Itália: O que fazer em Milão – Roteiro de 2 ou 3 dias

0

Localizada ao norte da Itália, Milão é uma cidade cheia de história, cultura, obras de arte e a capital da moda. Confira um pouco mais sobre essa encantadora cidade que deve ser incluída no seu roteiro pela Itália.

A CIDADE DE MILÃO

Milão é a segunda área mais populosa da Itália, atrás somente de Roma. Milão é uma cidade global voltada artes, comércio, design, educação, entretenimento, moda, finanças, saúde, mídia, serviços, pesquisa e turismo. A cidade abriga a Bolsa de Valores da Itália e a sede de grandes bancos e empresas nacionais e internacionais.

Caminhando pela Via Dante com o Castelo Sforzesco ao fundo

A cidade é uma capital mundial de moda e design, bem conhecida por vários eventos e feiras internacionais. Além disso, a cidade abriga numerosas instituições culturais e universidades e dois grandes clubes de futebol. É em Milão que fica a famosa pintura de Leonardo da Vinci “A Última Ceia”, considerada Patrimônio Mundial da UNESCO.

Duomo de Milão à noite

METRÔ DE MILÃO

O transporte público de Milão é eficiente e funciona bem. A maior parte das atrações da cidade pode ser acessada facilmente através de metrô. Confira abaixo o mapa com as linhas e estações da cidade para que você possa se orientar quando estiver passeando por Milão.

Mapa do metrô de Milão. Figura: site oficial

O QUE FAZER EM MILÃO – ROTEIRO DE 2 OU 3 DIAS

Separamos todas as sugestões deste post no mapa interativo abaixo para ajudar você a programar a sua visita na cidade. Separamos as atrações em 3 cores: em azul, as sugestões do primeiro dia e, em roxo, as do segundo dia. Se você tiver mais tempo na cidade, sugerimos as atrações que estão na cor verde.

1. DUOMO DE MILÃO

Duomo de Milão é o nome da Catedral de Milão, uma belíssima igreja gótica que foi construída ao longo de seis séculos, entre os anos de 1386 e 1965. A igreja tem capacidade para 40 mil pessoas e possui 4 naves laterais. O Duomo possui mais estátuas em estilo gótico do qualquer outra igreja no mundo: são 3400 estátuas, 135 gárgulas e mais 700 outras figuras variadas decorando o local. Uma das principais atrações do Duomo é a visita aos seus telhados. É possível ver de perto os detalhes arquitetônicos de seus pináculos e ter uma linda vista da Praça do Duomo. Um passeio simplesmente imperdível!

  • Endereço: Piazza del Duomo, Milão, Itália
  • Horários: 
    • Duomo: diariamente de 8h às 19h (bilheteria fecha às 18h, último acesso às 18h10)
    • Acesso aos telhados: diariamente de 9h às 19h (bilheteria fecha às 18h, último acesso às 18h10)
  • Entrada:
    • Duomo + Museu e Igreja de São Gotardo: 2 euros
    • Telhados: € 8 (escada) / € 13 (elevador)

Leia mais: Itália: Duomo de Milão e seus telhados incríveis

O belíssimo Duomo de Milão

2. GALERIA VITTORIO EMANUELE II

A belíssima Galeria Vittorio Emanuele II, localizada à esquerda de quem olha o Duomo de frente, consiste em uma das mais antigas galerias de lojas e restaurantes do mundo. Ela foi construída entre 1865 e 1877 em homenagem ao rei italiano de mesmo nome. A estrutura consiste em duas arcadas abobadadas de vidro que cruzam em um octógono que cobre a rua que liga a Piazza del Duomo à Piazza della Scala. A rua é coberta por um teto em arco e ferro fundido que proporciona um efeito visual belíssimo. O espaço octogonal central é coberto com uma cúpula de vidro de mais de 17 metros de altura. Uma lenda diz que girar três vezes com um calcanhar nos testículos do touro do brasão de Turim, que fica logo abaixo desta cúpula, trará sorte. Esta prática causou um dano ao mosaico, formando um buraco no lugar das genitais do touro. Veja mais informações no site oficial de turismo de Milão.

  • Endereço: Piazza del Duomo, 20123 Milão, Itália
  • Horários: aberta 24 horas – funcionamento das lojas varia
Entrada da Galeria Vittorio Emanuele II
Uma beleza arquitetônica
Seguindo o ritual das 3 voltas com o calcanhar

3. TEATRO ALLA SCALA

Inaugurada em 1778, o Teatro Alla Scala é um dos teatros mais famosos do mundo e uma das casas de ópera e balé mais importantes do planeta. A maioria dos maiores artistas líricos da Itália e muitos dos melhores cantores do mundo inteiro se apresentaram no local nos últimos 200 anos. O teatro também tem uma escola associada, conhecida como Academia de Teatro La Scala, que oferece formação profissional em música, dança, artes de palco e gestão de palco. Além de assistir a apresentações de teatro, balé, música e ópera, o teatro possui um museu que conta a história gloriosa do teatro e está aberto à visitação diariamente.

  • Endereço: 
    • Teatro: Via Filodrammatici, 2, 20121 Milão, Itália
    • Museu: Largo Antonio Ghiringhelli, 1, 20121 Milano, Itália
  • Horários Museu: diariamente de 9h às 17h30
  • Entrada Museu: € 7
Teatro alla Scala. Foto: divulgação

4. PINACOTECA DI BRERA

Fundada em 1776, a Pinacoteca di Brera possui uma das mais incríveis e notáveis coleções de pinturas italianas no mundo. A pinacoteca está localizada em um belo edifício, o Palazzo di Brera. Ela possui um incrível acervo de obras como de Giambattista Pittoni, Andrea Mantegna, Bramantino, Rafael, Donato Bramante, Giovanni Bellini, Caravaggio, entre outros. Além das belas obras, no local há ainda um Observatório e um Jardim Botânico que fica atrás da Pinacoteca.

  • Endereço: Via Brera, 28, 20121 Milano, Itália
  • Horários: de terça a domingo de 8h30 às 19h15 / fechada às segundas-feiras
  • Entrada: € 10
Linda arquitetura do edifício que abriga a Pinacoteca di Brera

5. BIBLIOTECA E PINACOTECA AMBROSIANA

A Biblioteca Ambrosiana é uma biblioteca histórica fundada em 1609. É nela que está sediada a Pinacoteca Ambrosiana, a galeria de arte ambrosiana. O nome é uma homenagem a Ambrósio, o santo padroeiro de Milão.  Entre os 30 mil manuscritos do acervo, que variam de grego e latim para hebraico, siríaco, árabe, etíope, turco e persa, é o fragmento muratoriano, de cerca de 170 d.C., o primeiro exemplo de um cânone bíblico e uma cópia original (ilustrada por Leonardo da Vinci) de “De Divina Proporcione” do matemático e pai da contabilidade moderna Luca Pacioli.

  • Endereço: Piazza Pio XI, 2, 20123 Milão, Itália
  • Horários: de terça a domingo de 10h às 18h / fechada às segundas-feiras
  • Entrada Pinacoteca: € 15

6. PALAZZO REALE MILANO

O Palácio de Real serviu como residência administrativa a sede administrativa da cidade durante muitos séculos. Atualmente, ele é utilizado como um centro cultural para exposições. No primeiro andar do edifício encontra-se o magnífico “Sala delle Cariatidi”, que ocupa o local do antigo teatro queimado em 1776 e é o único ambiente que sobreviveu aos pesados bombardeamentos em 1943, durante a Segunda Guerra Mundial, quando o Palácio perdeu a maior parte dos interiores neoclássicos. Após a guerra, iniciou-se um processo de restauração  que ocorreu através de uma tarefa complexa de reconstrução do mobiliário original para permitir uma leitura histórica e estilística mais ampla e articulada da vida na corte.

  • Endereço: Piazza del Duomo, 12, 20122 Milão, Itália
  • Horários: segunda de 14h30 às 19h30 / terça, quarta, sexta e domingo de 9h30 às 19h30 / quinta e sábado de 9h30 às 22h30
  • Entrada: € 12
Entrada do Palazzo Reale

5. QUADRILÁTERO DE OURO OU QUADRILÁTERO DA MODA

Quadrilátero de Ouro ou Quadrilátero da Moda é o distrito de compras mais famoso do mundo. Ele compreende a área que envolve a Via Monte Napoleone, Via Sant’Andrea, Via della Spiga e Via Alessandro Manzoni. O local é sinônimo de elegância, sofisticação, e claro, dinheiro. A área caracterizada pela presença de inúmeras boutiques e pontos de varejo que representam a maioria das grandes marcas de moda do mundo.

8. GIARDINI PUBBLICI INDRO MONTANELLI

Finalizado em 1784, este é o jardim público mais antigo de Milão e ocupa uma área de 172 mil m2. Além de belíssimas área verdes, o Jardim Público ainda abriga prédios notáveis como o do Museo Civico di Storia Naturale di Milano, fundado em 1838, e o Planetario di Milano, fundado em 1930.

  • Endereços:
    • Jardim: Bastioni di Porta Venezia, 20121 Milão, Itália
    • Museu de História Natural: Corso Venezia, 55, 20121 Milão, Itália
    • Planetário: Corso Venezia, 57, 20121 Milão, Itália
  • Horários: 
    • Jardim: diariamente de 6h30 às 21h
    • Museu de História Natural: de terça a domingo de 9h às 17h30 / fechado às segundas
    • Planetário: de segunda, quarta e sexta de 9h às 17h / terça e quinta de 9h às 22h / sábado e domingo de 15h às 16h30
  • Entrada:
    • Museu de História Natural: € 5
    • Planetário: € 5
Giardini Pubblici. Foto: site oficial

9. VILLA REALE COMUNALE

A Villa Reale Comunal, também conhecida como Villa Belgiojoso Bonaparte, é uma mansão construída entre 1790 e 1796 pelo arquiteto Leopoldo Pollack, encomendado pelo Conde Ludovico Barbiano Belgiojoso. A fachada da mansão está virada para um jardim de estilo Inglês, também desenhado por Leopoldo Pollack. Desde 1921, o edifício abriga a Galeria de Arte Moderna de Milão. O acervo do museu possui obras de de Francesco Filippini, Giuseppe Ferrari, Giovanni Fattori, Silvestro Lega, Giovanni Boldini, Vincent van Gogh, Edouard Manet, Paul Gauguin, Paul Cézanne, Pablo Picasso, Giacomo Balla, Umberto Boccioni, Francesco Hayez, Giovanni Segantini, Giuseppe Pellizza Volpedo e Antonio Canova, entre outros.

  • Endereço: Via Palestro, 16, 20121 Milano, Itália
  • Horários: de terça a sábado de 9h às 17h30 (quinta até 22h30) / fechado às segundas
  • Entrada: € 5

10. CASTELO SFORZESCO

O Castelo Sforzesco foi construído no século XV por Francesco Sforza, duque de Milão, sobre as ruínas de uma fortificação do século XIV, que antigamente era o Castelo Visconti. Mais tarde, ele foi renovado e ampliado, nos séculos XVI e XVII e se tornou um dos maiores palácios da Europa. Durante a Segunda Guerra Mundial, um bombardeio destruiu algumas áreas do castelo, as quais foram reconstruídas posteriormente. Atualmente, o Castelo Sforzesco abriga vários museus da cidade e coleções de arte.

  • Endereço: Piazza Castello, 20121 Milano, Itália
  • Horários:
    • Castelo: diariamente de 7h às 19h
    • Museus do Castelo: de terça a domingo de 9h às 17h30 / fechado às segundas
  • Entrada:
    • Castelo: gratuita
    • Museus do Castelo: 5 euros
      • gratuita: toda terça-feira após 14h / de quarta a domingo 1h antes do fechamento

Leia mais: Itália: Castelo Sforzesco em Milão

Frente do Castelo Sforzesco

11. PARQUE SEMPIONE

Parque Sempione é o nosso favorito em Milão. Fundado em 1888 e com 386 mil m² de área, ele fica localizado entre  do Castelo Sforzesco e o belo Arco da Paz, um monumento que lembra o Arco do Triunfo de Paris. O parque conta com uma grande variedade de plantas e flores, esculturas, além de interessantes atrações como:

  • Acquario Civico: Este é o terceiro aquário mais antigo da Europa, fundado em 1905 para a Feira Mundial de Milão. Há mais de 100 diferentes espécies em exposição. (Viale G. B. Gadio, 2, 20121 Milão, Itália)
  • La Triennale di Milano: Trata-se de um museu de arte e design fundado em 1923, que oferece muitas exposições voltadas para paisagismo, design, planejamento urbanístico, arquitetura e outros temas. (Viale Emilio Alemagna, 6, 20121 Milão, Itália)
  • Torre Branca: Torre de ferro de 109 metros de altura, na qual é possível subir, entre maio e setembro, para ter uma vista panorâmica de Milão. (Viale Luigi Camoens, 20121 Milão, Itália)
  • Arena Civica: É um estádio multidisciplinar aberto em 1807. Atualmente, recebe jogos de futebol e rugby, concertos e eventos culturais variados. (Viale Giorgio Byron, 2, 20154 Milão, Itália)
Arco da Paz

12. IGREJA DE SAN MAURIZIO

Depois de ter conhecido o Duomo, dificilmente você vai cogitar visitar outra igreja na cidade. No entanto, a Igreja de São Maurício, que data de 1518, vale uma visita. Conhecida como “Capela Cistina de Milão”, esta igreja exibe um grande número de afrescos coloridos e belíssimos de Bernardino Luini. Não tem como se arrepender da visita.

  • Endereço: Corso Magenta, 15, 20123 Milão, Itália
  • Horários: de terça a domingo das 9h às 19h30 (no inverno até 17h30)
  • Entrada: gratuita
A beleza da Igreja de San Maurizio. Foto: milano.repubblica.it

13. IGREJA SANTA MARIA DELLA GRAZIE & “A ÚLTIMA CEIA”

A famosa pintura “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci, também conhecida como “Cenacolo Vinciano”, em italiano, fica localizada na Igreja Santa Maria Delle Grazie. Para quem não sabe, “Última Ceia” não é um quadro, mas sim uma pintura feita por Leonardo da Vinci na parede do antigo refeitório do convento, entre os anos de 1494 a 1498. O acesso é feito em pequenos grupos e é preciso reservar um horário com antecedência, pois os ingressos se esgotam rapidamente. Se vale a pena? Com certeza! Ficamos encantados em estar frente a frente com uma obra prima de da Vinci!

Leia mais: Itália: “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci em Milão

  • Endereço: Piazza di Santa Maria delle Grazie, 20123, Milão, Itália
  • Entrada: $8 euros ($6.50 euros ingresso + $1.50 taxa) / audio guide $3.50 euros
  • Horários: tours disponíveis de 8h15 às 18h45
  • Reservas: Faça sua reserva através do site oficial (em italiano ou inglês) / É possível comprar tickets através deste site e fazer o passeio com um guia turístico.
Em frente à Igreja Santa Maria delle Grazie, em Milão

14. MUSEU LEONARDO DA VINCI

Museo Nazionale della Scienza e della Tecnologia Leonardo da Vinci foi fundado em 1953 e é o maior museu de ciência e tecnologia da Itália. O excelente acervo está dividido em 7 departamentos: materiais, transportes, energia, comunicação, Leonardo da Vinci – Arte e Ciência, novas fronteiras, e ciência para os jovens. Nós adoramos a área dedicada ao grande da Vinci, recheada de invenções deste gênio. A área dos transportes é fantástica, com aeronaves, locomotivas e muitos itens fascinantes.

  • Endereço: Via San Vittore, 21, 20123 Milão, Itália
  • Horários: de terça a sexta de 9h30 às 17h / sábados, domingos e feriados de 9h30 às 18h30 / fechado às segundas-feiras
  • Entrada: € 10
Locomotivas no Museu Leonardo da Vinci

15. ESTÁDIO SAN SIRO

Quem ama futebol, precisa tentar encaixar na agenda um jogo no San Siro! Este é o nome do Stadio Giuseppe Meazza, o principal estádio de Milão e sede dos grandes clubes Internazionale de Milão e A.C. Milan. Ele foi fundado em 1926, ele foi sede de jogos importantes da Copa do Mundo de 1990 e jogos do campeonato europeu. Nós assistimos a uma partida do campeonato italiano de 2013 e foi muito bacana. Os assentos são mais apertados do que esperávamos, mas foi muito emocionante. Além de jogos, há também um Museu, que conta a história de sucesso dos dois clubes. É possível também fazer tours pelo estádio. É possível fazer tours guiados e privados pelo estádio (inclusive em português), mas é obrigatório fazer reservas antecipadamente.

  • Endereço: Piazzale Angelo Moratti, 20151 Milão, Itália
  • Horários: diariamente de março a setembro de 9h30 às 18h / de outubro a abril de 9h30 às 17h (pode variar em dias de jogos)
  • Entrada
    • Museu + Tour: € 17
    • Somente Museu: € 7
Depois de assistir a uma partida do campeonato italiano com direito a Balotelli e Robinho em campo
Vista dos pilares do San Siro
Museu San Siro

ONDE COMER EM MILÃO

Uma coisa que não dá para reclamar da Itália é a comida incrível! Massas, sorvetes, vinhos…Pensando nisso, reunimos uma série de dicas gastronômicas especiais no post “Itália: Dicas de restaurantes em Milão“.

548418_10200362960067552_1133176746_n
Delícias do Nerino Dieci Trattoria

Veja mais dicas de destinos na Itália:

Deixe seu comentário