Itália: O que fazer em Florença – Roteiro de 3 dias

0

Florença é, sem nenhuma dúvida, uma das cidades mais bonitas do mundo. A cidade tem tantos museus, tantos palácios, tantas praças cheias de história que é possível ficar semanas nessa charmosa cidade, vendo obras de arte, visitando galerias, saboreando pratos da incrível culinária italiana. Este é o primeiro post que escrevemos sobre a cidade para destacar o que fazer em Florença. Vem com a gente desbravar essa cidade cheia de arte e cultura!

A CIDADE DE FLORENÇA

A cidade de Florença é a maior cidade da região da Toscana, com aproximadamente 380 mil habitantes (mais de 1,5 milhão na zona metropolitana). A cidade tem uma história riquíssima de comércio e finanças na Europa Medieval e foi uma das cidades mais desenvolvidas e ricas daquela época. A cidade é conhecida por ser o berço do Renascimento, tornando-se uma referência artística e arquitetônica devido a obras de artistas como Michelângelo, Leonardo da Vinci, Giotto, Botticelli, Rafael Sanzio e Donatello. A família Medici, que governou a região dos séculos XV ao XVIII, tem uma grande participação neste contexto, pois financiava muitos artistas da região.

Piazza della Signoria com o Palazzo Vecchio e a Loggia dei Lanzi, à direita
Piazza della Signoria com o Palazzo Vecchio e a Loggia dei Lanzi, à direita

Em 1982, a cidade foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e, atualmente, recebe aproximadamente 1,8 milhão de turistas todos os anos. A cidade é bem compacta, concentrando as principais atrações em algumas áreas específicas. A melhor forma de conhecer a cidade é a pé, caminhando por suas ruelas estreitas e admirando sua arquitetura medieval incrível.

ITÁLIA: O QUE FAZER EM FLORENÇA

Nada melhor do que planejar uma viagem para Florença começando com um mapa com as principais atrações da cidade, não é mesmo? Pois aqui está o nosso mapa interativo separado por regiões para ajudar na elaboração do seu roteiro:

NORTE

1. PIAZZA DEL DUOMO

A Piazza del Duomo é uma das principais área da cidade de Florença e onde estão 3 atrações religiosas importantes: a Catedral Santa Maria del Fiore, o Campanário Giotto e o Batistério San Giovanni. A entrada na igreja é gratuita, mas para as demais atrações é preciso adquirir um ticket que é vendido no Centro de Visitantes que fica à esquerda de quem olha a igreja de frente ou pela internet, através deste site. O valor é 15 euros e está incluso visitar: o Duomo de Brunelleschi; o Campanário Giotto; o Batistério San Giovanni; o Museo dell’Opera di Santa Maria del Fiore e as Ruínas de Santa Reparata. Os horários das atrações variam e vale a pena consultar os horários no site oficial antes de visitar. Só as atrações da Piazza del Duomo já daria para escrevermos um post inteiro, por isso, vamos tentar resumir as principais características.

Piazza do Duomo: Batistério em primeiro plano, a Catedral à esquerda e o Batistério á direita
Piazza do Duomo: Batistério em primeiro plano, a Catedral à esquerda e a torre do Batistério á direita
  • Catedral Santa Maria del FioreÉ a principal igreja da cidade e foi construída entre os anos 1296 e 1436, sendo que a fachada, com um mosaico de mármore colorido, só foi concluída em 1887. Composta por três naves de arquitetura imponente e ricamente decoradas, a igreja impressiona por sua beleza estonteante. Repare bem na belíssima cúpula de Bruneleschi toda decorada com afrescos que representam o juízo final. A entrada é gratuita, mas é preciso enfrentar um fila grande em alta temporada. Para subir na cúpula, é preciso ter um ticket que pode ser comprado antes de entrar na igreja. É preciso ter fôlego para subir os 463 degraus estreitos que levam até o topo, mas você será recompensando com uma linda vista da cidade. Use roupas e calçados confortáveis e leve uma garrafinha de água.
Vista da Catedral a partir da Torre do Campanário
Vista da Catedral a partir da Torre do Campanário
Altar da Catedral
Altar da Catedral
  • Campanário Giotto: Conforme falamos anteriormente, a entrada para o Campanário é paga. Nós subimos no topo desta torre de quase 85 metros de altura para ter uma linda vista da Piazza do Duomo e da Cúpula do Duomo. Foi bem cansativo porque são poucas saídas de ar, o espaço para subir é bastante estreito e é preciso ter bastante disposição para subir os mais de 400 degraus que levam até o sino no alto do campanário.
A linda torre do Campanário ao lado da Catedral durante a noite
A linda torre do Campanário ao lado da Catedral durante a noite
  • Batistério San Giovanni: Este batistério em formato octogonal tem uma decoração belíssima, tanto na porta de entrada toda talhada em madeira, como internamente, com seu teto dourado e pinturas coloridas belíssimas em estilo bizantino.
thumb_1235038_10200340674550428_2117906566_n_1024
Batistério visto do alto do Campanário
thumb_993362_10200340685230695_1584796654_n_1024
Teto do Batistério com pinturas bizantinas
  • Ruínas de Santa ReparataUm grande escavação arqueológica debaixo da catedral de Santa Maria del Fiore entre os anos de 1965 e 1973 trouxe à luz ruínas da antiga basílica de Santa Reparata, uma antiga igreja do cristã. A igreja foi reconstruída em época carolíngia depois de ser severamente danificada nas guerras entre os godos e Bizâncio. Santa Reparata hospeda inúmeras lápides, incluindo o túmulo de Lando di Giano, um capelão de Santa Reparata, que morreu em 1353, o túmulo de Niccolo Squarcialupi que morreu em 1313, o túmulo de Giovanni Di Alamanno de Medici, que morreu em 1352, e possivelmente – embora isso ainda não foi confirmado – os túmulos de dois papas.

2. MUSEU DELL’OPERA DEL DUOMO

A entrada para o Museo Dell’Opera di Santa Maria del Fiore está inclusa no ticket que mencionamos no primeiro item. Este museu tem como objetivo preservar obras das atrações da Piazza del Duomo: Catedral, Batistério e Campanário. O acervo inclui, além de todo o antigo revestimento da fachada da catedral e os famosos coros renascentistas, elementos do batistério, uma coleção de imagens sacras, relicários feitos de metais preciosos e pedrarias, estátuas, manuscritos iluminados, vestuário eclesiástico e objetos em ouro.

  • Endereço: Piazza del Duomo, 9, 50122 Florença, Itália
  • Horários: Confira os horários no site oficial.

3. BASILICA DI SAN LORENZO

É uma igreja construída entre os anos de 1419 e 1460 que foi a igreja paroquial da família Medici. Filippo Brunelleschi, o principal arquiteto renascentista da primeira metade do século XV, foi contratado para projetá-la, mas o edifício, com alterações, só foi concluído após a sua morte.

  • Endereço: Piazza di San Lorenzo, 9, 50123 Florença, Itália
  • Horários: dias de semana  de 10h às 17h / domingo de 13h30 às 17h30 somente de março a outubro
  • Entrada: 4,50 euros

4. CAPELAS MEDICI

As Capelas Medici (Cappelle Medicee, em italiano) são duas estruturas na Basílica de San Lorenzo, construídas como extensões para a igreja do século XV, com a finalidade de celebrar a família Medici, patronos da igreja e do Grão-Ducado da Toscana. O Sagrestia Nuova, (“Sacristia Nova”), foi desenhada por Michelângelo. O Cappella dei Principi, (“Capela dos Príncipes”), embora proposta no século XVI, não foi iniciada até o início do século XVII, e o seu design é uma colaboração entre a família Medice e arquitetos.

  • Endereço: Piazza di Madonna degli Aldobrandini, 6, 50123 Florença, Itália
  • Horários: segunda a domingo de 8h15 às 13h50 / fechado nos segundos e quartos domingos do mês e na terceira e quinta segunda de cada mês
  • Entrada: 12,75 euros (adquira tickets neste link)
Duomo da Capela Medice visto do Campanário
Duomo Capela dos Príncipes visto do Campanário

5. MERCATO CENTRALE / SAN LORENZO

O Mercado Central de Florença, também conhecido como Mercado de San Lorenzo foi projetado pelo mesmo arquiteto que desenhou a Galleria Vittorio Emanuele II em Milão. Dentro do mercado, são vendidos vários ingredientes da cozinha toscana, frutos do mar em fornecedores e peixes. Frutas, vegetais, nozes e especiarias também são encontrados no mercado.

Fachada do Mercato Centrale
Fachada do Mercato Centrale

6. PALAZZO MEDICI-RICCARDI

O Palazzo Medici-Riccardi é um palácio renascentista que atualmente é utilizado como sede provincial e museu. Ele é finamente decorado, contando com obras de arte e mobiliário antigo.

Endereço: Via Camillo Cavour, 3, 50129 Florença, Itália
Horários: de quinta a terça de 9h às 19h / fechado às quartas-feiras
Entrada: 7 euros

7. GALLERIA DELL’ACCADEMIA

Essa galeria de arte é um dos nossos locais favoritos em Florença. A sua obra de maior destaque é a imensa estátua de 5,17 metros de altura de Davi, de Michelângelo. A obra começou a ser construída em 1501 e foi concluída em 1504. Nós ficamos muito tempo parados contemplando esse magnífica obra de arte, porque ela é tão perfeita, tão rica em detalhes que parece real. Há várias pinturas, livros e estátuas de mármore inacabadas. Dentro da Galleria é proibido tirar fotos.

  • Endereço: Via Ricasoli, 58/60, Florença, Itália
  • Horários: de terça a domingo de 8h15 às 8h50 / fechada às segundas-feiras
  • Entrada: 12,50 euros
Davi de Michelangelo. Foto: museumsinflorence.com
Davi de Michelangelo ao fundo e nas laterais, obras em mármore do artista inacabadas. Foto: museumsinflorence.com

8. BASILICA DELLA SANTISSIMA ANNUNZIATA DI FIRENZE

Trata-se de uma igreja de arquitetura renascentista fundada em 1250 pela Ordem dos Servitas.

  • Endereço: Piazza SS Annunziata, 50122 Florença, Itália
Fachada da Igreja. Foto: museumsinflorence.com
Fachada da Igreja. Foto: museumsinflorence.com

9. MUSEU SAN MARCO

Museu com um rico acervo de pintura sacra do Renascimento. O museu é famoso especialmente pela série de afrescos pintados belo Beato Angélico, também conhecido como Fra Angelico, nas celas dos monges e em outros espaços, formando um grande ciclo de cenas da vida de Cristo.

  • Endereço: Piazza San Marco, 3, 50121 Firenze, Itália
  • Horários: de segunda a sexta de 8h15 às 13h50 / sábado e domingo de 8h15 às 16h50 / fechado na segunda e quarta segunda-feira de cada mês e primo, segundo, e quinto domingo de cada mês
  • Entrada: 4 euros

LESTE

10. PIAZZA DELLA SIGNORIA

Esta praça em formato de “L” que é o centro da vida social de Florença. Fica a poucos metros da região do Duomo e também do Rio Arno e Ponte Vecchio. A Piazza Della Signoria é o ponto focal da origem e da história de Florença e ainda mantém sua reputação como o centro político da cidade. Prepare-se para disputar um pedacinho da praça com uma multidão de turistas.

Na Piazza della Signoria
Na Piazza della Signoria com o Palazzo Vecchio ao fundo e a Loggia dei Lanzi à direita

11. LOGGIA DEI LANZI

Um dos destaques da Piazza della Signoria é a Loggia dei Lanzi. Trata-se de um monumento formato por arcos sobre pilastras agrupadas. No local, há muitas esculturas ao ar livre de arte antiga e renascentista.

Com um leão, símbolo da família Medici, na Loggia de Lanzi
Com um leão, símbolo da família Medici, na Loggia dei Lanzi

12. PALAZZO VECCHIO

Belíssimo Palácio construído em 1299 e localizado na Piazza della Signoria que vale uma visita. Na entrada, está uma réplica reduzida do Davi de Michelângelo (aquele mesmo que está em exposição na Galleria Dell’Accademia). O prédio ocupa a sede da prefeitura da cidade e conta com um museu aberto ao público. Além de uma bonita exposição de artefatos antigos, é possível subir na torre do relógio para ter uma vista linda da cidade e do Rio Arno.

  • Endereço: Piazza della Signoria, Florença, Itália
  • Horários: confira os horários neste link
  • Entrada: 10 euros Museu / 14 euros Museu + Torre do Relógio / veja outras combinações de tickets neste link
thumb_1231625_10200340796473476_1133656683_n_1024
Detalhe da réplica do Davi de Michelângelo que fica em frente ao Palazzo Vecchio
thumb_P1240541_1024
Salão belíssimo do Palazzo Vecchio

13. GALLERIA DEGLI UFFIZI

A Galleria Degli Uffizi abriga um dos museus mais famosos do mundo. A construção do complexo Uffizi foi iniciada em 1560 por Giorgio Vasari para Cosimo I de ‘Medici, de modo a acomodar os gabinetes dos magistrados de Florença, daí o nome Uffizi, escritórios, em italiano. O Uffizi abriga obras de artistas famosos como Botticelli, Caravaggio, Raphael, Remembrandt e Michelângelo. Atualmente, o Uffizi é uma das mais populares atrações turísticas de Florença. Na alta temporada (particularmente em julho), o tempo de espera pode ser de até cinco horas, por isso, vale a pena adquirir seu ingresso online no site do museu.

  • Endereço: Piazzale degli Uffizi, 6, 50122 Firenze FI, Itália
  • Horários: de terça a domingo de 8h15 às 18h50 / fechado às segundas-feiras
  • Entrada: 18,50 euros
Parte externa da Galleria degli Uffizi
Parte externa da Galleria degli Uffizi
A famosa pintura Vênus de Botticelli
A famosa pintura Vênus de Botticelli está exposta na Galleria degli Uffizi

14. MUSEU GALILEU

O museu está instalado em um lindo edifício do século XI e possui uma das maiores coleções do mundo de instrumentos científicos, mostrando o papel crucial exercido pela família Medici neste contexto de ciência.

  • Endereço: Piazza dei Giudici, 1, 50122 Florença, Itália
  • Horários: de quarta a segunda de 9h30 às 18h / terça de 9h30 às 13h
  • Entrada: 9 euros
thumb_1235932_10200340849434800_1903018952_n_1024
Fachada do Museo Galileo
thumb_1174569_10200340852994889_1682429361_n_1024
Exposições do museu

15. BASÍLICA SANTA CROCE

A Basílica de Santa Croce é a principal igreja da cidade da Ordem dos Franciscanos. Lá enterrados alguns dos mais ilustres italianos, tais como Michelângelo, Galileo Galilei, Maquiavel e Rossini. Na entrada da igreja à esquerda, há uma estátua de Dante Alighieri.

  • Endereço: Piazza Santa Croce, 16, 50122 Florença, Itália
  • Horários: de segunda a sábado de 9h30 às 17h30 / domingo de 14h às 17h30
  • Entrada: 6 euros
thumb_1239028_10200340731031840_1241512900_n_1024
Fachada da Igreja Santa Croce

16. MUSEU CASA DI DANTE

E por falar em Dante Alighieri, não deixe de conhecer o museu que conta a história deste grande escritor italiano, autor da obra-prima “A Divina Comédia”. O museu, que na verdade é a antiga casa onde Dante nasceu em 1265, consiste em 3 andares de exposições super interessantes, com manuscritos, artefatos da época e detalhes sobre um dos livros mais importantes do mundo.

  • Endereço: Via S. Margherita, 1, 50122 Florença, Itália
  • Horários:
    • abril a setembro: diariamente de 10h às 18h
    • outubro a março: diariamente de 10h às 17h
  • Entrada: 4 euros
thumb_1209304_10200340732711882_470001472_n_1024
Fachada do Museo Casa di Dante
thumb_1017493_10200340737912012_254792394_n_1024
Trechos do livro “A Divina Comédia”

17. IGREJA ORSANMICHELE

É uma pequena igreja de arquitetura gótica que antes de ser igreja foi um mercado de grãos, com uma fachada incrivelmente decorada com esculturas de imagens de 14 santos.

  • Endereço: Via dell’Arte della Lana, 50123 Florença, Itália
  • Horários: diariamente de 10h às 17h

18. MUSEU BARGELLO 

O edifício em que está instalado o museu foi residência do chefe da polícia Bargello (do qual o palácio leva o seu nome) e foi usado como prisão durante todo o século XVIII. Suas paredes testemunhado episódios importantes da história cívica florentina. Atualmente, o local é usado para exposição de obras de arte e muitas esculturas e muitos exemplos de artes decorativas góticas. O grande salão do século XIV, no primeiro andar, apresenta algumas obras de Donatello.

  • Endereço: Via del Proconsolo, 4, 50122 Florença, Itália
  • Horários: de terça a domingo de 8h15 às 17h / aberto na primeira, terceira e quinta segundas-feiras de cada mês
  • Entrada: 4 euros
Estátua em exposição no museu. Foto: museumsinflorence.com
Estátua em exposição no museu. Foto: museumsinflorence.com

19. BADIA FIORENTINA

Badia Fiorentina é uma abadia e igreja que agora abriga a Fraternidade de Jerusalém. A abadia foi fundada como uma instituição beneditina em 978. Em 1071, Um hospital foi fundado na abadia. Entre 1284 e 1310 a igreja românica foi reconstruída em estilo gótico, mas em 1307 parte da igreja foi demolida para punir os monges por falta de pagamento de impostos. A igreja passou por uma transformação para o estilo barroco entre 1627 e 1631. A torre do sino foi construída entre 1310 e 1330, é românica em sua base e gótica em seus estágios superiores.

Endereço: Via del Proconsolo, 11, Florença, Itália
Horários: segunda-feira de 15h às 18h
Entrada: gratuita
Torre do Sino da Badia Fiorentina. Foto: museumsinflorence.com
Torre do Sino da Badia Fiorentina. Foto: museumsinflorence.com

OESTE

20. IGREJA SANTA MARIA NOVELLA

Situada pertinho da estação rodoviária de mesmo nome, Santa Maria Novella é a primeira grande basílica em Florença, e é a principal igreja dominicana da cidade. Além da bela igreja, há um claustro adjacente, e um museu com tesouros artísticos e monumentos funerários. Especialmente famosos são afrescos de mestres do gótico e do início do Renascimento. Eles foram financiados através da generosidade das famílias florentinas mais importantes, que se asseguraram de capelas funerárias em solo sagrado.

  • Endereço: Piazza di Santa Maria Novella, 18, 50123 Florença, Itália
  • Horários: de segunda a quinta de 9h às 17h30 / sexta de 11h às 17h30 / sábado de 9h às 17h / domingo: de 13h às 17h (outubro a junho); 12h às 17h (julho a setembro)
  • Entrada: 5 euros
Santa Maria Novella
Santa Maria Novella

21. PALAZZO STROZZI

A construção do palácio, em um terreno de esquina, começou em 1489 a pedido de Filippo Strozzi,  um rival da família Medici, desejava o mais magnífico palácio para afirmar destaque contínuo da sua família.

  • Endereço: Piazza degli Strozzi, 50123 Florença, Itália
  • Horários: de sexta a quarta de 10h às 20h / quinta de 10h às 23h
  • Entrada: 12 euros
Fachada do Palazzo Strozzi
Fachada do Palazzo Strozzi

22. PIAZZA DELLA REPUBBLICA

Esta praça é um importante local histórico de Florença e serviu e ponto de encontro de artistas e escritores famosos. Uma de suas características atualmente é o carrossel que fica localizado no meio da praça.

Piazza della Repubblica
Piazza della Repubblica e o Carrossel à esquerda

23. LOGGIA DEL MERCATO NUOVO

O local, também conhecido como Loggia del Porcellino, é uma galeria que foi construída em meados do século XVI, no coração da cidade, a poucos passos da Ponte Vecchio. Inicialmente, foi destinado à venda de bens de seda e de luxo e, em seguida, para os palha famosos chapéus. Atualmente, principalmente artigos de couro e lembranças são vendidos no local.

  • Endereço: Piazza del Mercato Nuovo, 50123 Firenze, Itália
  • Horários: diariamente de 9h às 18h30

24. PONTE VECCHIO

A Ponte Vecchio não é somente uma ponte, é um dos cartões postais de Florença. Ela foi construída sob o Rio Arno ainda na Roma antiga e foi reconstruída em 1345. Uma das características mais marcantes da ponte é o fato de ter várias lojas em sua extensão.

florence-1088288_1280
Ponte Vecchio
thumb_1010870_10200340693910912_2033233314_n_1024
Vista do Rio Arno a partir da Ponte Vecchio
thumb_1175113_10200340694390924_299709389_n_1024
Lojas localizadas no caminho da Ponte

SUL (DO OUTRO LADO DO RIO ARNO)

25. PALAZZO PITTI

O Palazzo Pitti é um palácio renascentista na margem sul do Rio Arno, pertinho da Ponte Vecchio. Construído em 1458, o palácio foi inicialmente residência de Luca Pitti, um ambicioso banqueiro florentino. O palácio foi comprado pela família Médici em 1549 e tornou-se a principal residência das famílias dominantes do Grão-Ducado da Toscana. No final do século XVIII, o palácio foi usado como uma base de poder por Napoleão, e mais tarde serviu por um breve período como o principal palácio real da Itália recém unificada. Atualmente, o palácio é o maior complexo de museus em Florença e abriga museus com lindíssimas coleções de obras de arte e pratarias.

Entrada do Palazzo Pitti
Entrada do Palazzo Pitti
  • Galeria Palatina : É a principal exposição do palácio com obras de arte belíssimas e mais de 500 quadros de pintores da Renascença.
  • Aposentos Reais: É possível visitar 14 aposentos reais finamente decorados em estilo barroco.
  • Galeria de Arte Moderna: São mais de 30 salas com obras de artistas italianos entre o final do século XIX e início do século XX.
  • Galeria de Figurinos:  Esta galeria apresenta uma coleção de figurinos teatrais datados desde o século XVI até ao presente. É, também, o único museu da Itália a detalhar a história da moda italiana.
  • Museu da Prata ou do Tesouro dos Médici: contém uma coleção de peças valiosas em prata, camafeus, trabalhos em gemas semipreciosas e ourivesaria da Antiguidade, pertencentes à coleção da família Medici.
  • Museu da Porcelana: A peças de porcelana são provenientes de várias das mais notáveis fábricas de porcelana européias.
  • Museu das Carruagens: Esta exposição exibe carruagens usados pela corte entre os séculos XVIII e XIX. Algumas destas carruagens são finamente decoradas com pinturas e detalhes em dourado. Atualmente, está fechada para o público.
  • Endereço: Piazza Pitti, 1, Florença, Itália
  • Horários:
    • Galeria Palatina, Aposentos Reais e Galeria de Arte Moderna: de terça a domingo de 8h15 às 18h50 / fechado às segundas-feiras (Obs.: Os Aposentos Reais ficam fechados todo mês de janeiro para manutenção.)
    • Galeria de Figurinos, Museu da Prata, Museu da Porcelana, Jardim Boboli: diariamente
      • de novembro a fevereiro: de 8h15 às 16h30
      • março: de 8h15 às 17h30
      • de abril, maio, setembro e outubro: de 8h15 às 18h30
      • de junho a agosto: de 8h15 às 18h50
  • Entrada:
    • Galeria Palatina + Aposentos Reais + Galeria de Arte Moderna: 13 euros
    • Galeria de Figurinos + Museu da Prata + Museu da Porcelana + Jardins Boboli: 10 euros
Palazzo Pitti visto dos Jardins Boboli
Palazzo Pitti visto dos Jardins Boboli

26. JARDINS BOBOLI

Além dos museus que mencionamos no item anterior, o Palácio Pitti também abriga um imenso parque chamado Jardins Boboli, que possui uma rica coleção de esculturas do séculos XVI a XVIII, fazendo com que seja um lindo museu a céu aberto, existindo também vários edifícios que ocupam parte dos jardins, como um anfiteatro. O local é belíssimo e opção para fazer um piquenique ao ar livre. O local possui muitas obras de arte, grutas, fontes e uma belíssima vista da cidade. A fonte mais famosa é a Fonte de Netuno.

thumb_IMG_2487_1024
Mapa do Complexo
thumb_P1250008_1024
Fonte de Netuno

27. CAPELA BRANCACCI

A Capela Brancacci fica dentro da Igreja de Santa Maria del Carmine e é muitas vezes chamada de “Capela Sistina do início do Renascimento”. A Construção da capela foi encomendada por Pietro Brancacci e iniciada em 1386. A igreja e a capela são tratados como locais separados para visitar e, como tal, têm diferentes horários de abertura.

  • Endereço: Piazza del Carmine – Chiesa di Santa Maria del Carmine50124, Florença, Itália
  • Horários: de quarta a domingo de 10h às 17h / fechada às terças-feiras
  • Entrada: 4 euros
Uma das pinturas da Capela
Uma das pinturas da Capela

28. IGREJA SAN MINIATO AL MONTE

É uma igreja que fica em um dos lugares mais altos de Florença, próximo da Piazzale Michelangelo. Ela tem sido descrita como uma das melhores estruturas românicas na Toscana e uma das muitas igrejas cênicas na Itália. Ela fica no alto de uma escadaria e lá de cima é possível ter uma linda vista da cidade. Ao lado, fica o mosteiro Olivetan, visto à direita da basílica ao subir as escadas.

  • Endereço:  Via delle Porte Sante, 34, 50125 Florença, Itália
  • Horários: diariamente de 9h30 às 13h e de 15h às 19h
  • Entrada: gratuita
Escadaria que leva à igreja
Escadaria que leva à igreja

29. PIAZZALE MICHELANGELO

Um dos melhores lugares da cidade para se tirar uma fotografia panorâmica de Florença, incluindo o Rio Arno e a Catedral Santa Maria del Fiori. No centro da praça há uma estátua em bronze do Davi de Michelângelo.

Vista incrível da cidade de Florença
Vista incrível da cidade de Florença

30. PONTE ALLE GRAZIE

A Ponte Alle Grazie é a nossa última dica em Florença! Nós adoramos esse lugar porque além de proporcionar uma linda vista da Ponte Vecchio e do Rio Arno, a ponte conta com uma escultura no mínimo curiosa de um boneco que está prestes a pular no rio. Embora a obra de arte seja polêmica, porque houve revoltas de pessoas que acreditam que a obra simula um suicídio, Clet, o autor da obra chamada “Uomo Comune” (Homem comum, em italiano), afirma que não foi essa a intenção. Segundo ele, a obra procura retratar um homem comum que está dando um passo importante e arriscado na vida.

Escultura na Ponte Alle Grazie
Escultura “Uomo Comune” na Ponte Alle Grazie

QUANTOS DIAS EM FLORENÇA?

Com um número enorme de palácios, galerias de arte e museus, é preciso se esforçar para fazer uma lista compacta de atrações em Florença. Mas como a cidade é pequena, o tempo de deslocamento entre uma atração e outra costuma não ser um problema. Nós nunca gostamos de dar um número mágico de dias porque depende do ritmo de viagem de cada um, do que cada pessoa gosta ou está disposta a fazer. Nós recomendamos 2 ou 3 dias. Em 2 dias, dá para conhecer as principais atrações (Duomo, Galleria dell’Academia, Piazza della Signoria, Ponte Vecchio, Galleria degli Uffizi), mas fica com o tempo um pouco apertado para combinar atrações com gastronomia, por exemplo, e você vai estar perdendo muito se não aproveitar a gastronomia local). Programando direitinho, em 3 dias você conseguirá conhecer muita coisa sem precisar fazer tudo na correria. Tem mais tempo? Fique! Florença é uma cidade encantadora, com restaurantes ótimos e muitas opções de entretenimento.

DICA DE ECONOMIA: FIRENZE CARD

Não podemos deixar de dar a super dica de economia que é adquirir o Firenze Card. Em Florença, há muitas igrejas com entrada paga e você não pode deixar de visitar só porque precisará desembolsar um dinheirinho, certo? A melhor solução é adquirir o Firenze Card que consiste em um passe com entrada inclusa para 72 museus e igrejas na cidade, tem parcerias com restaurantes, serviços turísticos e opções de entretenimento. O ticket vale por 72 horas e você não precisa enfrentar as filas nas atrações que visitar. Você pode comprar online e buscar o seu cartão no primeiro dia que estiver na cidade. O valor é de 72 euros. Parece caro, mas basta somar a entrada em todas as atrações que você pretende visitar para ver como compensa! Veja o exemplo abaixo em que selecionamos somente 5 atrações na cidade para mostrar que já vale a pena:

  • Ticket para as atrações da Piazza del Duomo (Cúpula da Catedral + Batistério + Campanário + Museu): 15 euros
  • Ticket Galleria Dell’Accademia: 12,50 euros
  • Ticket Galleria degli Uffizi: 18,50 euros
  • Ticket Palazzo Vecchio + Torre do Relógio: 14 euros
  • Ticket Palazzo Pitti (todas as atrações): 23 euros

Essas 5 atrações somadas já dão 83 euros. É por isso que o Firenze Card é uma excelente ideia para quem quer visitar a cidade. Veja as atrações inclusas no Firenze Card no mapa abaixo:

COMO CHEGAR

  • TREM: A estação de trem de Florença é Stazione di Santa Maria Novella.
  • AVIÃO: Voos chegam à cidade pelo Aeroporto Firenze-Peretola, antigo Ameigo Vespucci.
  • CARRO: Se você estiver fazendo uma viagem pela Itália e pretende alugar carro, não vale a pena ficar com o carro durante os dias que estiver em Florença. Os estacionamentos são limitados, as ruas são estreitas e a chance de você ganhar uma multa é grande.

EXCURSÕES E TOURS EM FLORENÇA

Seguem algumas sugestões de tours para se fazer em Florença ou a partir da cidade para conhecer outros lugares próximos:


Leia mais sobre a Itália:

Deixe seu comentário