Litoral da Califórnia: Fort Ross, o Forte Russo

E quem diria que no Litoral Norte da Califórnia fica um Forte Russo? Isso mesmo, o Fort Ross é uma fortificação construída pelos russos no território californiano. Mas o que os russos foram fazer lá? E por que eles levaram nativos do Alasca para o local? Confuso não é mesmo? Mas nós fomos lá conhecer o Fort Ross e explicamos tudo neste post.

Chegando ao Fort Ross
Chegando ao Fort Ross

O QUE É O FORT ROSS

O Fort Ross foi um dos assentamentos da Rússia na América do Norte entre 1812 a 1842. Ele é um marco na história do imperialismo europeu com a expansão russa para o leste através da Sibéria e do Oceano Pacífico. O Fort Ross representa uma combinação única de diversos grupos culturais que incluem russos, índios americanos e nativos do Alasca. O Fort Ross foi estabelecido pela Russian-American Company (Companhia Russa-Americana, em tradução literal), que era uma empresa comercial de caça e comércio. A Companhia controlava toda a exploração e o comércio russos e se estabeleceu na América do Norte, algumas ilhas do Pacífico, Alasca e Hawaii. Em 1812 a Companhia desembarcou na Califórnia com 25 russos e 80 nativos do Alasca e foi erguido o Fort Ross totalmente construído em madeira de árvores locais. O objetivo da Companhia em levar nativos do Alasca para o local era estabelecer a caça de animais marinhos e prover força de trabalho para a colônia.

Alguns edifícios dentro do Fort Ross, um forte todo de madeira, inclusive os muros
Alguns edifícios dentro do Fort Ross, um forte todo de madeira, inclusive os muros

IMPORTANTE

Para quem está achando estranho russos no território americano, vale lembrar que a Califórnia só se tornou oficialmente um estado americano em 1850, já que entre os anos 1846 e 1848, os Estados Unidos entraram em guerra com o México pela área. Nesta época, os russos já tinham saído do local após venderem o forte para o comerciante John Sutter em 1841. Em 1906 o estado da Califórnia comprou o Fort Ross e o transformou em um Patrimônio Histórico. Quanto aos russos levarem nativos do Alasca para a Califórnia, vale lembrar que o Alasca foi território russo até 1867, quando foi comprado pelos Estados Unidos. O Alasca só se tornou estado americano em 1959.

ONDE FICA O FORT ROSS

O Fort Ross está localizado dentro de um parque chamado Fort Ross State Historic Park que é um dos mais antigos parques da Califórnia. O local fica no Condado de Sonoma, no litoral norte da Califórnia a 18km ao norte do centro da cidade de Jenner e a 145km ao norte de San Francisco.

Mapa do Fort Ross State Historic Park. Figura: site oficial do parque
Mapa do Fort Ross State Historic Park. Figura: site oficial do parque

NOSSA VISITA AO FORT ROSS

Nossa visita ao Fort Ross durou em torno de 1 hora e meia e incluiu o Centro de Visitantes, o Moinho de Vento e o Fort Ross propriamente dito. Caso você pretenda fazer trilhas e piquenique no local, o passeio pode levar até 3 horas.

MOINHO DE VENTO

Logo no estacionamento você vai perceber que ao fundo está localizado um moinho de vento. Este moinho é simplesmente o mais antigo do estado da Califórnia. A Companhia produzia grãos como trigo e cevada para alimentar os animais e também para a Vila dos Nativos do Alasca. Em 1841, existiam dois moinhos de vento no Fort Ross. A Companhia também tinha 3 fazendas que produziam grãos entre a área do Fort Ross e Bodega Bay. No entanto, o frio e o clima úmido da região e a presença de muitos esquilos, tornaram a produção insuficiente. Desta forma, a companhia precisava comercializar grãos com os espanhóis e mexicanos-californianos para suprir as necessidades do Alasca, seu território na época.

thumb_DSC08609_1024
Placa explicativa do Primeiro Moinho de Vento da Califórnia
thumb_DSC08616_1024
O famoso Moinho de Vento

CENTRO DE VISITANTES

O Centro de Visitantes fica em um prédio de madeira muito charmoso. Lá dentro fica uma loja de presentes e um pequeno museu. Aproveite para pegar o folheto que tem o mapa do Fort Ross e conta um pouquinho sobre ele.

Nós super recomendamos visitar o museu antes de ir direto para o Fort Ross. É legal entender mais sobre os povos que habitaram o local, a mistura de diferentes culturas e todo contexto histórico que envolve a construção do forte.

O legado russo e os povos que formaram a Califórnia
O legado russo e os povos que formaram a Califórnia
thumb_DSC08431_1024
Embarcação utilizada pelos nativos do Alasca
thumb_DSC08444_1024
Objetos fabricados pela população local

O QUE ENCONTRAR NO FORT ROSS

O mapa abaixo mostra um desenho de como foi construído o Fort Ross. Trata-se de uma grande área gramada cercada por muralhas de madeira. Todos os edifícios também foram construídos totalmente de madeira. Abaixo, explicamos cada um dos 12 pontos destacados no mapa.

Mapa do Fort Ross. Figura: site oficial
Mapa do Fort Ross. Figura: site oficial do parque

1. Stockade Walls

O número 1 são os Stockade Walls, algo como “Muros de Estacas de Madeira”, em português. Os muros originais se deterioraram rapidamente e foram reconstruídos várias vezes de forma fragmentada entre 1929 e 1997. Depois que a Highway 1 foi reformada e começou a passar pelo Fort Ross em 1972, a muralha de madeira foi finalmente reconstruída totalmente pela primeira vez desde os anos 1880. Os muros originais tinham aproximadamente 367 metros de comprimento e 4,5 metros de altura. As paredes eram unidades por um sistema de pinos de madeira. As pilastras estão enterradas a 1,80 metro do chão.

thumb_DSC08511_1024
Detalhe da muralha e de um dos portões
Muros do forte, ao fundo, vistos do lado de fora
Muros do forte, ao fundo, vistos do lado de fora

2 e 3. Blockhouses

Os números 2 e 3 são torres de vigilância para sentinelas com armas de fogo (mosquetes) e canhões que protegiam todos os lados do forte de potenciais ameaças. As torres ficam nas esquinas das muralhas a noroeste e a sudeste. Elas foram construídas originalmente entre 1812 e 1817. No entanto, esta proteção do forte nunca foi testada. Cada torre tinha uma bandeira que eram usadas em caso de ataque e providenciavam uma ajuda para os barcos que se aproximavam do Fort Ross.

A torre (número 3 no mapa) vista de dentro do Fort Ross
A torre (número 3 no mapa) vista de dentro do Fort Ross
A torre (número 2 no mapa) vista de fora do Fort Ross
A torre (número 2 no mapa) vista de fora do Fort Ross

4. Barracks

O edifício original foi construído antes de 1817 como um local para reuniões da Companhia. Posteriormente, passou a ser um local para fundição de metais e caldeira.

thumb_DSC08491_1024
Em frente a Barracks
thumb_DSC08496_1024
Sala com ferramentas de metal dentro do edifício

5. Rotchev House

Esta casa é a única estrutura original construída pelos russos no Fort Ross. Ela foi erguida em 1936 para servir de casa para Alexander Rotchev (gerente da Companhia Russo-Americana), sua esposa Elena e seus filhos. O local é listado como um dos quatro prédios sobreviventes construídos pelos russos durante o período de colonização russa em território americano. Os outros três existentes estão no Alasca.

Em frente à Casa Rotchev, várias meses para piquenique e árvores
Em frente à Casa Rotchev, várias meses para piquenique e árvores
Um dos cômodos da Rotchev House
Um dos cômodos da Rotchev House

6. Russian Orchard

O Pomar Russo está no alto da montanha atrás de uma linha de árvores. O pomar original tinha de 2 a 3 acres e continha aproximadamente 260 pés de frutas. Atualmente, ele ainda existe, mas está um pouco diferente da época dos russos. O acesso ao local pode ser feito através de uma caminhada de 30 minutos por uma trilha ou de carro em poucos minutos.

Mapa das árvores do Pomar. Figura: site oficial do Fort Ross
Mapa das árvores do Pomar. Figura: site oficial do Fort Ross

Legenda do mapa:  

  • No retângulo vermelho está a área que foi o pomar russo original.
  • Em azul, árvores do período russo (1820-1842).
  • Em verde, árvores da época em que ela foi um rancho após ser vendia (1843-1976).
  • Em amarelo, as árvores que estão no pomar dos anos 1980 até hoje.

7. Warehouse or Magazin

O local foi reconstruído recentemente e era um armazém que funcionava também como uma loja da Companhia. Suprimentos das operações eram documentados, avaliados e estocados para distribuição. Bens estocados no armazém refletiam o extenso comércio dos russos com os espanhóis e, mais tarde mexicanos-americanos, assim como com os britânicos, americanos e europeus e chineses.

Em frente ao armazém
Em frente ao armazém

8. Well

Escavações arqueológicas indicam que o poço original era uma estrutura de 10 metros de profundidade. O fato de ter um poço dentro do forte era um componente importante de segurança em caso de ataque. O escolha de construir o Fort Ross onde ele está foi devida à proximidade com a água. O local ainda tinha em suas proximidades madeira para construção e um terreno plano ideal para plantio.

O poço e a Kuskov House ao fundo
O poço e a Kuskov House ao fundo

9. Kuskov House

A Casa de Kuskov é a reconstruída residência de Ivan Alexandrovich Kuskov, fundador e primeiro gerente do Fort Ross durante os anos de 1812 e 1821. A residência fica em cima de um depósito de armas.

thumb_DSC08584_1024
Fachada da casa
Na parte inferior, um depósito de armas
Na parte inferior, um depósito de armas
thumb_DSC08583_1024
Escada na parte interna da casa

10. Chapel

A Capela, originalmente construída em meados de 1820, foi a primeira estrutura da Igreja Ortodoxa Russa na América do Norte fora do Alasca. A capela foi parcialmente destruída durante o terremoto de 1906. No sino está inscrito algo como “Pai Celestial, receba todos que O glorifiquem”. Na cruz na cúpula da capela está escrito “Jesus de Nazaré – Deus dos Judeus”. Em 1925, a capela começou a ser usada para reuniões religiosas da Igreja Ortodoxa e continua até hoje.

Fort Ross
Capela vista do lado de fora
Parte interna da Capela
Parte interna da Capela
thumb_DSC08563_1024
Com o famoso sino do lado de fora da Capela

11. The Russian Cemetery

Cruzando a ribanceira a leste do Fort Ross, cruzes ortodoxas russas marcam o lugar em que foi estabelecido um cemitério. Mais de 150 pessoas foram enterradas no local durante os 30 anos em que a Companhia esteve estabelecida.

Placa com informações do cemitério russo que é acessível por uma trilha
Placa com informações do cemitério russo que é acessível por uma trilha

12. Sandy Cove

Sandy Cove é uma praia em formato de “U” que está logo em frente do forte. Russos e nativos do Alasca frequentemente transportavam suprimentos entre a Sandy Cove e o Port Rumiantsev, o principal porto da região que hoje é chamado de Bodega Bay (falamos do local neste post). Os russos construíram no local um canal para construção e passagem de navios. Quatro navios da Companhia foram os primeiros a serem construídos no litoral da Califórnia.

Placa com informações da Sandy Beach Cove
Placa com informações da Sandy Beach Cove
Vista maravilhosa do local
Vista maravilhosa do local

Canhões

Há quatro canhões que ficam agora no centro do forte e são reproduções contemporâneas dos que existiam na época. Apenas dois deles podem ser utilizados. Dentro das torres de vigilância também existem canhões, conforme falamos anteriormente.

Canhões em frente da Kurkov House
Canhões em frente da Kurkov House
Canhão dentro de uma das torres de vigilância
Canhão dentro de uma das torres de vigilância

Vila dos Nativos do Alasca

Somente os oficiais da Companhia e visitantes ficavam dentro do Fort Ross. Saindo do forte a visão que se tem é de uma linda vista do mar. A vila dos nativos do Alasca ficava fora do portão principal do Fort Ross e era situada de frente para o mar, sem proteção das muralhas de madeira no caso de um ataque.

Local em que a Vila dos nativos do Alasca foi instalada, bem de frente para o mar
Local em que a Vila dos nativos do Alasca foi instalada, bem de frente para o mar
thumb_DSC08514_1024
Placa que conta a história da Vila

Vila Russa

Nestas áreas externas também moravam os chamados “Creoles”, termo que surgiu para se referir à classe social dos russos casados com nativos do Alasca ou índios nativos da Califórnia.

Placa sobre a Vila Russa – Sloboda (assentamento livre na língua eslava)
Placa sobre a Vila Russa – Sloboda (assentamento livre na língua eslava)
Área em que a população “Creoule” residia
Área em que a população “Creoule” residia

O QUE FAZER NO FORT ROSS

Além da visitação do forte, há outras atividades permitidas no Fort Ross:

  • Fazer piquenique: Há mesas localizadas perto do Centro de Visitantes, dentro do Fort Ross e na área próxima à praia. No entanto, não há nenhum restaurante ou mercadinho para comprar lanches ou petiscos nas proximidades para fazer o piquenique. Leve tudo antes de ir ao local.
  • Caminhar pelas trilhas: Trilhas que ligam a praia até o acampamento dos nativos do Alasca e até o Cemitério Russo
  • Pescar: É permitido pescar para quem tem mais de 16 anos e uma licença de pesca válida na Califórnia.
  • Mergulhar: Mergulhadores certificados podem explorar o local e conhecer o S.S. Pomona, um navio afundado há mais de 100 anos.
  • Acampar: Há 21 posições disponíveis para acampar com banheiros, mas nenhum chuveiro.
  • Fazer tours privados: veja informações neste link
Russos e descendentes vestiam com roupas típicas no Fort Ross no dia de nossa visita
Russos e descendentes vestiam com roupas típicas no Fort Ross no dia de nossa visita

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Fort Ross

  • Endereço: 19005 Coast Hwy, Jenner, CA 95450
  • Horários: diariamente abre meia hora antes do nascer do sol e fecha meia hora depois do pôr-do-sol
  • Entrada: US$ 8 por carro que você paga antes de entrar no parque e estacionar o carro
  • Loja virtual do Fort Ross: veja este link