Explorando o novo Design Museum de Londres

0

O Design Museum de Londres reabriu no mês de novembro de 2016 em um novo endereço e está lindíssimo! Com um visual belíssimo e muito interessante, ele está recheado de novidades!

O DESIGN MUSEUM

O Museu do Design de Londres foi fundado em 1989 e ficava em um edifício às margens do Rio Tâmisa, pertinho da Tower Bridge, a ponte mais bonita de Londres. Em 2011, o museu recebeu uma doação de £17,5 milhões com o objetivo de migrar sua localização para um novo, maior e moderno prédio na região de Kensington, que é bem conhecida pela presença de importantes museus como o Victoria and Albert, Science Museum, Museu de História Natural e Serpentine Galleries. O novo edifício é três vezes maior do que o anterior, possui auditórios, centro de aprendizagem, áreas para membros e um espaço para exibição de sua coleção permanente gratuitamente.

Fachada do novo Design Museum
Fachada do novo Design Museum
design-museum4
O edifício possui um design incrível

Eu estava ansiosa pela inauguração desse museu. Já tinha passado em frente enquanto estava em obras e logo que abriu, fui conferir as novidades. A Helô do blog Aprendiz de Viajante já tinha escrito um post super bacana sobre o local e me deixou ainda mais motivada para ir.

O Museu do Design reabriu em 24 de novembro de 2016
O Museu do Design reabriu em 24 de novembro de 2016

COMO EXPLORAR O NOVO DESIGN MUSEUM

O novo Design Museum de Londres possui 5 andares: Piso Térreo (Ground), Piso 1, Piso 2, Piso -1 e Piso -2, e um Mezzanino, somente com um lance de escadas, entre o Piso Térreo e Piso 1.

Andares do museu
Andares do museu

Confira o que encontrar em cada um deles:

PISO TÉRREO

No Piso Térreo está a bilheteria (para quem quer se tornar membro ou comprar tickets para as exposições temporárias pagas); um Café; uma lojinha e uma área para exposições provisórias (até abril de 2017 estará a “Fear and Love: reactions to a complex world” – £14).

design-museum7
Vista do Museu a partir do 1º andar
design-museum15
Exposição temporária Fear and Love

PISO 1

Subindo as escadas, há uma pequena exposição com fotos que mostram a evolução da reforma do edifício para abrigar o museu. O fotógrafo Koto Bolofo foi convidado para registrar e documentar a transformação do antigo Commonwealth Institute em Design Museum. Ele visitou o local 40 vezes durante as obras e separou 15 fotografias em preto e branco que mostram estágios da obra em momentos diferentes. Além disso, neste andar estão salas de estudo, o Centro de Aprendizagem da Fundação Swarovski e a Biblioteca e Arquivo Sackler.

Corredor com as 15 fotografias no Piso 1
Corredor com as 15 fotografias no Piso 1

PISO 2

Este é o andar mais visitado do museu por abrigar a coleção permanente que tem entrada gratuita. Designer Maker User conta a história do design contemporâneo através da conexão entre três agentes: o profissional do design, o fabricante do produto e o consumidor final. Na exposição estão quase mil peças do século XX e XXI.

design-museum6
Vista a partir do Piso 2
design-museum8
A gente nem imagina todo o trabalho envolvido para o desenvolvimento do design de um produto!
design-museum10
Três agentes fundamentais no processo: designer, fabricante e usuário

A exposição cobre uma escala larga de disciplinas do projeto, da arquitetura e da engenharia, ao mundo digital, à forma e aos gráficos. Neste piso também ficam banheiros, um restaurante, salas de estudo, áreas interativas e uma área para exposição provisória gratuita (até março de 2017 está em exposição Designers in Residence).

design-museum11
Vários logos de empresas importantes pendurados no teto
design-museum13
Peças em exposição no museu refletem o trabalho dos designers
design-museum14
Produtos da Apple, uma das empresas que é referência em design de produto

PISO -1

Este piso abriga o Bakala Auditorium, banheiros e armários para que os visitantes deixem mochilas e outros itens.

PISO -2

Este piso também abriga a continuação do Bakala Auditorium e há um espaço para coleções provisórias (até fevereiro de 2017 estará Beazley Designs of the Year – £10).

ONDE COMER NO DESIGN MUSEUM DE LONDRES

Para proporcionar uma visita aconchegante, o museu disponibiliza dois lugares para refeições. No Piso Térreo fica o Coffee & Juice Counter, uma ótima opção para tomar um café e um lanchinho rápido. Ele funciona diariamente de 10h às 18h. Já o Parabola Restaurant, localizado no Piso 2, é um restaurante, café e bar, que oferece refeições mais caprichadas como almoço, brunch, café da tarde e jantar. Os horários de funcionamento são de segunda a quarta de 10h às 23h; quinta a sábado de 10h às 23h30 e domingo de 10h às 18h.

2 LOJAS DO DESIGN MUSEUM DE LONDRES

2 lojas do Design Museum recheadas de artigos lindíssimos para quem ama decoração. Uma delas, a High Street Shop, fica em um prédio apartado em frente ao museu. Ela funciona diariamente de 10h às 18h (19h às quintas-feiras). A outra loja fica no piso térreo do museu e é chamada de Atrium Shop. Ela funciona diariamente de 10h às 18h. Os artigos também podem ser adquiridos pela loja online.

High Street Shop
High Street Shop

COMO CHEGAR

Para quem vai de metrô, a estação mais próxima é a High Street Kensington, atendida pela Circle Line (amarela) e a District Line (verde). Outras opções são:

  • Estação Holland Park: Central Line (vermelha)
  • Estação Earl’s Court: District Line (verde), Piccadilly Line (marinho)

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Design Museum

  • Endereço: 224-238 Kensington High St, Kensington, London W8 6AG
  • Horários: diariamente 10h às 18h
  • Entrada: gratuita para a exposição permanente / varia para exposições especiais


Leia mais sobre museus em Londres:

Deixe seu comentário