Londres: A história da aviação no Museu da Força Aérea Real

0

O Museu da Força Aérea Real é uma boa pedida para quem admira aeronaves. Embora seja pouco conhecido do grande público, o acervo do museu impressiona, incluindo diversos aviões usados em guerras. Confira o que encontrar neste museu.

O MUSEU DA FORÇA AÉREA REAL

O Royal Air Force Museum (também conhecido como RAF Museum) é um museu inaugurado em 1972 que tem como objetivo contar a história da aviação e da Força Aérea Real, nome dado à Força Área do Reino Unido, criada em abril de 1918. O acervo conta com mais de 100 aeronaves, algumas extremamente raras e bem preservadas. Eu, que nem entendo nada de aviões, fiquei bastante impressionada com os exemplares que vi por lá. Fico imaginando como seria bacana conhecer o local quem conhece mais os modelos e finalidades das aeronaves.

Entrando no local onde se localiza o Museu da Força Aérea Real

O museu tem passado por um processo de reforma para celebrar o centenário da Força Área Real em 2018. Por este motivo, algumas áreas estão provisoriamente fechadas. E é legal saber que estão procurando deixar o lugar melhor, porque apesar de ter achado o acervo incrível, achei que algumas áreas estavam mal cuidadas e havia poucos funcionários disponíveis para esclarecer dúvidas.

Onde o passeio começa…

O QUE VISITAR NO MUSEU

O museu é dividido em 5 galpões, conforme a figura.

  • Marcos da Aviação (galpão azul)
  • Salão dos Bombardeiros (galpão amarelo)
  • Hangares Históricos (galpão amarelo)
  • Salão da Batalha da Grã-Bretanha (galpão vermelho)
  • A Fábrica Grahame-White (galpão verde)
Mapa das exposições do museu

GALPÃO AZUL

A entrada é feita pelo galpão azul, onde estão os “Marcos da Aviação”. Esta é uma das áreas históricas mais interessantes do museu, pois faz uma linha do tempo contando a história da avião. Há um enorme galpão com aeronaves históricas e um grande painel que mostra ano a ano a evolução da aviação, desde onde supostamente os americanos irmãos Wright inventaram o avião em 1903 (ok, Santos Dumont também aparece na exposição) até os dias atuais.

Logo no começo da visita fica o galpão mais legal
Mural com a linha do tempo da história da aviação
Aviões históricos em exposição

GALPÃO AMARELO

Saindo do galpão azul, há uma ligação que leva ao galpão amarelo, onde a maior parte do acervo do museu está presente e onde o tempo de visitação é mais longo. Há muitos helicópteros, aviões, veículos da Força Área Real e, até mesmo, exemplo de bombas e torpedos em exposição. Nesta parte do museu há simuladores de voos (é preciso pagar £3) e um teatro 4D.

Helicópteros variados
Aviões usados em guerras
Diversos modelos diferentes
Aeronaves para manobras no ar
Caminha de primeiros-socorros e bombeiros da Força Aérea Real

GALPÃO VERMELHO

Saindo do galpão amarelo, siga em direção ao galpão vermelho. Lá fica a exposição sobre a Batalha da Grã-Bretanha, de 1940. Esta foi uma batalha travada entre as forças aéreas da Alemanha nazista e a Força Aérea Britânica. Hitler queria o domínio aéreo de toda a extensão do Canal da Mancha e do sul da Inglaterra. O que o ditador não contava era que os inglês tinham um trunfo muito importante: o radar. Há toda a história da batalha contada em painéis, objetos históricos e até mesmo um pequeno cinema onde é exibido um filme curtinho explicando o contexto histórico.

Exibição explicativa sobre o histórico da batalha contra a Alemanha nazista
Automóvel dos anos 1940
Como o radar ajudou os ingleses na batalha
Aeronave histórica
Aeronave utilizada na batalha

GALPÃO VERDE

O galpão verde abriga a Fábrica Grahame-White, aberta em 2014. O nome do local é uma homenagem a Claude Grahame-White (1879-1959), um britânico pioneiro na aviação que fez o primeiro voo noturno em 1910. Ele fundou a empresa Grahame-White Aviation Company, sua empresa de motores e aeronaves. Esta área do museu procura replicar a antiga fábrica de Grahame-White, através de uma excelente exposição de aviões produzidos por ele. Até mesmo seu antigo escritório foi reproduzido no local.

Exposição da Grahame White Factory. Fotos: site oficial / Montagem: Viajonários

CAFÉ DO & RESTAURANTE DO MUSEU

Wessex Café é o lugar do museu disponível para fazer uma refeição rápida ou tomar um café. Ele fica próximo aos helicópteros nos Hangares Históricos (galpão amarelo). Já restaurante Echo Alpha Tango fica localizado ao lado do galpão vermelho.

Café Wessex
Restaurante Echo Alpha Tango

COMO CHEGAR

Para chegar de metrô, utilize a Northern Line (preta) sentido Edgware e desça na estação Colindale. Basta caminhar por 10 minutos até o museu ou pegar o ônibus 303 para terminar o percurso.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Royal Air Force Museum

  • Endereço: Grahame Park Way, London NW9 5LL
  • Horários: diariamente de novembro a fevereiro de 10h às 17h / de março a outubro de 10h às 18h
  • Entrada: gratuita


Conheça outros museus com temática de guerra em Londres:

Deixe seu comentário