Inglaterra: O que fazer em Rochester – Roteiro de 1 dia

0

Rochester é uma excelente opção de bate-volta a partir de Londres por ficar super pertinho da capital inglesa e facilmente acessível através de trem. Neste post, compartilhamos dicas de atrações bacanas para conhecer na cidade.

A CIDADE DE ROCHESTER

Às margens do Rio Medway, Rochester é uma cidade histórica, localizada no condado de Kent, a 50 km a leste de Londres. A cidade foi, durante séculos, de grande importância estratégica devido à sua posição perto da confluência dos rios Tâmisa e Medway. O Castelo de Rochester foi construído para proteger a travessia do rio e até hoje possui uma das mais bem conservadas torres de menagem da Inglaterra.

Castelo de Rochester

Na Era moderna, a cidade continuou tendo importância bélica. Durante a Primeira Guerra Mundial, a empresa de fabricação de aeronaves Short Brothers desenvolveu o primeiro avião a lançar um torpedo, o Short Admiralty Type 184, em sua fábrica de hidroaviões no rio Medway, próxima do Castelo de Rochester. Durante a Segunda Guerra Mundial, a empresa também projetou e fabricou o primeiro bombardeiro de quatro motores, o Stirling. O declínio do poder naval inglês e na competitividade da construção naval levou o governo a desmantelar um enorme estaleiro, em 1984, o que levou ao desaparecimento de uma grande indústria marítima local. Rochester e suas comunidades vizinhas foram atingidas e experimentaram um ajuste doloroso com muitas privações sociais e desemprego.

Vista aérea da cidade de Rochester a partir do castelo

CURIOSIDADES SOBRE ROCHESTER

  • Por muitos anos, ela foi um dos locais favoritos do grande escritor inglês Charles Dickens (já falamos sobre ele no post Londres: Museu Charles Dickens, autor de “Um Conto de Natal”). Muitos dos cenários dos romances do escritor foram inspirados na área em que se localiza a cidade.
  • A diocese de Rochester, a segunda mais antiga da Inglaterra, é centrada na Catedral de Rochester e foi responsável pela fundação de uma escola, em 604 d.C., que é reconhecida como sendo a segunda escola de ensino contínuo mais antiga da mundo.
Catedral de Rochester
  • Dois cidadãos da cidade se tornaram mártires: São João Fisher, executado por Henrique VIII por se recusar a sancionar o divórcio com Catarina de Aragão; e o bispo Nicholas Ridley, que foi queimado vivo pela sangrenta Rainha Mary, que era católica e perseguia os protestantes.
  • O filme “Sangue e Honra” (2011) baseia-se no cerco do Castelo de Rochester, em 1215. No entanto, em algumas ocasiões, o roteiro do filme “foge” do que realmente aconteceu durante este episódio.
Rua no centro de Rochester

O QUE FAZER EM ROCHESTER

Separamos algumas atrações na cidade de Rochester e, para facilitar sua programação, colocamos todas no mapa interativo abaixo.

1. CASTELO DE ROCHESTER

Em 1066, a Inglaterra foi invadida pelos normandos e o rei William, o Conquistador ordenou que diversos castelos fossem construídos com o objetivo de garantir o seu território. O Castelo de Rochester foi construído em pedra por Gundulf, bispo de Rochester, na década de 1080. Ele fica dentro das muralhas da cidade romana de Rochester em um cruzamento estratégico do rio Medway. Sua construção teve com o objetivo comandar uma importante travessia do rio e impedir invasões de inimigos.

Castelo de Rochester
Vista do pátio dos jardins do castelo

O que mais chama a atenção no castelo é sua torre de menagem do século XII, com 38 metros de altura. Atualmente, o castelo se encontra em ruínas e, embora muito alterado ao longo dos séculos, há ainda muita coisa em pé. É possível visitá-lo e subir até o último dos seus andares e admirar a linda vista da cidade, mas é um passeio totalmente diferente, porque o castelo não tem teto e, em muitos lugares, não há piso também. É possível alugar um audio guide (não tem em português) para fazer a visita e há várias informações em cada um dos locais visitados.

Flores coloridas não faltam na área próxima ao Rio Medway
Área interna do castelo
As ruínas mostram como o castelo foi imponente
  • Endereço: Castle Hill, Rochester ME1 1SW, UK
  • Horários: de abril a setembro de 10h às 18h / de outubro a março de 10h às 16h
  • Entrada: £6.40

2. CATEDRAL DE ROCHESTER

Fundada em 604 d.C., a Catedral de Cristo e da Bendita Virgem Maria, mais conhecida como Catedral de Rochester, é repleta de história. É nesta catedral que fica o Bispo de Rochester, o segundo bispado mais antigo da Inglaterra depois do arcebispo de Canterbury, onde o cristianismo teve início no país. A diocese de Rochester foi fundada por Justus, um dos missionários que acompanhou Agostinho de Canterbury (posteriormente, Santo Agostinho) para converter os ingleses ao cristianismo no início do século VII. Após a invasão de 1066, William o Conquistador concedeu a catedral e suas propriedades ao seu meio-irmão, Odo de Bayeux. O bispo Odo desviou os recursos da igreja e reduziu a catedral à quase falência. Após a queda de Odo, Gundulf foi nomeado primeiro bispo normando de Rochester em 1077. A primeira empreitada de Gundulf foi construir uma nova catedral a partir de 1080.

Catedral vista do topo do castelo
Nave da catedral
Vitrais coloridos da catedral

O novo edifício ficou pronto em 1130, mas foi severamente danificado por um incêndio que destruiu boa parte da cidade. A igreja sofreu ainda com outros incêndios no século XII e foi saqueada por duas vezes no século XIII. Ela entrou em decadência no século XVI, quando Henrique VIII fundou a Igreja Anglicana, sendo somente recuperada no século XIX. Embora seja uma menores das catedrais da Inglaterra, ela possui todos os estilos de arquitetura românica e gótica.

Destaque para as esculturas de santos
Painel coloridíssimo
Área do coro
A linda cripta possui uma capela (à direita) e uma exposição (paga) à esquerda
  • Endereço: Garth House, Rochester ME1 1SX, UK
  • Horários: diariamente de 7h30 às 18h (até as 17h aos sábados e domingos)
    • Tours disponíveis entre às 10h e 15h30 (14h aos sábados)
    • Exposições na Cripta de segunda a sábado de 10h às 16h / domingos de 12h às 16h
  • Entrada: gratuita / exposições periódicas na Cripta podem ter uma taxa

3. GUILDHALL MUSEUM

Rochester Guildhall (uma antiga prefeitura) foi construído em 1687 e é um dos melhores edifícios cívicos do século XVII em Kent. A sua escada e o corredor principal têm magníficos tetos de gesso, dados em 1695 pelo almirante Sir Cloudsley Shovell, que era o deputado da cidade de Rochester na época. O museu foi fundado em 1897, em homenagem ao Jubileu de Diamante da Rainha Victoria. As coleções do Guildhall Museum estão alojadas em dois edifícios separados, Guildhall e River Medway Conservancy Board Building.

Arquitetura do Guildhall Museum

Entre os destaques da coleção estão: uma reconstrução, em tamanho real, de parte de uma prisão da região; objetos arqueológicos encontrados durante escavações; pratas e relíquias do passado; o conjunto mais completo do mundo de ferramentas de um fabricante de armários do século XVIII; um quarto e cozinha vitoriana; uma grande variedade de pinturas e estampas da região; uma sala em homenagem ao escritor Charles Dickens, entre outros.

Itens do acervo da época medieval da cidade
A exposição conta com itens variados expostos em 2 edifícios
  • Endereço: 17 High St, Rochester ME1 1PY, UK
  • Horários: de terça a sábado de 10h às 17h / fechado aos domingos e segundas-feiras
  • Entrada: gratuita

4. PONTE DE ROCHESTER

A Ponte de Rochester liga a Rochester a Strood, um subúrbio residencial de Rochester. Já houve diversas versões da ponte ao longo dos séculos. A primeira era de tijolos foi construída pelos romanos em 43 d.C. A versão atual é de aço e foi construída em 1914. Passam por ela tanto veículos quanto trens. A ponte é guardada extremidades da por quatro imponentes leões. Um lugar bacana para ter uma vista da ponte é nos jardins do Castelo de Rochester.

Ponte de Rochester

5. HUGUENOT MUSEUM

Este é o único museu britânico sobre os huguenotes, nome dado aos protestantes franceses que foram perseguidos durante a segunda metade do século XVI. O museu conta com exposições que mostram desde a perseguição dos huguenotes na França e como escaparam para a Grã-Bretanha, suas atividades comerciais, artesanatos e habilidades que trouxeram com eles e como contribuíram para a formação da Grã-Bretanha moderna.

  • Endereço: 95 High St, Rochester ME1 1LX, UK
  • Horários: de quarta a sábado de 10h às 17h / fechado de domingo a terça
  • Entrada: £4
O Huguenot Museum divide o edifício com o Centro de Visitantes de Rochester

6. EASTGATE HOUSE

Eastgate House é uma bela casa isabelina construída no final da década de 1590 por Sir Peter Buck, comerciante e o Prefeito da região de Medway. Ao longo dos séculos, a casa foi um internato de meninas, um restaurante, o museu da cidade e o Museu Dickens, bem como uma casa familiar. A casa é referenciada como Westgate no romance de Charles Dickens “Os Cadernos Póstumos do Clube Pickwick” e como Casa das Freiras no “Mistério de Edwin Drood”. Charles Dickens trabalhou em alguns de seus romances mais famosos em um chalé suíço anexo.

  • Endereço: High St, Rochester ME1 1EW, UK
  • Horários: está em reforma e reabrirá no verão de 2017
  • Entrada: aguardando informações
Eastgate House, repleta de histórias de Charles Dickens

7. RESTORATION HOUSE

Restoration House é o resultado da união de dois edifícios medievais que foram combinados no final do século XVI ou início do século XVII para criar uma mansão fora do canto sudeste da muralha da cidade de Rochester. Seu primeiro proprietário foi Henry Clerke, um advogado ambicioso que junto com seu filho Francis, foi eleito várias vezes como membro do Parlamento por Rochester. A mansão tem esse nome em homenagem à restauração da monarquia por Charles II, após a morte de Oliver Cromwell. Charles desembarcou em Dover em 25 de maio de 1660 e, na noite do dia 28, chegou a Rochester. No dia seguinte, Charles continuou a Londres e foi proclamado Rei no dia 29 de maio daquele ano. A casa e os jardins da propriedade podem ser visitados durante os meses de verão.

  • Endereço: 17-19 Crow Ln, Rochester ME1 1RF, UK
  • Horários: entre junho e setembro às quintas e sextas de 10h às 17h
  • Entrada:  £8.50 / somente para os jardins £4
A imponente Restoration House

8. THE VINES 

The Vines é um importante jardim de Rochester, com um espaço acolhedor e repleto de plantas. Seu nome se deve aos vinhedos que eram cultivadas por monges da antiga Igreja de St. Andrews. O parque é conhecido por ter sido um dos lugares favoritos de Charles Dickens, aparecendo em vários de seus romances.

  • Endereço: Vines Gardens, Vines Lane, Rochester, ME1 1RQ, UK
The Vines, um parque público com muito verde

OUTRAS SUGESTÕES MAIS DISTANTES

Essas duas últimas dicas é para quem tem mais tempo na cidade ou viajou de carro até o local e tem mais facilidade de deslocamento.

9. TEMPLE MANOR

Temple Manor foi construído no século XIII pelos Cavaleiros Templários, uma ordem militar e religioso fundado durante as Cruzadas (falamos deles no post Temple Church: a Igreja dos Cavaleiros Templários em Londres). Localizado a oeste do rio Medway, Temple Manor foi projetado para fornecer alojamento para os cavaleiros que viajavam entre Dover e Londres. Atualmente localizado em uma área industrial, ele é um bom exemplo de um edifício medieval e inclui vestígios fascinantes de pinturas nas paredes no salão do primeiro andar.

  • Endereço: Rochester ME2 4AU, UK
  • Horários: de abril a novembro aos sábados e domingos de 11h às 16h
  • Entrada: gratuita
Temple Manor. Foto: site oficial

10. UPNOR CASTLE

Rochester possui um segundo castelo, o Upnor Castle, um pouco mais distante do centro histórico da cidade. O castelo é um exemplo raro de um forte de artilharia isabelina. O forte destinava-se a proteger o estaleiro e os navios da Marinha Real ancorados no rio Medway. Foi construído entre 1559 e 1567 por ordem da rainha Elizabeth I, durante um período de tensão com a Espanha e outras potências européias. No entanto, o reino da Holanda montou uma incursão naval inesperada em 1667, e a frota holandesa conseguiu quebrar as defesas, capturando dois navios de guerra e queimando outros, em uma das piores derrotas sofridas pela Marinha Real Britânica.

Upnor Castle. Foto: site oficial

A invasão expôs as fraquezas das defesas e levou o castelo a perder seu papel como fortificação de artilharia. O Upnor Castle tornou-se um depósito de munição naval, armazenando grandes quantidades de pólvora, munição e canhões para reabastecer os navios de guerra que vinham para reparações e reabastecimento. Ele permaneceu em uso militar até 1945, quando foi transformado em uma atração turística.

  • Endereço: Upnor Road, Rochester ME2 4XG, UK
  • Horários: de abril a setembro de 10h às 18h / outubro de 10h às 16h / fechado entre novembro e março
  • Entrada: £6.40

ONDE COMER EM ROCHESTER

A rua central da cidade, High Street, é o coração de Rochester. É lá que estão as principais opções de lojas e restaurantes da cidade. Confira algumas das opções:

Fachada do Crepe & Co.
Crepes deliciosos pertinho da Catedral e do Castelo
The Candy Bar, uma loja incrível de doces

COMO CHEGAR A ROCHESTER

Há trens diários que partem das estações London Victoria, London Charing Cross e London St Pancras International em direção à estação de Rochester. A viagem dura entre 35 minutos a pouco mais de 1 hora, dependendo do trajeto do trem. Uma dica é comprar as passagens no site da TrainLine para simular horários e verificar os melhores preços.


Leia mais sobre passeios a partir de Londres:

VAI VIAJAR? PROGRAME AQUI SUA VIAGEM!

=> RESERVA DE HOTEL: Há anos utilizamos o Booking.com para escolhermos nossa hospedagem!

=> ALUGUEL DE CARRO: Nossa dica é fazer uma cotação pela RentalCars e consultar o preço nas principais locadoras do mundo!

=> ENVIO DE BAGAGEM: Para quem está de mudança para outro país ou precisa viajar com muitas malas, confira as opções oferecidas pelo Send My Bag, um serviço incrível de envio de bagagens.

=> INGRESSOS: Não perca seu precioso tempo na fila para comprar tickets. Compre online ingressos para as principais atrações no mundo com Get Your Guide!

=> TOURS E EXCURSÕES PELO MUNDO: Para tours, excursões e passeios variados, a melhor opção é a Viator, uma empresa do grupo do TripAdvisor. Há várias opções bacanas para quem quer dispensar o carro!

=> DESCONTO NAS MELHORES ATRAÇÕES DOS EUA: Com CityPass você conhece as melhores atrações por um preço único de 12 cidades incríveis (11 nos EUA e 1 no Canadá)!

=> SEGURO VIAGEM: Não deixe de contratar um seguro viagem antes de viajar!  Na Europa, o seguro viagem é obrigatório! Com a Real Seguro Viagem você pode fazer cotações para diversos planos e destinos.

=> CHIP INTERNACIONAL DE CELULAR: Não dá para imaginar ficar sem celular e plano de dados! Com a TravelMobile, você terá o chip funcionando e seu novo número antes de viajar!

Deixe seu comentário