Londres: pinturas fantásticas na National Gallery

0

A National Gallery é uma deslumbrante pinacoteca em Londres, em que é possível encontrar coleções de pintores consagrados como Caravaggio, Rembrandt, Leonardo da Vinci, Botticelli, Monet, Picasso e Van Gogh. Prepare calçados confortáveis para andar sem descanso pelos corredores desta belíssima galeria de arte.

LONDRES: PINTURAS FANTÁSTICAS NA NATIONAL GALLERY

Foi na National Gallery que eu, Ana, tive uma das experiências mais agradáveis em Londres. Depois de ter visitado o incrível British Museum no dia anterior, eu estava louca para ver quadros! E nada melhor do que ir a uma galeria de arte que possui em seu acervo nada menos que 2,3 mil pinturas que datam de meados do século XIII até os primeiros anos do século XX. Considerada um dos principais museus da Europa, a National Gallery foi fundada em 1824 e é mais um dos vários museus de Londres com entrada gratuita para a coleção permanente! A galeria, localizada na Trafalgar Square, uma das praças mais emblemáticas de Londres, recebe anualmente em torno de 4,5 milhões de visitantes. O edifício que abriga a galeria é terceiro a abrigar a National Gallery ao longo da história. Com uma arquitetura imponente, ele foi projetado por William Wilkins de 1832 a 1838 e é o grande destaque da praça.

fachada-national-gallery
Fachada da National Gallery a partir da Trafalgar Square
national-gallery-trafalgar-square
Vista da Trafalgar Square a partir da National Gallery

Inicialmente, a coleção estava destinada para deleite da elite inglesa, mas devido ao imenso edifício, o museu acabou chamando atenção de toda Europa e acabou se tornando um local bastante visitado por pessoas de diversos cantos da Europa. Durante a Segunda Guerra Mundial, por receio de bombardeios que pudessem destruir as obras, a Galeria fechou as portas para levar as pinturas para um lugar seguro. E, felizmente, tudo isso foi planejado porque bombas destruíram diversas partes da galeria, mas nenhuma das pinturas foi destruída. Internamente, a galeria é muito bela, com salas decoradas, sofás confortáveis para sentar e admirar as obras. O grande destaque arquitetônico fica por conta da cúpula no centro do edifício que permite a entrada de luz e traz ainda mais beleza para o local.

national-gallery-2sala
Belíssima área interna da galeria
national-gallery-cupula
Cúpula no centro da galeria
Escadaria e pilares de mármore
Pilares de mármore e escadaria que leva ao Central Hall

COMO ORGANIZAR A VISITA À NATIONAL GALLERY

A primeira coisa para ajudar a organizar uma visita à National Gallery e conhecer o mapa da galeria. Embora a entrada seja gratuita, o folheto com o mapa do local custa £1. Para não pagar o valor, você pode baixar o mapa neste link e levar com você no celular ou tablet. É no Level 2 que está localizada a maior parte das pinturas. Nos demais, é possível encontrar exposições temporárias, especiais, teatros em que são realizadas palestras e outros eventos.

Level 2

Mapa do Level 2. Figura: site oficial da National Gallery
Mapa do Level 2. Figura: site oficial da National Gallery

Entrando no museu, pegue seu audio guide (há vários tipos de tours disponíveis a uma pequena taxa) e suba as escadas (ou pegue o elevador) até o Level 2. Lá está a maior parte da exposição da galeria, organizada em área de acordo com os séculos, conforme mostra a figura.

Escadaria que leva até o andar de exposições
Escadaria que leva até o andar de exposições
  • Séculos XIII a XV: Aqui estão expostas as pinturas do pré-Renascimento. Destaque para os quadros de Botticelli, Leonardo da Vinci e Raphael. Veja o quadro “The Burlington House Cartoon” de Leonardo da Vinci na Sala 51; pinturas de Botticelli nas salas 57 e 58; e várias pinturas de Raphael na sala 60.
Algumas pinturas de Raphael na Sala 60
Algumas pinturas de Raphael na Sala 60
  • Século XVIPinturas incríveis do Renascimento e Maneirismo. Há grandes nomes nesta área como Bruegel (sala 14), Veronese (Sala 9) e Michelângelo (sala 8).
"The Family of Darius before Alexander" de Paolo Veronese
“The Family of Darius before Alexander” de Paolo Veronese na Sala 9
  • Século XVIIEsta é a parte da exposição com o acervo Barroco. Destaque para pinturas de Caravaggio (salas 29 e 32), Claude (salas 15 e 20) e Rembrandt (Salas 23 e 24).
Riqueza de detalhes no quadro de Claude "Seaport with the Embarkation of Saint Ursula"
Riqueza de detalhes no quadro de Claude “Seaport with the Embarkation of Saint Ursula”
  • Século XVIII ao início do século XX: Tenho que confessar que esta é a minha área favorita na galeria e a que mais me rende “UAUs”. Esta parte da exibição conta com pinturas Rococó, Impressionistas e Pós-Impressionistas. Destaque para os quadros de Cézanne e Van Gogh (Sala 45), Goya (Sala 39), Monet (Sala 41). Eu, particularmente, não conseguia tirar os olhos do quadro “The Water-Lily Pond” de Monet! Um sonho! 🙂
Eu não conseguia parar de olhar para esse Monet
Não dava para parar de olhar para esse Monet

RESTAURANTE

Entre as andanças pela galeria, uma opção é aproveitar para almoçar por lá. Eu amei a experiência de comer no restaurante The National Dining Rooms todo envidraçado com vista para a Trafalgar Square. Além do ambiente e ótimo atendimento, a comida estava fantástica! O menu inclui tábuas de queijos e frios, saladas, quiches, sanduíches e pratos com carne, risotos e massas. O pedido da vez foi um “pot pie”, tortinha feita de creme com salmão, peixe branco e ervilhas em uma cumbuca de ferro, acompanhada de espinafre refogado. Estava simplesmente divino!

Ambiente do restaurante
Ambiente do restaurante
Delicioso prato do restaurante com peixe, molho e ervilhas
Delicioso prato do restaurante com peixe, molho e ervilhas

COMO CHEGAR

É bem fácil chegar de metrô até a National Gallery:

  • Estação Charing Cross: Northern Line (linha preta); Bakerloo Line (linha marrom)
  • Estação Leicester Square: Northern Line (linha preta); Piccadilly Line (linha marinho)

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

National Gallery

  • Endereço: Trafalgar Square, London WC2N 5DN
  • Horários: diariamente de 10h às 18h (sexta até 21h)
  • Entrada: gratuita para a coleção permanente / paga para exposições especiais
  • Audio guide: £4 (veja os tours disponíveis – o Essential Audio Tour tem em português)
  • Restaurante The National Dining Rooms: diariamente de 10h às 17h30 (até 20h30 às sextas)

Leia mais sobre o Reino Unido:

VAI VIAJAR? PROGRAME AQUI SUA VIAGEM!

=> RESERVA DE HOTEL: Há anos utilizamos o Booking.com para escolhermos nossa hospedagem!

=> ALUGUEL DE CARRO: Nossa dica é fazer uma cotação pela RentalCars e consultar o preço nas principais locadoras do mundo!

=> ENVIO DE BAGAGEM: Para quem está de mudança para outro país ou precisa viajar com muitas malas, confira as opções oferecidas pelo Send My Bag, um serviço incrível de envio de bagagens.

=> INGRESSOS: Não perca seu precioso tempo na fila para comprar tickets. Compre online ingressos para as principais atrações no mundo com Get Your Guide!

=> TOURS E EXCURSÕES PELO MUNDO: Para tours, excursões e passeios variados, a melhor opção é a Viator, uma empresa do grupo do TripAdvisor. Há várias opções bacanas para quem quer dispensar o carro!

=> DESCONTO NAS MELHORES ATRAÇÕES DOS EUA: Com CityPass você conhece as melhores atrações por um preço único de 12 cidades incríveis (11 nos EUA e 1 no Canadá)!

=> SEGURO VIAGEM: Não deixe de contratar um seguro viagem antes de viajar!  Na Europa, o seguro viagem é obrigatório! Com a Real Seguro Viagem você pode fazer cotações para diversos planos e destinos.

=> CHIP INTERNACIONAL DE CELULAR: Não dá para imaginar ficar sem celular e plano de dados! Com a TravelMobile, você terá o chip funcionando e seu novo número antes de viajar!

Deixe seu comentário