Os 10 primeiros dias da volta à Califórnia: uma loucura!

5

Como muitos já sabem, depois de quase 1 ano e meio morando em Londres, estamos de volta à Califórnia! Relatamos os motivos no post “Até logo, Londres! Chegou a hora de voltar à Califórnia“. Desde então, estamos um pouco sumidos das redes sociais e da vida social também. Isso porque desde que chegamos estamos fazendo muita coisa em pouco tempo. Mudar sempre dá trabalho e mudar de país, ainda mais, de continente, dá mais trabalho ainda! Neste post super pessoal, contamos um pouquinho de como foi essa louca primeira semana de volta à Califórnia!

OS 10 PRIMEIROS DIAS DA VOLTA À CALIFÓRNIA

Em seguida, relatamos como foram nossos primeiros dias de volta à Califórnia, este estado incrível em que estamos morando mais uma vez. A primeira semana foi intensa, mas já nos deixou cheios de boas perspectivas para o futuro!

DIA 1 (SÁBADO): DE LONDRES PARA SAN FRANCISCO

Nós embarcamos no dia 28 de outubro, sábado e dia do meu aniversário, do aeroporto de Gatwick em Londres para a cidade de Oakland, que fica ao lado de San Francisco. Voamos pela companhia Norwegian em um voo que foi um “achado”, muito (muito mesmo) mais barato do que qualquer outra companhia aérea. (Só essa dica já vale um post exclusivo!)

No aeroporto Gatwick: nossa última foto em Londres
No avião, durante o voo de volta à Califórnia

Depois de quase 11 horas de voo, por conta do fuso horário, chegamos à Califórnia no final da tarde. Já demos de cara com aquele céu azul sem nuvens que só a Califórnia tem. Depois de pouco mais de 1 hora, chegamos ao nosso novo lar. Já tínhamos alugado pela internet/telefone um apartamento na cidade de Mountain View, a 5 minutos de carro da sede do Google, onde o Paulo voltou a trabalhar. Nossas expectativas estavam altas porque havíamos visto fotos do imóvel, mas estávamos com aquele medinho de ter entrado em uma furada por alugar um apartamento sem sequer conhecer o prédio. Conhecíamos a região e, por isso, decidimos que seria ali que queríamos morar. Quando entramos no apartamento, uma agradável surpresa! Todo pintado recentemente e reformado, com eletrodomésticos todos novinhos e uma geladeira que ainda cheira à nova. Que alívio! Nossa escolha foi mega acertada: ótima localização, ótimo apartamento, ótima vizinhança!

Primeira foto como novos residentes em Mountain View, onde está a sede do Google

Mas, imaginem o nosso cansaço. Tínhamos acordado às 6h da manhã, pegamos o voo às 9h, chegamos à Califórnia às 16h (horário local, mas já era meia-noite em Londres!). Deixamos as malas no apartamento e, pegamos um Uber e fomos buscar nosso carro. Ao invés de vendê-lo, nós alugamos o carro para um estudante da Universidade de Stanford pelo período em que ficamos na Europa. Ele havia deixado o carro na garagem do apartamento da nossa antiga vizinha, que também ficou com boa parte dos nossos móveis. Pegamos o carro e fomos ao Walmart comprar um colchão de ar e travesseiros porque, afinal, o apartamento ainda estava vazio. Estávamos super cansados, pois já fazia quase 24 horas que estávamos acordados. Compramos uma tortinha de nozes para cantar parabéns para o meu aniversário. Nossos planos eram sair para jantar, mas não tínhamos condições físicas e mentais para isso. Pedimos uma pizza que não chegou. Decidimos, então, dormir, exaustos. Não foi a melhor noite de sono do mundo, mas estávamos tão cansados que capotamos após um longo dia de 32 horas!

DIA 2 (DOMINGO): DEPÓSITO E MÓVEIS

No dia seguinte, acordamos por volta de 9h com o corpo doído do colchão pouco confortável. Saímos para tomar café e acabamos indo para um dos nossos lugares favoritos em Mountain View, o bom Crepevine! Café tomado, lá fomos nós ao U-Haul, uma empresa bem famosa aqui nos EUA que é especializada em mudança. Como por aqui todo serviço é caro, mudança é algo comum do “faça você mesmo”. Você aluga uma van, furgão ou caminhãozinho, e faz sua mudança. Alugamos uma van e fomos buscar nossos móveis que ficaram em um depósito que alugamos por conta da “Nossa mudança da Califórnia para a Europa“. Foram 2 viagens de van entre o depósito e o nosso novo apartamento, carregando caixas, malas, alguns móveis e até mesmo nossas bicicletas que compramos ainda na época em que estudávamos na Universidade de Stanford.

Café da manhã caprichado após passar o dia anterior sem nenhuma refeição decente

Acabamos almoçando bem tarde no domingo e ainda faltava buscar os móveis na casa da nossa antiga vizinha. Alguns deles ela comprou da gente, outros ela fez um grande favor de mantê-los em seu apartamento, o que nos ajudou muito, porque não tivemos necessidade de alugar um depósito muito grande para nossas coisas. Passamos à noite carregando os móveis e terminamos por volta de 22h30! Tínhamos alugado o U-Haul para até as 23h. Que bom que deu tempo! Na volta, passamos pegar uma pizza na Domino’s e voltamos para casa, exaustos de cansaço!

Na segunda “viagem” de U-Haul para esvaziarmos o depósito alugado

DIAS 3 e 4 (SEGUNDA E TERÇA): DESFAZENDO AS MALAS 

Os dois dias que se seguiram foram também bastante exaustivos. O Paulo foi assinar a documentação de sua transferência no Google na segunda pela manhã e eu comecei a desfazer as caixas e organizar a casa. Foram 2 dias seguidos em que eu fiquei em pé andando de um lado para o outro durante 12 horas seguidas. Meu corpo nem estava mais respondendo. Eu comecei a sentir uma forte dor na coluna e os pés começaram a latejar. Mas, heroicamente, consegui organizar tudo em apenas 2 dias! Chegaram até mesmo as nossas malas que havíamos enviado de Londres através do serviço Send My Bag que contamos no post “Send My Bag: Testamos o serviço de envio de bagagens“.

As malas enviadas pelo Send My Bag chegaram inteirinhas no nosso novo apartamento em Mountain View, na Califórnia

Saímos para comprar uma televisão nova, já que havíamos vendido a nossa. Mas ainda estavam faltando alguns móveis como sofá e mesa de jantar, que vendemos para a nossa vizinha. Infelizmente, não houve tempo de passar em uma operadora de celular para eu poder comprar um chip novo. O meu foi cancelado por inatividade devido à mudança para Londres e acabei perdendo meu número. Para finalizar, passei a noite do quarto dia passando o terno do Paulo e algumas camisas, já que no dia seguinte, às 6h da manhã, ele estaria acordando para viajar para Nova York a trabalho!

DIAS 5 e 6 (QUARTA E QUINTA): PAULO VAI A NOVA YORK!

O Paulo viajou para Nova York a trabalho logo pela manhã para participar de um fórum em que ele seria um dos palestrantes. Por conta disso, ele passou os dias anteriores montando o material da apresentação, sem ter um minuto de sossego. A ideia é que eu também fosse junto para lá, mas eu ainda tinha pendências para resolver da casa nova e não havia possibilidade de me deslocar nesse momento. O Paulo vai começar a viajar com frequência para lá e eu vou tentar acompanhá-lo sempre que possível, afinal, visitar Nova York não é nenhum sacrifício!

Nova York: sempre uma agradável visita!

Finalmente, sobrou um tempinho entre uma coisa e outra da casa nova e eu consegui acessar o meu Facebook para agradecer às mensagens de aniversário que eu havia recebido 5 dias antes! Demorei, mas respondi a todos que me desejaram votos de feliz aniversário! 🙂

DIA 7 (SEXTA): CELEBRAÇÃO (ATRASADA) DE ANIVERSÁRIO

O Paulo voltou de Nova York na sexta-feira à tarde, cansado e doidinho com tantas mudanças de fuso horário ao longo da semana. Ainda bem que esses dois dias que ele passou na cidade, foram super produtivos e ele retornou bem feliz com os resultados. Finalmente, eu consegui me dedicar um pouco ao blog, responder mensagens dos leitores e escrever alguns posts (inclusive o início desse). À noite, fomos conhecer o Café Baklava, um restaurante turco em Mountain View para, finalmente, celebrarmos meu aniversário com quase 1 semana de atraso! De uns meses para cá, nossa alimentação está cada vez mais vegetariana e, por isso, adoramos o cardápio deste restaurante, recheado de opções mais levinhas e saborosíssimas!

Delícias do Café Baklava

DIAS 8 e 9 (SÁBADO E DOMINGO): COMPRAR/MONTAR MÓVEIS

O final de semana foi dedicado a irmos à Ikea (santa Ikea que vende móveis baratinhos e fáceis de montar!) para comprar os últimos móveis que estavam faltando em casa como sofá, mesa de jantar, etc. O Paulo adora montar os móveis da Ikea, que segundo ele são “Lego para adultos”.

Paulo na Ikea testando um sofá

Aproveitamos também para fazer umas compras, porque a geladeira estava vazia e ainda precisávamos comprar alguns itens para casa. Ainda estamos no processo de nos readaptar às compras nos EUA. Em Londres, havia uma rede de supermercado que adorávamos comprar, produtos fresquinhos, e nos EUA ficamos assustados em reencontrar os grandes corredores de comidas processadas. No domingo, entre montagem de móveis, e muitas arrumações, demos uma paradinha para assistir ao clássico Corinthians x Palmeiras no campeonato brasileiro na nossa televisão recém-comprada.

DIA 10 (SEGUNDA-FEIRA): O PRIMEIRO DIA DE UMA NOVA VIDA

A nossa segunda segunda-feira na Califórnia é um marco de o início de uma nova vida para a gente. A semana anterior foi uma doideira total, e mal tivemos tempo para respirar com uma série de compromissos e prioridades que tivemos para deixar tudo organizado para dar início a essa nova etapa! A vida no Vale do Silício é mais pacata, o dia começa mais cedo, mas também termina mais cedo. Por isso, estamos aprendendo a readaptar nossos horários de acordo com a nova vida. Era comum irmos dormir depois da 1h, 2h da manhã, porque o Paulo costumava ter reuniões pela internet com o pessoal do Google aqui na Califórnia.

Cores do outono na Califórnia

O Paulo está com muitos desafios novos Google, aproveitando para rever os colegas de trabalho e conhecendo tantos outros. Eu preciso recuperar o meu ritmo de escrita. Passei o último 1 ano e meio com uma vida extremamente agitada na Inglaterra, conhecendo novos lugares pelo menos 3 vezes por semana. Estou com muito conteúdo bacana para o blog e preciso sentar e me planejar para este finzinho de ano e planos para 2018.

REFLEXÕES E PERSPECTIVAS PARA O FUTURO

Na medida do possível, essa mudança foi muito mais simples de todas que já passamos desde 2014, quando nos mudamos do Brasil para Stanford. Primeiramente, porque já tínhamos praticamente tudo: carro, apartamento alugado, quase todos os móveis, utensílios da casa, etc. Segundo, porque é uma região que já éramos familiarizados. Já conhecíamos os lugares que deveríamos ir, como as coisas funcionavam, onde tínhamos que comprar isso ou aquilo. É claro que algumas coisas foram surpresas porque havíamos ou esquecido ou nos desacostumado: eu ainda olhava para o lado errado para atravessar a rua (acostumada com a mão inglesa); ainda detesto as temperaturas em Fahrenheit, as medidas em pés, polegadas, galões (e ainda não faço as conversões de cabeça!); o sotaque e o vocabulário do inglês britânico já haviam entrado no meu dia-a-dia e vou ter que me (re)acostumar a usar novamente o vocabulário americano. Mas, nada que o tempo não se encarregue de acertar!

Califórnia, estamos de volta!

Mudar sempre exige um esforço enorme da gente porque nos tira da zona de conforto, daquilo que estávamos acostumados no nosso dia-a-dia. Mas, nós vemos isso como algo extremamente positivo: novidades, experiências e desafios diferentes! Estamos com ótimas perspectivas da nossa nova vida na Califórnia. Confesso que minha última semana em Londres foi difícil, chorei horrores porque estava triste em deixar a cidade mais bacana que já morei na vida. No entanto, tenho uma facilidade enorme de me adaptar a mudanças e tenho sentido que, já nessa primeira semana, meu humor mudou completamente. A verdade é que tanto eu quanto o Paulo temos certeza de que muitas coisas boas estão por vir e nós precisamos estar abertos para recebê-las em nossas vidas!

Obrigada por nos receber de novo, Califórnia! Temos certeza de que não vamos nos decepcionar! 🙂

VAI VIAJAR? PROGRAME AQUI SUA VIAGEM!

=> RESERVA DE HOTEL: Há anos utilizamos o Booking.com para escolhermos nossa hospedagem!

=> ALUGUEL DE CARRO: Nossa dica é fazer uma cotação pela RentalCars e consultar o preço nas principais locadoras do mundo!

=> ENVIO DE BAGAGEM: Para quem está de mudança para outro país ou precisa viajar com muitas malas, confira as opções oferecidas pelo Send My Bag, um serviço incrível de envio de bagagens.

=> INGRESSOS: Não perca seu precioso tempo na fila para comprar tickets. Compre online ingressos para as principais atrações no mundo com Get Your Guide!

=> TOURS E EXCURSÕES PELO MUNDO: Para tours, excursões e passeios variados, a melhor opção é a Viator, uma empresa do grupo do TripAdvisor. Há várias opções bacanas para quem quer dispensar o carro!

=> TICKETS DAS MELHORES ATRAÇÕES DO MUNDO: Com Tiqets você pode adquirir entradas para as melhores atrações das principais cidades do mundo.

=> SEGURO VIAGEM: Não deixe de contratar um seguro viagem antes de viajar!  Na Europa, o seguro viagem é obrigatório! Com Seguros Promo você pode fazer cotações para diversos planos e destinos.

=> CHIP INTERNACIONAL DE CELULAR: Não dá para imaginar ficar sem celular e plano de dados! Com a TravelMobile, você terá o chip funcionando e seu novo número antes de viajar!

5 COMENTÁRIOS

  1. E hoje, estando de volta à California, qual é a avaliação de vocês? Onde gostam mais de morar? Eu já morei em San Diego e no momento estou no Brasil, decidindo se iremos morar (com marido e filhos) em Londres ou voltar para San Diego. Estamos um pouco apreensivos de voltar para os EUA por conta das novas regras de imigração e a perseguição de Trump aos imigrantes…como vcs estão sentindo essa mudança por aí? Porque lemos tantas reportagens ruins sobre essa nova política. Agradeço muito se puderem compartilhar suas impressões 🙂

    • Olá Carla,

      Acreditamos que local para morar é algo muito pessoal. Nós só voltamos para a Califórnia porque a sede do Google fica no Vale do Silício. Estamos aqui exclusivamente por questões profissionais. Somente por isso e nada mais. Todas as outras coisas que valorizamos na vida, achamos Londres muito superior. Exemplos:
      1. Para nós, estar em um local repleto de história, cultura, museus e galerias de arte é muito importante, pois é algo que apreciamos e visitamos com frequência.
      2. Nós detestamos dirigir e, por isso, preferimos morar em um lugar com transporte público de qualidade que nos leve rapidamente para qualquer lugar.
      3. Adoramos estar em um ambiente repleto de diversidade, pessoas de várias nacionalidades e culturas diferentes vivendo em harmonia.
      4. Adoramos pagar baratinho por uma passagem em companhias aéreas de baixo custo e, em 2 horas, estar em outro país.
      5. O nosso custo de vida morando no centro de Londres era um pouco mais baixo do que no Vale do Silício. Isso para nós é frustrante, já que Londres é uma cidade rica culturalmente, com infinitas possibilidades e atrações e o Vale do Silício, não tem praticamente nada para fazer neste sentido.
      (…)
      E muitas outras questões que tem relação com a sociedade e nos afetam indiretamente.

      Podemos elencar facilmente 200 motivos pelos quais achamos morar em Londres melhor do que na Califórnia (na verdade, porque preferimos a Europa aos EUA). Mas, esses serão os nossos motivos, de acordo com nossos gostos e crenças. Para algumas pessoas, é mais conveniente ir de carro para todo lugar, o clima afeta muito o humor, não ligam para museus e eventos culturais, etc. Por isso, não existe certo ou errado, depende do perfil de cada família. Nenhum lugar é perfeito e sempre haverá prós e contras. Para a gente, o desejo é voltar para a Europa assim que se tornar uma opção viável. Em Londres, nós nos sentíamos verdadeiramente em casa.

      Abraços 🙂

  2. MEUS AMIGOS
    JÁ VOS CONTACTEI NO SENTIDO DE ME AJUDAREM A ORGANIZAR UMA VISITA À CALIFORNIA NO NATAL PARA VISITAR O MEU FILHO QUE ESTUDA E TRABALHA EM IRVINE. AS VOSSAS DICAS SÃO PRECIOSAS. E É UM ENORME PRAZER SEGUIR O VOSSO BLOGG.
    QUANDO VOLTAREM A PORTUGAL TÊM À VOSSA DISPOSIÇÃO UMA PEQUENA CASINHA QUE POSSUO À BEIRA DO RIO DOURO.
    MUITO OBRIGADA POR TUDO
    GRAÇA

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por gentileza, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui