Londres: Tour no Palácio de Kensington, lar de William e Kate

0

Conheça detalhes de como visitar o Palácio de Kensington, um palácio cheio de história, que já foi residência oficial do Príncipe Charles e da Princesa Diana e hoje é o lar do Princípe William e de Kate Middleton, a Duquesa de Cambridge.

O PALÁCIO DE KENSINGTON

Desde 1689, o Palácio de Kensington funciona como uma Residência Real. Ele está dividido em duas partes: apartamentos de Estado e um lado privado onde membros da família real vivem hoje. Por lá já passaram várias gerações de membros da realeza: Rei William III e Rainha Maria I; Rainha Anne; Rei George I; Rei George II e diversos Príncipes e Princesas. Em 1960, a Princesa Margaret, irmã da Rainha Elizabeth II se mudou para um dos Apartamentos do Palácio. Em 1981, foi a vez do Príncipe Charles e da Princesa Diana também se mudarem para um outro conjunto de apartamentos no Palácio.

Portão Dourado em frente ao Palácio - a entrada de visitante é feita pelo outro lado
Portão Dourado em frente ao Palácio – a entrada de visitante é feita pelo outro lado

Após uma grande reforma de 18 meses, em 2011, o Príncipe William e Kate Middleton, Duquesa de Cambridge, se mudaram para Kensington. O Duque e a Duquesa de Cambridge passaram a morar no famoso apartamento 1A, que conta com 20 cômodos e é o mesmo apartamento que a Princesa Margaret morava até sua morte, em 2002. Hoje a família ainda conta com mais dois membros: o Príncipe George, nascido em 2013 e a Princesa Charlotte, nascida em 2015.

Jardins vistos de dentro do Palácio
Jardins vistos de dentro do Palácio

Em 2012, o Príncipe Harry, que morava em Clarence House com seu pai, Príncipe Charles, e sua madrasta, Camila Park-Bowls, a Duquesa de Cornualha, mudou-se para um outro apartamento também no Palácio Kensington e se tornou vizinho de seu irmão William.

O QUE VISITAR NO PALÁCIO DE KENSINGTON

Chegue ao Palácio de Kensington pelo lado dos jardins (veja Como Chegar no final do post). Você vai passar pela estátua da Rainha Victoria e caminhar até uma entrada verde, conforme a figura abaixo.

Entrada para o tour no Palácio
Entrada para o tour no Palácio

Compre seus ingressos à direita (comprar pela internet é mais barato!) e siga para o “The Vestible” para mostrar os tickets ao funcionário e começar o passeio. Se quiser, pode usar os banheiros antes de começar porque somente há banheiros perto da entrada e perto do Café do Palácio. Quando for ao banheiro, repare nas graciosas placas:

A gente quase se sente parte da realeza, né?
A gente quase se sente parte da realeza, né?

Agora é hora de começar a explorar o Palácio de Kensington! Existem 4 rotas de visita dentro do Palácio, marcada em cores diferentes (Exposições Permanentes: Apartamentos Reais do Rei Apartamentos Reais da Rainha e duas exposições temporárias). Através dessas rotas, é possível descobrir 4 séculos de história do palácio. Todas as rotas estão localizadas nos andares superiores como no desenho abaixo.

Reprodução do folheto recebido durante a visita
Reprodução do folheto recebido durante a visita

EXPOSIÇÕES PERMANENTES

Vamos começar falando sobre os Apartamentos do Rei e Apartamentos da Rainha. Ambas as áreas são exposições permanentes dentro do Palácio de Kensington e abertas ao público em geral.

kensington-palace-rei-rainha
Reprodução do folheto recebido durante a visita

K- APARTAMENTOS DE ESTADO DO REI

Essa parte do Palácio chamada de “King’s State Apartments” se refere a Era Georgiana (anos 1700). Aqui é possível explorar os cômodos restaurados da corte do Rei George II e da Rainha Caroline, descobrindo itens que revelam seus gostos musicais, moda, e artes. Logo no início do tour você vai dar de cara com imponente e belíssima Escadaria do Rei“, com pinturas belíssimas nas paredes. Outro destaque da visita a “The King’s Gallery“, a maior sala de todo Palácio, cheia de obras de arte e um teto esplendoroso.

kensington-palace1
A fantástica escadaria do Rei
kensington-palace2
The Cupola Room, uma sala magnífica
kensington-palace3
The King’s Gallery, a maior sala do Palácio

Q – APARTAMENTOS DE ESTADO DA RAINHA

Queen’s State Apartaments” retratam a Era dos Stuarts (anos 1690). Aqui é possível descobrir mais sobre a trágica história da Dinastia Stuart através de uma autêntica apresentação da intimidade dos apartamentos criados por Maria II e seu marido William III. As salas são muito mais simples quando comparadas às dos Apartamentos do Rei. O último cômodo da visita foi o quarto em que a Rainha Maria morreu em 28 de dezembro de 1694. Ela tinha contraído varíola uma semana antes e acabou falecendo com apenas 32 anos.

kensington-palace4
The Queen’s Gallery
kensington-palace5
The Dining Room, a sala de jantar da Rainha
kensington-palace6
A cama onde Maria faleceu aos 32 anos de idade

EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS

A partir de agora vamos falar sobre áreas de Exposições Temporárias do Palácio de Kensington. Não entraremos em tantos detalhes, pois a ideia é dar um exemplo do que encontrar durante sua visita, mas não é garantido de que quando você for visitar o Palácio serão estas exposições que estarão presentes. Vale a pena consultar o site oficial para mais informações, combinado?

Datas das Exposições Temporárias:

  • Victoria Revealed: até 27 de fevereiro de 2017
  • Fashion Rules Restyled (na área da Realeza Moderna): até 5 de janeiro de 2017
Reprodução do folheto recebido durante a visita
Reprodução do folheto recebido durante a visita

M – REALEZA MODERNA

Esta área da exposição do Palácio se refere à Dinastia Windsor nos anos 1900. Esta é a dinastia atual, da Rainha Elizabeth II. Esta parte do tour “Fashion Rules Restyled” explora o guarda-roupa de três mulheres da realeza: a Rainha Elizabeth II; sua irmã, a Princesa Margaret; e a Princesa de Gales, Diana. O objetivo desta exibição é mostrar o cuidado nos figurinos da realeza, tendências de moda e os truques dos vestidos reais. As regras para se vestir são: alto impacto; atenção aos detalhes; acessórios de destaque; saber misturar tendência de moda com figurinos adequados para situações diplomáticas; e uso correto das cores.

kensington-palace7
Vestido usado pela Rainha Elizabeth II em uma visita à França em 1957
kensington-palace8
Seleção de vestidos mostrando as diferenças de se vestir com tendências da moda e se vestir para eventos diplomáticos
kensington-palace9
Desenhos dos figurinos usados pela realeza
  • Curiosidade: a exposição conta inclusive com um vestido (off-while com bordados em rosa claro) que Lady Di usou em um banquete no Palácio do Itamaraty, em Brasília, com o ex-presidente Fernando Collor, em 1991. Como a seleção brasileira tinha acabado de perder na Copa do Mundo para a Argentina, os figurinistas tiveram o cuidado de que nenhuma peça do figurino de Diana fizesse referência nem às cores da bandeira brasileira, tampouco às da Argentina.
Vestido de um ombro só é um exemplo do figurino que era para causar impacto, mas não gerar problemas diplomáticos com as cores das bandeiras de Brasil e Argentina
Vestido de um ombro só é um exemplo do figurino que era para causar impacto, mas não gerar problemas diplomáticos

V – REVELAÇÕES DA RAINHA VICTORIA

A exposição “Victoria Revealed” dá destaque ao longo reinado da Rainha Victoria nos anos 1800. Conheça mais a respeito da mulher, esposa e mãe atrás da coroa. Nesta exposição é possível fazer um tour através dos quartos onde a Victoria passou sua infância e se tornou Rainha. A primeira sala do passeio é o local onde Victoria teve a primeira reunião com o Conselho, assim que soube que era a nova Rainha, com apenas 18 anos.

kensington-palace10
Retratos de Victoria e Albert
kensington-palace11
Sala Duty and Work mostra a parte da vida de Victoria voltada para o trabalho como Rainha

Victoria reinou por 63 anos (só foi superada recentemente pela Rainha Elizabeth II) e depois da morte de seu marido, Albert, Victoria passou o resto da vida de luto (foram 40 anos!!!), usando somente roupas pretas. Curiosidade: O maior museu de artes decorativas de Londres leva o nome da Rainha Victoria e de seu marido (Leia mais: V&A – Victoria and Albert Museum em Londres).

kensington-palace13
A sala mostra videos celebrando o Jubileu de Diamante (60 anos de reinado) de Victoria
kensington-palace12
A parte triste da história: o luto de décadas de Victoria devido à morte de seu querido marido Albert

JARDINS DO PALÁCIO DE KENSINGTON

Os Jardins do Palácio de Kensington eram o favoritos da Princesa Diana. E não é à toa, eles são realmente belíssimos e valem uma boa explorada depois de visitar o Palácio. Dá para escrever um post inteirinho só sobre os jardins, por isso, vamos somente falar de alguns destaques:

  • Sunken Garden: Criado em 1908, o jardim é geminado com pavimentação e canteiros de flores ornamentais, em torno de um lago ornamental com fontes. Sem dúvida, é uma das áreas mais bonitas dos jardins, com flores coloridas e muitos vistosas. Sunken Garden ficam colados ao Palácio.
  • Cradle Walk: Uma pérgula em arco que rodeia o jardim, formando túneis de plantas. É uma delícia andar por ali, sentar nos bancos e relaxar com a linda vista do Sunken Garden.
Cradle Walk, lindo túnel verde
Cradle Walk, lindo túnel verde
  • Formal Garden: Muita gente confunde e acha que o Hyde Park ocupa toda aquela extensão verde quando olhamos no mapa. Pois é, metade do que parece ser o Hyde Park, na verdade, hoje é Kensington Gardens. O parque proporciona lindas vistas, áreas ótimas para relaxar e fazer um piquenique, além de belezas incríveis como os Italian Gardens, com fontes decorativas belíssimas. Outras atrações dos Kensington Gardens são a Estátua do Peter Pan, o Albert Memorial e as Serpentine Galleries.
Os incríveis Italian Gardens que ficam dentro de Kensington Gardens
Os incríveis Italian Gardens que ficam dentro de Kensington Gardens

CAFÉS DO PALÁCIO DE KENSINGTON

Existem dois lugares dentro do Palácio para se alimentar. O Café dentro do Palácio e a Orangerie, em um edifício que fica ao lado.

Palace Café

  • Serve sanduíches, bolos, chás, cafés
  • Não é preciso pagar entrada para o Palácio para frequentar o Café, pois o acesso pode ser feito por uma porta exterior.
  • Aberto de março a outubro de 10h às 18h
  • Confira o menu neste link

Orangerie

  • Serve refeições mais elaboradas em um ambiente mais sofisticado.
  • Não é preciso pagar entrada para o Palácio para acessar o Orangerie.
  • Aberto de 10h às 18h
Orangerie
Orangerie

LOJA DE PRESENTES DO PALÁCIO DE KENSINGTON

Assim que terminar a visita, você pode fazer umas comprinhas na lojinha do Palácio que fica ao lado do Palace Café. Lá dá para comprar várias lembrancinhas reais, chaveiros, jogo de chá e jantar, bolachas, chocolates e muito mais.

  • Horários:
    • Verão (abril a setembro): de 10h às 18h
    • Inverno (outubro a março): de 10h às 17h

kensington-loja-presentes1 kensington-loja-presentes2

COMO CHEGAR

O Palácio de Kesington fica na região de Kensington Gardens, próximo ao Hyde Park. Repare no mapa abaixo que a entrada é feita pelos jardins e não pelo lado do Palácio virado para a rua. Para chegar de metrô, você pode usar as seguintes estações:

  • Notting Hill Gate: Central Line (vermelha), District Line (verde), Circle Line
  • Queensway: Central Line (vermelha)
  • High Street Kensington: District Line (verde), Circle Line (amarela)
Reprodução: site oficial
Reprodução: site oficial

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Kensington Palace

  • Endereço: Kensington Gardens, London W8 4PX
  • Horários:
    • de 1º de março a 31 de outubro: de 10h às 18h
    • de 1º de novembro a 28 de fevereiro: de 10h às 16h
  • Entrada: *preços sem doação para manutenção do palácio
    • de 1º de março a 31 de outubro: £16.30 (online: £15.30)
    • de 1º de novembro a 28 de fevereiro: £15 (online: £14)
    • Tickets online: acesse este link para comprar


Veja mais sobre Palácios, Castelos e Residências Reais:

Deixe seu comentário