Daylight Saving Time – o horário de verão americano

0

Neste domingo, 08/03, começará aqui nos EUA o “Daylight Saving Time” (DST), que é a mesma ideia do horário de verão que temos no Brasil: adiantar os relógios em 1 hora!

No entanto, algumas coisas são diferentes por aqui.

  • TEMPO DE DURAÇÃO DO HORÁRIO DE VERÃO AMERICANO

No Brasil, o horário de verão começa no meio da primavera e vai até quase o fim do verão. O período de vigência é nos meses de novembro, dezembro, janeiro e fevereiro. Aqui é diferente. O horário “normal” só funciona no final do outono e inverno no hemisfério norte (novembro, dezembro, janeiro e fevereiro). O DST funciona o resto do ano inteiro. Desta forma, o horário de verão americano, ao invés de durar 4 meses como acontece no Brasil, dura 8 meses (de março a outubro), passando pela primavera, verão e primeira metade do outono.

  • INÍCIO DA VIGÊNCIA

No Brasil, sempre a mudança de hora é dada à meia-noite de sábado para domingo. Aqui é um pouco diferente: a mudança é dada no domingo às 2 horas da manhã tanto para começar o DST em março como para terminar em novembro (será em no dia 1º de novembro este ano).

daylight
Vigência do Daylight Saving Time. Fonte: Reprodução Google
  • FUSOS HORÁRIOS

Aproveitando que estamos falando de hora, é legal também abordar a questão dos fuso horários americanos. Assim como no Brasil, os EUA possuem vários fusos porque o país é muito grande. É só importante saber que o horário padrão americano possui 9 fusos horários diferentes! (Considerando estados como Alaska, Hawaii, algumas ilhas do Pacífico e o território de Porto Rico).

Na maior parte dos EUA, são utilizados 4 fusos horários diferentes, conforme figura abaixo:

timezone
Fusos horários americanos. Fonte: www.timetemperature.com

Desta forma, a diferença entre o horário de Brasília até o Pacific Time Zone (azul) que é onde nós moramos pode ser de:

  • 4 horas (horário normal no Brasil e DST nos EUA)
  • 5 horas (horário normal em ambos ou horário de verão em ambos)
  • 6 horas (horário de verão no Brasil e DST nos EUA)

Por conta dessas diferenças de horário, é muito importante programar direito a viagem para a os EUA, considerando essas grandes diferenças de fuso.

Deixe seu comentário