Nevada: Parque Vale do Fogo perto de Las Vegas

0

Procurando atividades para fazer durante o dia em Las Vegas? Nós já fizemos um post super bacana com 15 coisas para fazer durante o dia na cidade! Agora é a vez de acrescentarmos mais uma atração à lista: o Parque Vale do Fogo, perto de Las Vegas, é uma excelente opção para curtir um dia ensolarado! Vamos conhecê-lo?

O PARQUE VALE DO FOGO PERTO DE LAS VEGAS

Fundado em 1935, o Vale do fogo é o maior (141 km²) e mais antigo parque do estado de Nevada. O parque fica de 10 km do Lago Mead e 90 km a nordeste de Las Vegas (aproximadamente 1 hora de carro) via Interstate 15 e saída 75, acessado passando-se pela reserva indígena Moapa. O nome do parque é decorrência das formações de arenito vermelho, formadas a partir de grandes dunas de areia que se deslocaram durante a época dos dinossauros, há 150 milhões de anos atrás. Outras formações rochosas importantes incluem calcários, folhelhos e conglomerados.

Formações rochosas avermelhadas
Formações rochosas avermelhadas
Paredões de pedra
Paredões de pedra
thumb_DSC05750_1024
Estrada cortando pelo meio das rochas

Árvores antigas e desenhos de homens primitivos são representados por todo o parque em áreas de madeira petrificada e petroglifos de 3 mil anos de idade. Moradores pré-históricos do Vale do fogo incluem os povos Anasazi, que foram fazendeiros e agricultores que se fixaram no Vale Moapa. Belos exemplos de arte rupestre deixados por esses povos antigos podem ser encontrados em vários locais dentro do parque.

Petroglifos
Imagens geometrizadas e representações simbólicas gravadas nas rochas das paredes internas e externas de cavernas por populações neolíticas ou calcolíticas e que tem como objetivo registrar fatos e mitos.
Placa indicando os prováveis significados dos petroglifos
Placa indicando os prováveis significados dos petroglifos

No inverno temperaturas variam entre 0ºC e 24ºC. No verão, é comum as temperaturas variarem entre 38ºC e 49ºC. Como o verão é muito quente e o período de chuva é durante o inverno, a primavera e o outono são as melhores estações do ano para visitar o parque. As atividades mais populares praticadas no Vale do Fogo incluem camping, caminhadas, piqueniques e fotografia.

Chegando ao parque
Chegando ao parque que fica em um vale
Pedras de coloração vermelha fazem um belo contraste com o céu azul
Pedras de coloração vermelha fazem um belo contraste com o céu azul

Curiosidades Cinematográficas

O Vale do Fogo serviu como cenário para rodar cenas de diversos filmes, tais como: “Transformers” (2007); “Domino”(2005); “Jornada nas Estrelas: Generations” (1994); “O Vingador do Futuro”(1190); “Os Profissionais” (1966), “Viva Las Vegas” (1963); entre outros.

Linda paisagem que já foi cenário de diversos filmes
Linda paisagem que já foi cenário de diversos filmes
Muralha de pedra
Muralha de pedra

Fazendo o passeio pelo Parque Vale do Fogo, dois outros parques nos vieram na lembrança de viagens anteriores: o Red Rock Canyon, localizado em Las Vegas, devido às pedras de coloração avermelhada; e o Death Valley, o Vale da Morte, localizado na Califórnia, pelo ambiente quente e seco e estradas “infinitas”.

PONTOS DE INTERESSE

Para ajudar a conhecer melhor o parque, destacamos alguns pontos importantes para conhecer no Vale do Fogo. Nós não conhecemos todos os lugares porque em alguns casos é preciso fazer trilhas que levam em torno de 1 hora para chegar. Confira o mapa abaixo os principais destaques do parque:

1. Beehives: As “colmeias” são formações de arenito que não só demonstram o design exclusivo que pode ser criado pela natureza, mas também é uma excelente representação da estratificação geológica cruzada, uma vez que mostram a existência de diversas camadas.

As rochas lembram grandes colméias
As rochas lembram grandes colmeias
Caminhando sobre as pedras
Caminhando sobre as pedras

2. Atlatl Rock: Um atlatl é um dispositivo usado para o lançamento de uma lança. Os antigos índios usavam essas armas e eles são retratados nas pinturas rupestres situadas no Atlatl Rock.

3. Arch Rock: Formado ao longo de muitos milênios por fortes ventos e chuva que lentamente lavou os materiais que prendem seus grãos de areia juntos. A rocha enfraquecida permitiu que se formasse uma espécie de arco na rocha.

4 e 14. Petrified Logs: Estes são pedaços de madeira petrificada, ou seja, pedaços de madeira que se tornaram fóssil. Todo material orgânico foi removido pelo sol, vento, água, e tempo, e foram completamente substituídos por minerais. Eles podem ser encontrados em duas áreas diferentes do parque.

5. Centro de Visitantes: O parque oferece um Centro de Visitantes  com exposições sobre a geologia, ecologia, pré-história, e a história do parque. É recomendado que cada visitante pare neste local logo após entrar no parque. Cartões postais, livros e lembranças estão à venda na lojinha do Centro de Visitantes. Como o parque não tem nenhum restaurante, o Centro de Visitantes é o único lugar em que é possível comprar algum petisco, água e refrigerante.

thumb_DSC05613_1024
Centro de Visitantes
thumb_DSC05629_1024
Rochas que fazem parte da estrutura geológica do parque
thumb_DSC05643_1024
Exemplo de animais que habitam o parque
thumb_DSC05648_1024
O deserto era mar há 500 milhões de anos atrás
thumb_DSC05658_1024
Detalhe sobre os petroglifos encontrados na pedras

6. Mouse’s Tank: Trata-se de uma bacia natural na rocha, onde a água se acumula após cada chuva. O local é acessado através de uma trilha de 2,5 km e é possível ver petroglifos desenhados nas pedras.

Trilha para o Mouse's Thank
Trilha para o Mouse’s Thank

7. Rainbow Vista: Este é um ponto de observação que proporciona uma vista panorâmica incrível para tirar lindas fotos. Aqui a estrada atinge o topo de uma crista revelando uma vasta área de rochas multicoloridos que se estendem por muitas quilômetros ao norte, bastante diferentes dos penhascos vermelhos escuros encontrados mais ao sul.

thumb_DSC05808_1024
Rochas de vários tons diferentes
thumb_DSC05855_1024
Linda paisagem composta de pedras

8. Fire Canyon / Silica Dome: Nesta região, as forças de dentro da terra foram poderosas o suficiente para fazer com que rocha superfície dobrasse, quebrasse e, em algumas áreas, empurrasse a vários quilômetros de sua formação original. Hoje, a erosão tem desgastado o local, expondo a acentuadamente camadas de rocha, criando inúmeros canyons.

9. Fire Wave: Trata-se de uma trilha que leva em torno de 1 hora (não recomenda-se fazê-la durante dias com altas temperaturas) que chega a um terreno com formações que lembram ondas.

10. White Domes: Estas são formações de arenito com cores contrastantes brilhantes que são avistados em uma caminhada de 1,5 km de distância. No local, há uma área para fazer piqueniques.

thumb_DSC05761_1024
A paisagem vai mudando a medida que a estrada leva para perto dos White Domes

11. Seven Sisters: “Sete Irmãs” é como é conhecido um grupo de 7 pedras vermelhas, altas e erodidas no deserto arenoso.

12. The Cabins / Lone Rock: Essa área que é, atualmente, um local para se fazer piqueniques no parque ainda preserva cabines históricas construídas na década de 1930 para viajantes.

13. Clark Memorial: Este memorial, que consiste em uma cruz branca, homenageia o canadense John J. Clark nascido em 1844. Clark se alistou para lutar durante a Guerra Civil. Depois de ser baleado na mão e contrair febre tifóide, ele foi dispensado, emigrando, em seguida para o sul da Califórnia. Durante a viagem de Bakersfield para Salt Lake City, no estado de Utah, ele parou no Vale do Fogo, amarrou seu cavalo e vagou ao redor, possivelmente, à procura de água. Clarke acabou morrendo, provavelmente de sede, sendo seu corpo encontrado muito tempo depois.

15. Elephant Rock: Esta rocha é um belo exemplo de um arco em forma de um elefante. O estacionamento no local é bem limitado e, geralmente, é preciso estacionar em uma outra área a 500 metros de distância.

DICAS

  • Vale lembrar que por conta das altas temperaturas que podem ocorrer no verão e ao clima extremamente seco, é importante se manter bastante hidratado, usar filtro solar e boné ou chapéu para se proteger do sol forte.
  • Dentro do parque não há postos de combustível, por isso, abasteça o tanque antes de entrar para evitar qualquer problema.
  • No parque não há restaurantes. Você poderá levar seu próprio lanche para fazer piquenique no parque (há vários lugares disponíveis).
  • Se for fazer hiking, não saia das trilhas para preservar o meio ambiente e não correr riscos.
Hidrate-se muito dentro do parque
Hidrate-se muito dentro do parque

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Valley of Fire State Park

  • Endereço: 29450 Valley of Fire Road, Moapa Valley, NV 89040
  • Horários: diariamente de 6h às 17h / Vistor Center: 8h30 às 16h30
  • Entrada: US$ 10 por veículo ( é preciso pagar uma taxa adicional para acampar)

Leia mais sobre Nevada e Las Vegas:

Deixe seu comentário