Lake Tahoe: Lado da Califórnia

0

Quem tem acompanhado nossas aventuras viajantes deve ter visto o post inicial que fizemos falando um pouquinho sobre o Lake Tahoe. Passamos um final de semana delicioso conhecendo esta maravilha da mãe natureza e temos que confessar que superou de longe nossas expectativas. Por este motivo, deixamos mais do que registrado: passeio imperdível! Temos que confessar que a viagem ficou com gostinho de quero mais e pretendemos voltar à região assim que possível!

Como temos muitas informações sobre onde ficar, o que visitar, onde comer na região, resolvemos dividir o post do Lake Tahoe em uma série de 4 posts!

DICAS PARA CONHECER O LAKE TAHOE:

Para percorrer toda a extensão do Lake Tahoe, você levará pouco mais de 2 horas se não fizer nenhuma parada. No entanto, tenha certeza de que vai parar sempre que possível. A estrada é de mão dupla e requer muita atenção, pois alguns trechos são bem estreitos. Nós levamos por volta de 5 horas para percorrer aproximadamente 120 km, mas pode ser facilmente mais caso você tenha disposição para fazer trilhas. É relaxante ficar olhando sem pressa aquela paisagem magnífica! Reserve o dia todo para conhecer a região com calma.

volta_lake_tahoe_googlemaps_v2
Mapa com as principais paradas que fizemos em terno do Lake Tahoe. Reprodução Google Maps

LAKE TAHOE: LADO DA CALIFÓRNIA

  • Emerald Bay

O lado californiano do Lake Tahoe é o mais conhecido pelos turistas e tem a vista que é cartão postal da região, o Emerald Bay. Há vários pontos em que você conseguirá parar para admirar a vista do lago. Existem duas paradas com mais estrutura para apreciar a vista. A primeira, a visão é prejudicada pelas árvores. Na segunda, você poderá deixar seu carro no estacionamento (pagando o valor de 10 dólares) e fazer trilhas que levam até bem perto do lago. Há também um edifício chamado Vikingsholm que é uma casa de veraneio que foi construída na década de 20 e inspirada em um castelo nórdico (há tours guiados disponíveis entre maio e setembro). É possível também observar uma pequena queda d’água do lado direito.

thumb_DSC06311_1024
Primeira parada da Emerald Bay com placas explicativas sobre a área
thumb_DSC06316_1024
Lago cercado por pinheiros
thumb_DSC06362_1024
Segunda parada na Emerald Bay – a vista é privilegiada!
thumb_DSC06359_1024
Foto panorâmica da Emerald Bay
thumb_DSC06367_1024
Registrando nossa passagem pelo local
  • Hurricane Bay

Saindo do Emerald Bay, a estrada segue bem próxima das margens do lago. Em vários pontos há “praias” com muitas pedras e vistas lindas. Um dos lugares mais interessantes que paramos foi o Hurricane Bay. Ficamos apreciando a vista do lago e das montanhas sem pressa, atirando pedras na água e tomando um solzinho gostoso. Uma atividade muito relaxante! E nós confirmamos que a água estava muito gelada!

thumb_DSC06468_1024
Vista da estrada em algum local entre Emerald Bay e Hurricane Bay
thumb_DSC06536_1024
A paisagem lembra cena de filme!
thumb_DSC06549_1024
Um “mar” de água doce

E não é que o Paulo sabe jogar pedra na água deixando quicar várias vezes antes de afundar?!

thumb_DSC06600_1024
Deitados nas pedras às margens do Lake Tahoe
  • Squaw Valley Village & Resort

Desviando poucos quilômetros do Lake Tahoe, fomos conhecer a vila e estação de esqui de Squaw Valley. O local foi sede das Olimpíadas de Inverno de 1960 e conta com uma ótima estrutura de estacionamento, hotel, restaurantes e a estação de esqui propriamente dita. A vila é muito charmosa, toda decorada com casas de madeira e pedras. Estava cheia de barraquinhas com atividades para crianças e repleta de cães de todas as raças. No centro da vila, um palco armado em que uma banda de rock animava o local com músicas extremamente agradáveis. Embora já fosse primavera, havia pistas da estação de esqui abertas ao público.

thumb_DSC06628_1024
Na entrada da estrada para a Squaw Valley
thumb_DSC06638_1024
Chegando à Squaw Village
thumb_DSC06655_1024
Anéis olímpicos homenageando o local como sede das Olimpíadas de Inverno de 1960

 

Deixe seu comentário