Cidades com mercado de trabalho em baixa nos EUA

0
A bela cidade de St. Louis no Missouri

Considerando a possibilidade de morar no exterior? Recentemente divulgamos um post falando sobre as cidades com mais oportunidades de emprego nos EUA. Uma pesquisa feita pela consultoria CareerBuilder e a empresa Emsi listou as regiões metropolitanas que estão bem abaixo das expectativas de crescimento no mercado de trabalho. O estudo levou em consideração os anos de 2014 e 2015, analisando a expectativa de criação de novos postos de trabalho. Vamos conhecer a lista de 10 cidades com mercado de trabalho em baixa nos EUA para ajudar você a considerar as possibilidades de mudança?

CIDADES COM MERCADO DE TRABALHO EM BAIXA NOS EUA

10
Vista da cidade de Lafayette. Foto: lafayetteradioadvertising.com

Lafayette (Louisiana)

Lafayette é a quarta maior cidade do estado da Louisiana, possui uma população de mais de 130 mil habitantes. Infelizmente, 2,1 mil postos de trabalho deixaram de existir em 2015 (fazendo com que o resultado ficasse quase 7 mil vagas abaixo da meta projetada).

9
Prédios no centro de Tulsa, em Oklahoma

Tulsa (Oklahoma)

Tulsa é a segunda maior cidade do estado da Oklahoma, possui uma população de mais de 400 mil habitantes (quase 1 milhão na zona metropolitana). Pouco mais de 2,2 mil postos de trabalho foram criados em 2015 (fazendo com que o resultado ficasse quase 7 mil vagas abaixo do projetado).

8
Centro de Cleveland no estado de Ohio

Cleveland (Ohio)

Cleveland é a maior cidade do estado de Ohio, possuindo uma população de quase 400 mil habitantes (quase 2 milhões na zona metropolitana). Pouco mais de 13 mil postos de trabalho foram criados em 2015 (fazendo com que o resultado ficasse mais de 8 mil vagas abaixo do esperado).

7
Estátua em Virginia Beach, no estado da Virginia

Virginia Beach (Virginia)

Virginia Beach é a maior cidade do estado da Virginia com mais de 450 mil habitantes (1,7 milhão na zona metropolitana). Pouco menos de 7 mil postos de trabalho foram criados em 2015 (fazendo com que o resultado ficasse mais de 10 mil vagas abaixo do esperado).

6
Centro de Richmond, na Virginia. Foto: richmondhumanists.org

Richmond (Virginia)

Richmond é a capital do estado da Virginia com 220 mil habitantes (1,3 milhão na zona metropolitana). Pouco mais de 2 mil postos de trabalho foram criados em 2015 (fazendo com que o resultado ficasse mais de 11 mil vagas abaixo do esperado).

5
A bela cidade de St. Louis no Missouri

St. Louis (Missouri)

St. Louis, no estado do Missouri, possui 320 mil habitantes (2,8 milhões na zona metropolitana). Pouco mais de 15 mil postos de trabalho foram criados em 2015 (fazendo com que o resultado ficasse mais de 12 mil vagas abaixo do esperado).

4
Centro de Nova Orleans

Nova Orleans (Louisiana)

Nova Orleans é a maior cidade do estado da Louisiana com 390 mil habitantes (1,2 milhão na zona metropolitana). Quase 2,5 mil postos de trabalho deixaram de existir em 2015 (fazendo com que o resultado ficasse mais de 14 mil vagas abaixo da meta projetada).

3
Vista da cidade da Filadélfia, na Pensilvânia

Filadélfia (Pensilvânia)

Filadélfia é a maior cidade do estado da Pensilvânia com 1,5 milhão de habitantes (6 milhões na zona metropolitana). Pouco menos de 31 mil postos de trabalho foram criados em 2015 (fazendo com que o resultado ficasse quase 27 mil vagas abaixo do esperado). Leia mais sobre a Filadélfia.

2
Times Square, um dos lugares mais turísticos de Nova York

Nova York (Nova York)

Nova York é a maior cidade dos Estados Unidos com 8,5 milhões de habitantes (13 milhões na zona metropolitana). Pouco menos de 156 mil postos de trabalho foram criados em 2015 (fazendo com que o resultado ficasse mais de 31 mil vagas abaixo do esperado). Leia mais sobre Nova York.

1
“The Bean”, uma das obras de arte mais famosas de Chicago

Chicago (Illinois)

Chicago é a maior cidade de Illinois com mais de 2,7 milhões de habitantes (9,5 milhões na zona metropolitana). Pouco mais de 55 mil postos de trabalho foram criados em 2015 (fazendo com que o resultado ficasse mais de 37 mil vagas abaixo do esperado), tornando-se a cidade menos atrativa em termos de mercado de trabalho nos EUA. Leia mais sobre Chicago.


Leia mais:

Deixe seu comentário