Nevada: Rumo à Área 51 pela “Estrada dos Extraterrestres”

E quem disse que sua viagem para Las Vegas não pode ter coisas super diferentes durante o dia? Aproveitamos mais uma passagem que fizemos por Las Vegas para conhecer a “Estrada dos Extraterrestres”, uma estrada no meio do deserto que leva à misteriosa Área 51, local em que se acredita guardar segredos dos ETs. Acreditando ou não nessa história toda, o passeio não deixa de ser curioso, não é mesmo? Vamos lá?

O QUE É A ÁREA 51

A base da Força Aérea Americana comumente conhecida como Área 51, é um local remoto na Edward Air Force Base, dentro da região de Testes e Treinamento do estado de Nevada. O objetivo principal da base é desconhecido do público. No entanto, acredita-se que o local provavelmente está focado no desenvolvimento e testes de aeronaves e sistemas de armas experimentais. Como existe um imenso sigilo por conta do que é realizado lá, várias teorias de conspiração se desenvolveram sobre o local em relação à OVINIs (Objetos Voadores Não Identificados). Embora a base nunca tenha sido secreta, todas as pesquisas realizadas no local são consideradas “Top Secret” (super secretas).  Além de uma base retangular de 9,7 km por 16,1 km, a região também abriga um lago, o Groom Lake.

ONDE FICA A ÁREA 51

A Área 51 está localizada ao sul do estado Nevada, a 134 km ao norte de Las Vegas (coordenadas: 37° 14′ 6″ N115° 48′ 40″ W) perto do de um grande lago chamado Groom Lake. O local foi adquirido pela Força Aérea dos Estados Unidos em 1955, principalmente para os testes de voo da aeronave Lockheed U-2. A área ao redor da área 51, incluindo a pequena cidade de Rachel que leva até a a Área 51 pela “Estrada Extraterrestre”, é um destino turístico popular.

PORQUE O LOCAL SE CHAMA “ÁREA 51”

Ninguém sabe dizer com exatidão o porquê deste nome. Uma das teorias é que é recorrente de um sistema de numeração feito pela Comissão de Energia Atômica (AEC, em inglês). A Área 51 não faz parte deste sistema, mas fica próxima da Área 15. Outra explicação é que o número 51 foi usado porque era improvável que a AEC fosse usar esse número algum dia. De qualquer forma, o nome é apenas um dos grandes mistérios que envolvem a região.

A “ESTRADA DOS EXTRATERRESTRES”

Nós chegamos a Las Vegas, alugamos um carro para seguir viagem pela “Extraterrestrial Highway”, como foi apelidada a estrada estadual 375. E por quê este nome “Estrada dos Extraterrestres”? Há décadas, tem havido muitos relatos de várias testemunhas oculares que afirmam ter visto OVNIs naquela região! Embora as autoridades digam que as supostas naves espaciais são apenas aviões militares que decolam e aterrissam na base militar, muitos são céticos em relação a esta explicação do governo.

Nevada: Rumo à Área 51 pela "Estrada dos Extraterrestres"
Placa indicando a “Estrada dos Extraterrestres”

NEVADA: RUMO À ÁREA 51 PELA “ESTRADA DOS EXTRATERRESTRES” 

Obviamente você deve imaginar que um local onde são desenvolvidos projetos “Top Secret” não proporciona nenhum tipo de visitação, certo?  Mas isso não significa que você não pode explorar a região! A primeira dica antes de colocar o pé na estrada é abastecer o tanque do carro, pois o caminho a ser seguido fica no meio do deserto com restritas opções de postos de combustível (tem um posto na cidade de Ash Springs antes de entrar a Estrada dos Extraterrestres). Saindo de Las Vegas, acessamos a Rota 93 (Great Basin Highway), com uma paisagem árida, vegetação típica em um dia bastante ensolarado. Chegamos, então, à uma bifurcação na cidade de Crystal Springs, e seguimos a placa que indica a “Estrada dos Extraterrestres” à esquerda para começar a nossa aventura.

thumb_DSC05142_1024
Vegetação desértica
thumb_DSC05177_1024
Estrada dos Extraterrestres
Placa, que indica travessia de animais, ganhou alienígenas
Placa, que indica travessia de animais, ganhou alienígenas

São poucos carros que passam pela estrada e nós chegamos a encontrar um senhorzinho com o pneu furado de sua RV (tipo de trailer) que estava em apuros. Na região, não há sinal de celular e ele não conseguia chamar nenhuma ajuda. Nós pegamos os dados dele para entrar em contato com o resgate assim que tivéssemos sinal de celular! Por isso, muito cuidado na hora de dirigir nessa área! Veja, em seguida, o que fazer nesse “deserto”.

1. ALIEN RESEARCH CENTER

  • Endereço: 100 Extraterrestrial Hwy, Hiko, Nevada 89017
  • Horários: diariamente de 9h às 19h

A primeira parada é no “Centro de Pesquisas Alienígenas”. Apesar do nome assustador, o local nada mais é do que uma loja de artigos voltados ao tema. O edifício é um grande galpão metálico com um alienígena gigante em frente. Lá é possível comprar um pouco de tudo: camisetas, chaveiros, ímãs de geladeira, e até mesmo “Néctar Alienígena”!

Importante: embora o site oficial informe que o horário de funcionamento é de 9h às 19h diariamente, passamos por lá na ida próximo da hora do almoço em um sábado e estava fechado. Na volta, em torno de 15h, conseguimos visitar o local.

thumb_DSC05151_1024
O galpão visto da estrada
thumb_DSC05173_1024
O enorme alienígena prateado
thumb_DSC05312_1024
Dentro, uma loja com camisetas e muitos artigos com alienígenas
thumb_DSC05304_1024
Camisetas variadas
thumb_DSC05310_1024
O “néctar alienígena”, que na verdade é mel

2. BAR, RESTAURANTE & MOTEL LITTLE A’LE’INN

  • Endereço: 9631 Old Mill St, Rachel, NV 89001
  • Horários: de domingo a quinta de 8h às 20h / sexta e sábado de 8h às 22h

A principal atração de região fica na pequena cidade de Rachel, com menos de 50 habitantes, considerada a “capital mundial dos OVNIs”. E a parada é no Bar, Restaurante e Motel Little A’Le’Inn (que falando em inglês lembra a palavra alien, que significa alienígena). Você vai saber que chegou ao lugar certo ao ver uma placa com um alienígena com os dizeres “Bem Vindo Terráqueos”. Ao lado, uma “nave espacial” prateada pendurada em uma grua. Ao lado, fica localizada uma estação de medição de radiação, já que a região também é conhecida por ter realizado inúmeros testes nucleares a partir da década de 1950.

Chegando ao restaurante, hotel e loja Little A'Le'Inn
Chegando ao restaurante, hotel e loja Little A’Le’Inn

Nós chegamos em um dia lindo, muito ensolarado e estávamos ansiosos para conhecer o local com várias referências aos nossos “amigos” extraterrestres.

thumb_DSC05216_1024
Frente do Little A’Le’Inn
thumb_DSC05212_1024
Repare na placa autorizando os extraterrestres estacionarem suas naves espaciais
thumb_DSC05218_1024
A placa: “Bem vindo terráqueos”

Entramos para conhecer o ambiente e almoçar no local. Estava um dia muito quente e uma água gelada era mais que necessária! Abrimos a porta e logo na entrada, vimos um símbolo no chão:

Chão logo na entrada do Little A'Le'Inn
Chão logo na entrada do Little A’Le’Inn

Por onde você olha, referências aos “amigos” ETs. Para quem quiser levar uma lembrancinha do local, além de bar, restaurante e motel, o local também abriga uma lojinha de presentes, com muitas opções alienígenas, alguns fazem referência à misteriosa Área 51.

thumb_DSC05267_1024
Bar do Little A’Le’Inn
thumb_DSC05227_1024
Mesas para fazer uma refeição no local
thumb_DSC05237_1024
Muitas opções de presente com a temática alienígena
thumb_DSC05241_1024
Canecas com placas que fazem referência à Área 51
thumb_DSC05238_1024
Placas com referências à região e aos extraterrestres
thumb_DSC05262_1024
Você pode comprar até mesmo um “Certificado de Abdução Alienígena”
thumb_DSC05249_1024
Camisetas à venda e, nas paredes, fotos de supostas naves espaciais e alienígenas

O cardápio do restaurante é bem simples e nós pedimos um sanduíche chamado “Alien Burger”. A comida, definitivamente, não é forte do lugar, mas conseguiu matar a nossa fome.

thumb_DSC05224_1024
Cardápio do restaurante
thumb_DSC05228_1024
Opções do cardápio
thumb_DSC05271_1024
O sanduíche alienígena que lembra um hambúguer

Muita gente que visita o local e quer ver naves espaciais, passa a noite neste motel americano. São vários trailers que servem de hospedagem para os visitantes mais corajosos que têm a esperança de encontrar marcianos sobrevoando a área.

Quartos para quem quiser se hospedar no local
Quartos para quem quiser se hospedar no local

3. A ÁREA 51

Infelizmente, a quantidade de informações que o governo americano fornece sobre a Área 51 é praticamente zero. A área que circunda o lago é permanentemente fora dos limites, tanto para o tráfego aéreo militar e civil normal, sendo que as autorizações de segurança são verificadas com regularidade; câmeras e armas não são permitidas. Pressionada, a CIA reconheceu publicamente a existência da base em 2013, afirmando se tratar de um campo de provas e de treinamento da Força Aérea Americana onde foram desenvolvidos vários projetos, entre eles, o famoso avião espião U-2. Mas muitos ufologistas não acreditam na versão oficial, afirmando se tratar de um centro de pesquisa sobre a vida alienígena. Segundo relatos, para lá foi levada uma nave espacial que foi encontrada em 1974 em uma pequena cidade no estado do Novo México.

alien-226247_1280
Estrada que leva à Área 51 com acesso restrito

Seguindo pela estrada aproximadamente 20 km à oeste da cidade de Rachel, está uma das entradas principais da base americana. Muitas placas em frente à entrada da Área 51 informam que é proibido ultrapassar o perímetro de segurança da base “Advertência: Instalação Militar. Proibida a entrada de pessoas não autorizadas. Pena de até um ano e multa de US$ 5 mil”. Devido ao grande número de curiosos que aparece no local, outra placa avisa que é “Proibido tirar fotos desta área”. É melhor não arriscar, não é mesmo?

800px-Back_gate_area_51
Não siga em frente se não quiser arrumar problemas

MAPA DA REGIÃO DA ÁREA 51

Para conseguir se localizar melhor na área que é tão cheia de mistérios, recomendamos observar os detalhes do local no mapa abaixo. Clique no símbolo com uma fecha na lateral superior esquerda para ver a legenda.

VALE A PENA IR?

Vamos ser muito sinceros, porque nossa ideia no blog é sempre trazer coisas novas, mas gostamos de dar nossa opinião sobre cada passeio que fazemos. Se você está pensando em tirar do roteiro um dia em Las Vegas para ir a esta área, nós não recomendamos. Fomos conhecer a área, na nossa terceira visita juntos a Las Vegas, pois já conhecíamos grande parte das atrações da cidade. Vegas tem tanta coisa bacana que, sinceramente, não vale deixar de fazer as coisas por lá para fazer uma viagem de quase 6 horas (3 horas para ir e mais 3 para voltar). Não é possível entrar na Área 51 e você terá que se contentar em apenas ver objetos relacionados aos extraterrestres que estão, na sua maioria, à venda. Para quem vale a pena? Para quem é aficionado em ufologia, tem muito interesse sobre o assunto e/ou não se importa de gastar 6 horas dirigindo para conhecer a região.


Veja mais atrações em Las Vegas e região:

4 COMENTÁRIOS

  1. Você Tirou algumas fotos, será que posso tirar também quando for lá naquela entrada. Eu curto ufologia e seria como zerar a vida kkk Posso?

    • Daniel, é legal ter bastante cuidado ao visitar as entradas do local por questão de segurança. Qualquer descuido você pode ser detido. Soubemos que uma vez uma equipe de um jornal tentou tirar umas fotos lá e passou aquela cancela de segurança. Do nada, apareceram vários caras altamente armados e a equipe toda teve que deitar no chão para ser revistada. Melhor não arriscar. 🙂

Comments are closed.