e veganas.
  • The Wine Cellar: Só lemos críticas excelentes sobre este lugar, mas acabamos não conhecendo. O local é um famoso restaurante francês que oferece deliciosos almoços e jantares românticos.
  • BijBlauw: Este restaurante fica dentro de um hotel que tem vista para o oceano. Uns amigos nossos estiveram neste restaurante e gostaram muito da experiência. Os pratos de culinária europeia também incluem opções saudáveis.
Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
Fachada do Bijblauw

SCHARLOO

  • Fluer de Marie Eatery: Serve pratos da culinária caribenha e holandesa, a partir do café da manhã, além de várias opções de drinks. Há opções vegetarianas disponíveis.

MAIS DISTANTE

  • Chez Ray Restaurant Bar Vinoteca Curaçao: Restaurante que serve pratos da culinária caribenha, internacional e também funciona como um wine bar.
  • Mosa Restaurant: O cardápio do restaurante inclui opções de comida internacional, mediterrânea e frutos do mar.
  • Caña Bar & Kitchen: Denomina-se o primeiro e único gastrobar de Curaçao. Tem foco na culinária latina e caribenha e serve drinks gostosos com rum e tequila.
  • Rozendaels: Restaurante com um ambiente incrível que serve pratos da culinária caribenha, mediterrânea e europeia.
  • Fishalicious: O cardápio deste restaurante tem como foco pratos com frutos do mar. Há também opções holandesas e europeias.
  • Serafina: Um dos restaurantes mais bem avaliados de Curaçao, serve comida italiana e pratos mediterrâneos. Tem também algumas opções sem glúten, vegetarianas e veganas no menu.
  • Winebar JOY: É um bar de vinhos delicioso para degustar um vinho geladinho acompanhado de alguns petiscos e tábuas de frios.
  • Fort Nassau: Um pouco mais distante do centro, este restaurante fica instalado em um antigo forte construído pelos holandeses, em 1797, onde foi erguido um farol. A área proporciona vistas panorâmicas belíssimas de Willemstad. Servindo pratos caribenhos, europeus e frutos do mar, é uma boa pedida para jantares românticos.
  • Vita Vegetarian Cuisine: Este restaurante fica um pouco mais distante do centro de Willemstad, mas é uma opção interessante para quem está em busca de um local totalmente vegetariano.

ONDE COMPRAR EM WILLEMSTAD

Se quiser aproveitar para comprar umas lembrancinhas em Curaçao, o centrinho de Punda é um prato cheio, pois é repleto de lojinhas de souvenirs e presentes. Além disso, dois lugares merecem destaque:

  • Renaissance Mall & Rif Fort: O antigo Fort Rif  é um complexo que reúne um shopping center, hotel e cassino. Todo colorido, o shopping é uma opção excelente para fazer compras e fugir do sol escaldante de Curaçao, reunido lojas como Guess, Nautica, Mango, Swarovski, Swatch, Tiffany & Co, entre outras. Há também opções gastronômicas de restaurantes, hamburguerias, Cafés (até mesmo uma unidade Starbucks) e bares.
Caribe: O que fazer em Willemstad - Roteiro na capital de Curaçao
Fonte localizada no Renaissance Mall
  • Penha Duty Free Punda: localizado em Punda, fica na esquina da Breedestraat com a Handelskade (1 Heerenstraat, Willemstad, Curaçao). O prédio que abriga a loja é lindo, pintado de amarelo em detalhes em branco com arquitetura em estilo holandês. Esta loja foi fundada no início do século XX e tem uma grande variedade de itens de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos.

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao
O lindo edifício onde fica a perfumaria Penha

ONDE SE HOSPEDAR EM WILLEMSTAD

Abaixo, confira algumas opções de hospedagem bem avaliadas e bem localizadas em Willemstad. Para facilitar, elas estão divididas pelos distritos. Você pode também encontrar a localização de cada uma delas no mapa interativo no início deste post na cor preta.

PUNDA

Caribe: O que fazer em Willemstad - Roteiro na capital de Curaçao
City Suites & Beach Hotel. Foto: divulgação

OTROBANDA

Caribe: O que fazer em Willemstad - Roteiro na capital de Curaçao
Renaissance Curacao Resort & Casino. Foto: divulgação

PIETERMAAI

Caribe: O que fazer em Willemstad - Roteiro na capital de Curaçao
Piscina do Scuba Lodge & Suites. Foto: divulgação

SCHARLOO

Caribe: O que fazer em Willemstad - Roteiro na capital de Curaçao
The Ritz Village Hotel. Foto: divulgação

MAIS DISTANTE

Caribe: O que fazer em Willemstad - Roteiro na capital de Curaçao
Curaçao Avila Beach Hotel. Foto: divulgação

Guarde estas dicas no Pinterest!

Caribe: O que fazer em Willemstad – Roteiro na capital de Curaçao - Viajonários | https://www.viajonarios.com.br/willemstad/ | #viajonarios #caribe #curacao #willemstad #caribbean #capital #roteiro #cidade #willemstadcuracao #punda #otrobanda #pietermaai #scharloo


Leia mais sobre Curaçao:

VAI VIAJAR? PROGRAME AQUI SUA VIAGEM!
 RESERVA DE HOTELUtilize o Booking.com para reservar sua hospedagem!
  ALUGUEL DE CARRO: Faça uma cotação na RentalCars  e confira o preço nas principais locadoras do mundo!
  INGRESSOS, TOURS & EXCURSÕESCompre online ingressos para as principais atrações no mundo com Get Your Guide!
 PASSAGENS DE AVIÃO: Compre passagens de avião e pacotes de viagem na Passagens Promo!
  SHOWS DA BROADWAY: Compre tickets para os principais musicais da Broadway na WePlann!
  SEGURO VIAGEMCote com a Seguros Promo para diversos planos e destinos. Use o código "VIAJONARIOS5" para garantir 5% de desconto!
 TRANSFER DE TÁXI DE/PARA AEROPORTOSReserve seu transfer com a Taxi2Airport e faça seu traslado com comodidade.
 TREM NA EUROPACompre seus bilhetes de trem com os melhores preços na Trainline!
  CHIP INTERNACIONAL DE CELULAR com a Viaje Conectado e saia com o chip funcionando antes de viajar!
 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por gentileza, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui