Mayfield Lavender: campos de lavanda ao lado de Londres

2

Você já deve ter vistos fotos dos famosos campos de lavanda em Provence, na França? Eu ainda não tive sorte de ir a um dos campos francês, mas na Inglaterra sim! Confira o que encontrar no Mayfield Lavender, campos de lavanda pertinho de Londres.

MAYFIELD LAVENDER

Localizada a cerca de 15 km do centro de Londres, Mayfield Lavender Fields é o nome de uma fazenda pioneira no renascimento da lavanda no Reino Unido. Nesses mesmos campos, lavandas foram cultivadas durante os séculos XVIII e XIX. A lavanda era considerada um produto premium, mas acabou saindo de moda, e quilômetros de belos campos na cor lilás desapareceram. Nos 25 acres de campos, a Mayfield Lavender investiu em agricultura orgânica, tornando-se a maior fazenda de lavanda orgânica do Reino Unido.

Campos de lavanda

Um pouco de história…

A retomada da plantação de lavanda teve início com Brendan Maye, Diretor Gerente da divisão de fragrâncias finas da Wella Reino Unido durante os anos 1990 até início dos anos 2000. Na época, a Wella era proprietária da Yardley, uma antiga marca inglesa de lavanda. Os planos de Brendan eram restabelecer o cultivo lavanda para os produtos da empresa, mas suas ideias foram rejeitadas pelo conselho da Wella que não tinha planos de comprar uma fazenda.

Ainda bem que as lavandas voltaram!

Brendan trabalhou em outras formas de desenvolver o negócio e, em 2000, conheceu o BioRegional, uma instituição de caridade ambiental. Ele propôs usar seu orçamento de marketing para patrocinar a instituição de caridade para plantar lavanda e ele, pessoalmente, fez o arrendamento da terra. O conselho da Wella permitiu que os planos prosseguissem e, em 2002, iniciou-se um projeto de retomar a plantação com 3 espécies diferentes de lavanda (Inglesa, Francesa e Híbrida).

Uma mistura de cores: lilás, azul e verde

Em 2005, o plano teve que ser reconsiderado quando a Proctor & Gamble comprou a Wella. No ano seguinte, a Yardley foi vendida e a empresa adquirente não teve interesse no programa de patrocínio, escolhendo em vez disso se concentrar no negócio de exportação da Yardley. Por conta disso, a BioRegional não conseguiu sustentar o projeto sem financiamento. Brendan concordou em comprar a lavanda da Bioregional e entregou a gestão à sua esposa Lorna. Em 2008, Brendan decidiu deixar o mundo corporativo para cuidar da fazenda com sua esposa e abrir o local para visitação. Em 2010, eles compraram um pomar em uma cidade próxima, reformaram o local criaram uma segunda unidade a The Plant Nursery & Gift Shop.

Detalhe das lavandas

COMO É A VISITA AO MAYFIELD LAVENDER

Eu estava louca para conhecer o Mayfield Lavender há algum tempo, depois de ler relatos motivadores da Helô do blog Aprendiz de Viajante, da Liliana do blog Catálogo de Viagens e da Luiza do blog London Sô, que fez até mesmo um ensaio de gestante no local. A melhor época para ir ao local é entre os meses de junho e agosto e eu estava aguardando um dia de sol em julho para ir fazer uma visita. Logo que desci do ônibus (veja detalhes de como chegar no final do post), já virei a esquerda e estava na entrada do local. Paguei a taxa de entrada e fui correndo para os campos! Que vista!

Entrada para o Mayfield Lavender
Ingresso de entrada
Lavandas!

O dia colaborou com o meu passeio, pois estava ensolarado, céu azul com poucas nuvens, ventinho gostoso no rosto. À primeira vista, não dá para ver onde termina. Fui caminhando sem pressa, tirando muitas fotos, curtindo a vista, vendo o movimento das lavandas. Olhei as lavandas de pertinho, cheirei, tirei mais fotos! O local é cheio de abelhas que ficam pulando de flor em flor. Mas, não tenha medo porque elas não estão nem aí para ninguém.

Sair de Londres para ter um dia no campo, não poderia ser melhor, ar fresco, vistas lindas. Embora sejam cultivados 3 tipos de lavanda, confesso que eu nem consegui ver a diferença entre elas. Tudo era lindo e lilás. Apenas em uma área vi algumas lavandas mais carinhas, quase brancas. 

No meio dos campos de lavanda

O passeio não leva muito tempo porque não há nada mais para fazer ali além de caminhar pelos campos de lavanda e, depois, pegar alguma coisa no Café e comprar um produtos à base de lavanda na Lojinha. No passado, era permitido fazer piqueniques no local, mas agora é proibido. De fato, o Mayfield Lavender entrega o que promete: um passeio delicioso com vistas lindas em meio a natureza!

Uma réplica de uma cabine telefônica vermelha no meio do campo. À direita, o local onde ficam o restaurante e loja

TOURS DE TRATOR NO MAYFIELD LAVANDER

Além de caminhar pelos campos de lavanda, a Mayfield Lavender oferece passeios com um pequeno trator em torno da fazenda. É uma boa opção para quem tem dificuldades de locomoção. Os passeios de trator custam £ 2 por pessoa e não há necessidade de reservar. Os ingressos podem ser comprados na Loja ou no Café. O passeios começam a partir de 10h30 e um circuito da fazenda leva cerca de 15 a 20 minutos.

CAFÉ E LOJA DO MAYFIELD LAVENDER

Logo na entrada, há uns toldos nas cores branca e lilás que abrigam uma área com mesas e cadeiras. Ali ao lado ficam  a Lojinha e o Café do Mayfield Lavender que vendem produtos em que a lavanda é um dos ingredientes. Na Lojinha, há uma variedade enorme de produtos: cartões postais, ímãs de geladeira, sabonetes, sachês de lavanda, hidratantes, odorizadores e até mesmo alimentos com lavanda (biscoitos, geléias e outros). Na loja online você pode ver os produtos e preços. Eu acabei comprando um hidrante, um ímã de geladeira (tenho uma coleção enorme, pois compro em todos os lugares que vou) e um sachê de lavanda para colocar no armário.

Geléias e sucos
Biscoitos variados e chocolate…tudo com lavanda!
Hidratantes, sabonetes e vários artigos e higiene pessoal

No Café, o cardápio é bem interessante e inclui sanduíches, toasties, biscoitos, bolos e sucos. Eu acabei pedindo um toastie de queijo com tomate e um suco de maçã produzido na outra propriedade. Sentei-me em uma das mesas de madeira compartilhadas que ficam ao lado e curti meu almoço com uma linda vista dos campos de lavanda.

Que tal um sanduíche de queijo, presunto e lavanda; um copo de cidra de lavanda ou sorvete de lavanda?
Meu toastie com suco de maça

COMO CHEGAR AO MAYFIELD LAVENDER

Para chegar ao Mayfield Lavender você vai precisar fazer uma combinação de transportes. Veja algumas opções:

  • Pegue um trem na estação London Victoria ou London Bridge, ou então pegue o Overground (linha laranja no mapa do metrô de Londres) e siga até a estação West Croydon. Chegando lá, dirija-se até o West Croydon Bus Station e pegue o ônibus 166. Desça no ponto Oaks Park (o Google Maps insiste em dizer para descer 1 ponto antes, mas não acredite nele!)
  • Pegue um trem na estação London Victoria ou London Bridge ou London St Pancras International até a estação Sutton. Chegando lá, pegue o ônibus S1 sentido Banstead no ponto Woolpack. Em seguida, pegue o ônibus 166.
  • Pegue um trem na estação London Victoria ou London Bridge ou London St Pancras International até a estação Purley, chegando lá pegue o ônibus 166 até o ponto Oaks Park.

Independente do primeiro transporte que você utilizar, pegar o ônibus 166 é obrigatório porque é a única linha de ônibus que atende ao local. O ponto é praticamente em frente ao Mayfield Lavender.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Mayfield Lavender Fields

  • Endereço: 1 Carshalton Rd, Banstead SM7 3JA, Inglaterra
  • Horários: de junho a meados de setembro, diariamente de 9h às 18h
  • Entrada:  £1 / gratuito para crianças e adolescentes até 16 anos
  • Fotografias Profissionais: Quem pretende fazer ensaios ou fotografias profissionais nos campos de lavanda, precisa pagar uma taxa. Vá até a lojinha antes para ter autorização.
  • Banheiros: Somente banheiros químicos que ficam localizados ao lado do estacionamento.
  • Outro endereço: Há um segundo endereço onde há uma loja para venda de lavandas e produtos em geral
    • Endereço: 139 Reigate Rd, Epsom KT17 3DW, Inglaterra
    • Horários: de setembro a julho de segunda a sábado de 9h às 17h30 (em agosto também aberto aos domingos)


Leia mais sobre passeios a partir de Londres:

2 COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário