Inglaterra: Como visitar o Castelo de Windsor

0

Uma das atrações mais interessantes para se fazer de um bate-volta a partir de Londres é visitar o Castelo de Windsor, o maior e mais antigo castelo do mundo ainda em uso. O imenso complexo ainda recebe, com certa frequência, a Rainha Elizabeth II. Confira todas as dicas de como visitar o Castelo de Windsor.

INGLATERRA: COMO VISITAR O CASTELO DE WINDSOR

O Castelo de Windsor é uma residência real localizada na cidade de Windsor. Ele foi construído originalmente no século XI, depois da invasão normanda por William, o Conquistador para proteger e supervisionar esta região. Desde o reinado de Henrique I (de 1106 a 1135), o castelo passou a ser utilizado por todos os monarcas britânicos, tornando-se o castelo mais antigo ocupado na Europa.

Vista do castelo a partir da Long Walk
Fachada do Castelo de Windsor com a estátua da Rainha Victoria em frente
Fachada do Castelo de Windsor com a estátua da Rainha Victoria em frente

Dentro das muralhas do castelo, que ocupa uma área de 5,3 hectares, foi construída a Capela de São Jorge no século XV, uma das melhores realizações do gótico inglês. O castelo atual foi criado durante uma sequência de projetos de construção faseada, culminando no trabalho de reconstrução após um incêndio de grandes proporções em 1992. O lar dos soberanos britânicos há mais de 900 anos é uma mistura de fortificação, palácio e até mesmo uma pequena cidade. Atualmente, mais de 500 pessoas vivem e trabalham em Windsor, o castelo mais habitado do mundo.

Vista do pátio interno do Castelo com a Igreja de São Jorge à esquerda e a Torre Redonda, ao meio.
Vista do pátio interno do Castelo com a Igreja de São Jorge à esquerda e a Torre Redonda, ao meio.

COMO É A VISITA AO CASTELO DE WINDSOR

Nós não víamos a hora de conhecer um dos castelos mais famosos do mundo! E foi assim que compramos nossos tickets e embarcamos para uma aventura a 40 km do centro de Londres! Basta seguir as placas até a entrada do Castelo e ir até o Centro Administrativo. Lá é possível comprar tickets (não recomendamos chegar lá sem o ticket, veja informações de como comprar pela internet no final deste post) ou já se dirigir para a fila de quem já possui ingresso e ir direto para a segurança. É preciso  passar pelo raio-x / detector de metais antes de entrar no castelo. Depois disso, você estará em frente ao lugar em que você poderá retirar seu audio guide gratuitamente (tem em português brasileiro) ou aguardar por um Precint Tour, um tour guiado introdutório de 30 minutos que tem início nesta área.

Todos com audio guide na mão, hora de entrar pelo portão à direita escrito "To the Castle" (para o Castelo)
Todos com audio guide na mão, hora de entrar pelo portão à direita escrito “To the Castle” (para o Castelo)

Nós fomos de audio guide mesmo e nos deu liberdade para percorrer o castelo. O complexo é enorme, mas apenas algumas áreas estão abertas à visitação pública. A figura abaixo, reproduzida do folheto oficial que é entregue na entrada, mostra o que podemos ver. Em seguida, vamos detalhar cada um dos pontos de destaque.

Mapa do Castelo. Figura: Reprodução do folheto oficial
Mapa do Castelo. Figura: Reprodução do folheto oficial

A área externa do Castelo é incrível, cheia de construções imponentes feitas em pedra. O dia estava lindo, céu azulzinho, sol forte e bastante calor. Um dos edifícios mais importantes do Castelo é a Torre Redonda, localizada no alto e no meio do complexo. Em cima da torre é hasteada uma bandeira. Quando a Rainha não está no Castelo, é a bandeira do Reino Unido, quando ela está, quem é hasteado é o Estandarte Real, uma bandeira dividida em 4 partes que representa os países membros do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte). Veja o Estandarte Real aqui. O dia em que estivemos lá, a Rainha não estava.

windsor4
Edifícios de pedra e a Torre Redonda à direita

windsor3 windsor5

windsor18

Confira os principais destaques da visita:

1. SALÕES DE ESTADO

O Castelo de Windsor já foi lar de 39 monarcas e os salões de Estado (salas do castelo utilizadas para eventos  oficiais da monarquia britânica) refletem a mudança de gosto dos ocupantes, particularmente de Charles II (reinado de 1660-1685) e George IV (reinado de 1820-1830). Charles modernizou os interiores do castelo para que se tornassem grandiosos, com esculturas de Grinling Gibbons e os tetos pintados por Antonio Verrio. Já George IV, contou com a ajuda do arquiteto Sir Jeffry Wyatville para criar uma entrada com uma imponente escadaria, acrescentou o belíssimo salão Waterloo, para celebrar a derrota de Napoleão Bonaparte em 1815, na batalha de mesmo nome. Os Salões de Estado estão equipados com algumas das melhores obras de arte da Coleção Real, incluindo pinturas de Rembrandt, Rubens e Canaletto.

Indo em direção aos Salões de Estado
Indo em direção aos Salões de Estado

Em 20 de novembro de 1992 um incêndio destruiu ou danificou mais de 100 quartos no castelo. Hoje, totalmente restaurados, os Salões são frequentemente utilizados por membros da família real para eventos em apoio das organizações de que são patrocinadores. Em algumas semanas do ano são abertos para visitação pública, os Salões de Semi-Estado, com interiores ricamente decorados que criados por George IV, e que ora são utilizados para eventos oficiais, ora para eventos privados. (Confira o período de abertura desses salões no final do post). Infelizmente, fotos durante a visita não são permitidas.

windsor14
Antes de entrar nos salões, curta a arquitetura medieval do castelo e a vista fora das muralhas
windsor15
Canhão antigo ao lado das muralhas do castelo

2. CASA DE BONECAS DA RAINHA MARY

Entre os destaques de uma visita a Windsor é a Queen Mary Dolls’ House, a maior, mais bonita e mais famosa casa de bonecas do mundo. Construído para Rainha Mary pelo principal arquiteto britânico Sir Edwin Lutyens entre 1921 e 1924, esta casa de bonecas é uma réplica perfeita em miniatura de uma casa aristocrática. A casa está cheia de milhares de objetos feitos pelos principais artistas, designers e artesãos. Da vida abaixo escadas para o os salões da alta sociedade, nenhum detalhe foi esquecido. Entre as características mais marcantes do Queen Mary Dolls’ House são a biblioteca, repleta de obras originais de os principais nomes literários da época, uma adega totalmente abastecida e um jardim criado por Gertrude Jekyll. A Casa de Bonecas ainda inclui eletricidade, água quente e fria, elevadores funcionando e descargas sanitárias! Incrível, não é mesmo? Na área ao lado da casa de bonecas estão expostos roupas e acessórios das bonecas que foram projetados e fabricados pelas principais casas de moda de Paris. Veja fotos clicando neste link e assista ao video abaixo para ter ideia do que encontrar por lá.

3. EXPOSIÇÃO DA DRAWING GALLERY

Todo ano, uma nova exposição é a apresentada na Drawing Gallery, a galeria de arte do Castelo de Windsor. Em 2016, o tema da exposição marcava o aniversário de 400 anos da morte do famoso dramaturgo e escritor William Shakespeare. A exposição estava baseada nos material na Biblioteca Real, incluindo obras de Shakespeare recolhidas pela família real, relatos de performances no Castelo de Windsor, e arte de membros da família real inspirada por peças de Shakespeare.

4. IGREJA DE SÃO JORGE

A Capela de São Jorge é um dos melhores exemplos da arquitetura gótica na Inglaterra e é particularmente conhecida pela sua magnífica abóbada de pedra. É o lar espiritual da Ordem da Jarreteira (Order of the Garter, em inglês), a ordem sênior da Cavalaria Britânica estabelecida em 1348 por Edward III. Dentro da capela estão os túmulos de dez soberanos, incluindo Henrique VIII e sua terceira esposa, Jane Seymour, e Charles I. Mas uma vez, vale reforçar que não é permitido tirar fotos dentro da igreja.

Entrada principal da Igreja de São Jorge. Os visitantes entram pela lateral.
Entrada principal da Igreja de São Jorge. Os visitantes entram pela lateral.

5. CERIMÔNIA DE TROCA DE GUARDA

Assim como acontece no Palácio de Buckingham, há também uma cerimônia de troca de guarda no Castelo de Windsor. O serviço de “guarda” do soberano acontece desde 1660. Os Guardas composto por cinco regimentos de infantaria (o Grenadier, Coldstream, escoceses, irlandeses e Guardas Galeses) e dois regimentos de cavalaria (Life Guards e Blues and Royals). A cerimônia tem duração de aproximadamente 45 minutos. A “Nova” Guarda chega, liderada por uma Banda Regimental e a “Velha” Guarda faz a transferência de responsabilidade. Na conclusão da cerimônia, a “Velha” Guarda volta para as Victoria Barracks na cidade de Windsor. Geralmente, a cerimônia ocorre no Lower Ward, mas muda para o Quadrangle, se a rainha estiver no Castelo.

Garanta o seu lugar para a cerimônia que ocorre às 11h
Garanta o seu lugar para a cerimônia que ocorre às 11h
  • Quando: 11h da manhã de segunda a sábado de abril a julho / em dias alternados de agosto a março / não há troca de guarda aos domingos / pode ser cancelada devido a condições climáticas desfavoráveis (Confira o quadro completo de horários da troca de guarda neste link.)
  • Onde: A cerimônia acontece dentro do Castelo. Geralmente a rainha não está no castelo e ocorre no Lower Ward; mas muda para o Quadrangle, se a rainha estiver no Castelol, para que ela possa assistir (veja mapa acima).
Quadranglo, área gramada que fica cercada por edifícios em formato de L
Quadrangle, área gramada que fica cercada por edifícios em formato de L

No dia em que estivemos fazendo a nossa visita ao Castelo, foi uma banda escocesa que participou da Troca de Guarda. Achamos muito melhor assistir à cerimônia no Castelo de Windsor que no Palácio de Buckingham, conforme falamos no post “Londres: Troca de guarda no Palácio de Buckingham“.

windsor10
Banda participando da troca de guarda
windsor12
É muito mais fácil assistira à cerimônia de troca de guarda no Castelo de Windsor
windsor11
E o cenário de castelo medieval ao fundo é incrível, né?

ATRAÇÕES ESPECIAIS DENTRO DO CASTELO

Além do tour convencional do qual falamos anteriormente, o Castelo de Windsor ainda disponibiliza dois outros tours especiais para quem estiver interessado em conhecer mais de sua estrutura. No entanto, estes tours são disponibilizados durante poucos dias ao longo do ano. Veja mais informações no final deste post.

1. Conquer the Tower Tour

Tour pela maior e mais famosa torre do Castelo de Windsor, a Torre Redonda. O tour dura, aproximadamente, 45 minutos e envolve subir 200 degraus. De uma altura de 65,5 metros acima do Rio Tâmisa, é possível aproveitar as lindas vistas da região. Não é permitida a entrada de visitantes com menos de 1,30 metros, ou seja, está vetado para crianças e bebês. Além disso, menores de 16 anos precisam estar acompanhados por um adulto.

A Torre Redonda só pode ser visitada no tour especial
A Torre Redonda só pode ser visitada no tour especial

2. Tour pelas Cozinhas Reais

Trata-se de um passeio guiado pelas famosas cozinhas reais do Castelo. A ideia é que o visitante obtenha uma visão do trabalho envolvido no preparo de centenas de refeições para um banquete real. O passeio leva o visitante por trás das cenas para a mais antiga cozinha de trabalho da Inglaterra que se mantém em atividade constante há quase 750 anos. Os visitantes vão ouvir sobre os jantares elaborados preparados para os monarcas Elizabeth I, George IV e Victoria e sobre os preparativos para ocasiões de jantares de Estado nos dias de hoje. O tour é oferecido exclusivamente em inglês.

LOJAS DO CASTELO DE WINDSOR

4 lojas espalhadas pelo complexo do Castelo de Windsor que oferecem uma grande variedade de artigos do presente exclusivos inspirados nas obras de arte da coleção real. Você pode comprar artigos para o lar, porcelana, roupas e jóias, brinquedos, livros e cartões postais. As lojas estão perto do Engine Court, em frente à Torre Redonda, na Capela de São Jorge e no Lower Ward.

windsor8
Uma das lojas que ficam dentro do castelo
windsor20
Desde armaduras em miniatura…
windsor19
…até um livro da Peppa Pig encontrando a Rainha!

INCLUIR NO ROTEIRO: CIDADE DE ETON

Ainda tem fôlego? Aproveite para incluir um passeio rápido pela cidade de Eton que fica pertinho do Castelo, bastando atravessar apenas a ponte Windsor-Eton, fechada para pedestres. Suba pela High St., a principal rua da cidade e repare na decoração graciosa das casas e arquitetura típica. No final da rua, fica o Eton College, um colégio tradicional, fundado em 1440 pelo Rei Henrique VI. Lá já estudaram diversos alunos famosos, ex-primeiros-ministros do Reino Unido, os príncipes William e Harry e o ator Eddie Redmayne, ganhador do Globo de Ouro e Oscar 2015, pelo seu papel no filme “A Teoria de Tudo” em que interpreta físico Stephen Hawking.

Vista linda durante a travessia da ponte que liga Windsor e Eton
Vista linda durante a travessia da ponte que liga Windsor e Eton
eton1
Centro da cidade de Eton
eton2
O famoso Eton College

ONDE COMER

Dentro do Castelo você não vai encontrar restaurantes, no máximo conseguirá comprar água, refrigerantes, sorvetes ou algum produto embalado. Há diversas sugestões gostosas na cidade de Windsor, que fica colada à saída do castelo. Nós terminamos nossa vista ao Castelo e já estávamos verdes de fome e resolvemos parar em um restaurante bem pertinho do castelo, o Carpenters Arms – Nicholson’s Pubs, uma rede de pubs que existe no Reino Unido. A unidade de Windsor tinha um clima super inglês e decoração com itens que lembram um pouco a idade medieval. O cardápio é bem variado e tem vários tipos de carnes, saladas e pratos típicos. Se for um dia quente e você não estiver dirigindo, aproveite para tomar uma bebida porque há muitas opções.

  • Endereço: 4 Market Street, Windsor SL4 1PB
  • Horários: diariamente de 10h às 23h
Frente do restaurante
Frente do restaurante
windsor-almoco1
Batatas, ervilhas e um tipo de bife a cavalo inglês
windsor-almoco2
Cerveja e espumante para refrescar de um dia quente após uma longa caminhada pelo Castelo

COMO CHEGAR

Windsor fica a, aproximadamente, 40 km de Londres. Para quem quiser se aventurar e alugar um carro para dirigir na mão inglesa, faça uma cotação através deste link. Para quem prefere transporte público, é muito fácil chegar até Windsor através de trem e existem duas formas:

  • A primeira opção (foi a que nós utilizamos) é ir até a estação Waterloo atendida pelas linhas de metrô Jubilee Line (cinza), Northern Line (preta), Bakerloo Line (marrom) ou DLR (trem de superfície). Há trens que partem da estação London Waterloo e vão direto para Windsor & Eton Riverside. O Castelo de Windsor fica a 5 minutos de caminhada. Nós compramos através do site da empresa South West Trains e pagamos para ida e volta £11.80 por pessoa. A viagem dura menos de 1 hora.
Chegando de trem na estação Windsor & Eton Riverside. É possível até mesmo ver o Castelo do lado esquerdo
Chegando de trem na estação Windsor & Eton Riverside. É possível até mesmo ver o Castelo do lado esquerdo ao fundo.
  • A segunda opção é ir até a estação de Paddington, em que ficam a Bakerloo Line (marrom), District Line (verde), Circle Line (amarela) e Hammersmith & City (rosa) do metrô. Pegue o trem na estação London Paddington. Após, aproximadamente, 20 minutos no trem, desça na estação Slough e troque de trem rumo a Windsor, mas é a estação Windsor & Eton Central. Este último trecho demora apenas 5 minutos. Basta caminhar em torno de 8 minutos para se chegar ao castelo. Você pode comprar tickets no site da empresa First Great Western. Um ticket ida e volta a partir de £10 por pessoa (varia conforme o dia/horário).

TOURS PARA O CASTELO DE WINDSOR

Quem não quer se preocupar em como chegar ao Castelo de Windsor, pode contratar alguns dos vários tours disponíveis que incluem transporte e entrada no castelo. Há opções em grupos grandes, pequenos, particulares e que incluem outros passeios interessantes como Stonehenge, Castelo de Hampton Court, cidades de Bath, Oxford, Salisbury. Selecionamos alguns para facilitar a sua escolha:

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Windsor Castle

  • Endereço: Windsor SL4 1NJ
  • Horários: diariamente
    • de março a outubro: de 9h30 às 17h30 (última entrada é às 16h no Castelo; última entrada nos salões de Estado e Casa de Bonecas é às 16h30 e na Capela de São Jorge é às 16h05)
    • de novembro a fevereiro: de 9h45 às 16h45 (última entrada no Castelo às 15h00; última entrada nos salões de Estado e Casa de Bonecas é às 15h30 e na Capela de São Jorge é às 16h05)
    • Salões de Semi-Estado: abertos somente de setembro a março
    • Capela de São Jorge: fechada aos domingos
  • Entrada: compre seu ingresso antecipadamente para garantir sua visita e evitar filas
    • Entrada padrão: £20 (inclui audio guide; acesso aos salões de estado; Igreja de São Jorge, Casa de Bonecas da Rainha Mary; exibição da Drawings Gallery, Salões de semi-Estado (quando abertos); Cerimônia de Troca da Guarda)
    • Quando os salões de Estado estão fechados: £10.80
  • Fotografias e filmagem: dentro dos salões de Estado e na Igreja de São Jorge são proibidas; permitidas nas áreas externas
  • Tours Especiais:
    • Tour pela Torre: somente agosto e setembro / de 10h15 às 18h05 / £28.30 (inclui entrada para o Castelo)
    • Tour pelas Cozinhas Reais: somente agosto e setembro / de 10h15 às 15h15 / £25.00 (inclui entrada para o Castelo)


Leia mais sobre a Inglaterra:

Deixe seu comentário