Churchill War Rooms: Bunkers da Segunda Guerra em Londres

0
Fila para entrar nos War Rooms

Para quem gosta de saber mais sobre histórias da Segunda Guerra Mundial, o Churchill War Rooms em Londres é parada obrigatória. Foi deste local que Winston Churchill, o famoso primeiro-ministro britânico, comandou as forças armadas britânicas. Tudo seria muito normal se fosse um simples escritório, mas se tratam de bunkers que foram construídos para proteção contra bombardeios inimigos. O local tem tanta história para contar que é um programa imperdível na cidade.

CHURCHILL WAR ROOMS: BUNKERS DA SEGUNDA GUERRRA EM LONDRES

Churchill War Rooms faz parte de um complexo de museus britânicos voltados para o tema de guerra. Além dele, há mais dois em Londres: o Imperial War Museum, com entrada gratuita e uma exposição emocionante sobre o Holocausto; e o HMS Belfast, o navio que se tornou museu e está ancorado no Rio Tâmisa, próximo à prefeitura de Londres e à icônica ponte Tower Bridge. Há ainda um outro museu que também inclui artefatos de guerra que é o Royal Air Force Museum, que conta com uma exposição de aeronaves da Força Aérea Britânica.

Imperial War Museum é o principal museu do complexo dos museus de guerra em Londres
Imperial War Museum é o principal museu do complexo dos museus de guerra em Londres

O que realmente chama a atenção no Churchill War Rooms é o fato de ele estar embaixo da terra! O complexo compreende duas partes: Cabinet War Rooms, um complexo subterrâneo que abrigava o centro de comando do governo britânico durante a Segunda Guerra Mundial; e o Churchill Museum, um museu com foco biográfico que tem como objetivo explorar a vida do primeiro-ministro e ministro da guerra Winston Churchill.

War Rooms: bonecos representam como era o dia-a-dia das pessoas vivendo ali
War Rooms: bonecos representam como era o dia-a-dia das pessoas vivendo ali

CRONOLOGIA DOS WAR ROOMS

A construção dos War Rooms começou em 1938. As atividades no local tiveram início em 27 de agosto de 1939, poucos dias antes do início da Segunda Guerra Mundial (Lembrando que: em 1º de setembro, a Polônia foi invadida; e no dia 3, a Grã-Bretanha declarou guerra aos alemães). O local funcionou 24 horas por dia até 16 de agosto de 1945, após a guerra ter chegado ao fim com a rendição japonesa. Os Cabinets War Rooms se tornaram um museu em 1984, 45 anos depois dos primeiros dias de operação. Em 2005, depois de uma grande reforma, o museu abriu uma nova área e passou a se chamar “Churchill Museum and Cabinet War Rooms”. Em 2010, o nome foi encurtado e passou a ser somente “Churchill War Rooms”.

Mapa atual dos War Rooms
Mapa atual dos War Rooms

COMO É O ACESSO AOS WAR ROOMS

Como os corredores do local são apertados, o acesso é limitado e é preciso aguardar a autorização para entrar no local. Desça as escadas e você encontrará a recepção para comprar os tickets e pegar o seu audio guide ao lado. Não deixe de pegar o audio guide (tem em português!). Cada sala visitada tem um número que deverá ser selecionado durante a visita com muitas explicações importantes sobre o funcionamento dos War Rooms. Há banheiros do lado esquerdo da recepção caso queira usar antes de começar o tour.

Fila para entrar nos War Rooms
Fila para entrar nos War Rooms
Os corredores são estreitos e pode haver "congestionamento" de pessoas
Os corredores são estreitos e pode haver “congestionamento” de pessoas

1. CABINET WAR ROOMS

Todo mundo sabe que após o término da Primeira Guerra Mundial e consequente humilhação da Alemanha, o mundo estava parecendo uma bomba relógio prestes a explodir a qualquer momento. Em 1936, o Ministério Britânico da Guerra alertou sobre a possibilidade de Londres ser atacada em ter quer arcar, além de um altíssimo prejuízo financeiro, com a morte de nada menos do que 200 mil cidadãos por semana! Foram feitos vários estudos para saber qual local era o mais apropriado para manter os principais escritórios do governo, chegando-se à conclusão de que a região mais apropriada seria no subsolo das Novas Repartições Públicas (que, atualmente, abriga o Tesouro Britânico). E, assim, começou todo um incrível trabalho de instalação de comunicações e equipamentos de transmissão, paredes à prova de som, ventilação específica e reforço das paredes para evitar o local fosse destruído por ataques aéreos inimigos.

Sala de reunião
Sala de reunião

A visita ao local é simplesmente incrível. Uma das informações passadas é que o horário de trabalho de Churchill durante a guerra era de 6h da manhã às 3h da manhã do dia seguinte! É possível conhecer vários cômodos do complexo, salas de reunião, departamentos administrativos, cozinha, quartos de oficiais, ministros e estrategistas militares que ficavam no local e muito mais. O audio guide ajuda a contar como era a vida no bunker, as funções de cada pessoa e o dia-a-dia daqueles que passaram anos trabalhando debaixo da terra.

Não era fácil trabalhar com o exigente Churchill
Não era fácil trabalhar com o exigente Churchill

As salas são expostas ao público com um vidro transparente em frente dos itens da época muito bem preservados. Para representar melhor a vida dentro do bunker, bonecos foram colocados representando funcionários do governo e militares que trabalhavam nas áreas administrativas.

churchill-war-rooms15
Quarto do conselheiro de Churchill no bunker
churchill-war-rooms16
Sala de Jantar de Churchill
churchill-war-rooms17
Cozinha em que eram preparadas as refeições
churchill-war-rooms18
Quarto da esposa de Churchill, Clementine
churchill-war-rooms20
Sala de decisões estratégicas recheada de mapas nas paredes
churchill-war-rooms22
Sala de comunicação
churchill-war-rooms23
As mulheres que trabalhavam nos War Rooms também estão representadas
churchill-war-rooms24
Alguns dos quartos eram bem apertados
War Rooms: bonecos representam como era o dia-a-dia das pessoas vivendo ali
War Rooms: bonecos representam como era o dia-a-dia das pessoas vivendo ali
churchill-war-rooms27
Uma quantidade absurda de aparelhos de telefone mostra como deveria ser difícil a comunicação na época

O último quarto deste tour pelos War Rooms é o mais esperado de todos: o quarto do primeiro-ministro Winston Churchill. Como se pode ver, nada de luxo, mas era um pouco maior do que os demais quartos do bunker. Anotações e mapas nas paredes mostram que Churchill não parava de pensar em estratégias de guerra um minuto sequer!

churchill-war-rooms28
Quarto de Churchill

2. CHURCHILL MUSEUM

Para facilitar a descrição do local, colocamos o Museu Churchill como um novo tópico. Vale lembrar que a visita ao museu é feita logo nos primeiros minutos de visitação aos War Rooms (veja mapa no início deste post para mais detalhes).

Mais de 20 anos após a abertura dos War Rooms ao público, a Rainha Elizabeth II inaugurou o Churchill Museum, que está incluso no ticket de entrada. O museu abrange uma área de 850 m² e é um grande homenagem ao estadista Winston Churchill (1874-1965), retratando informações sobre sua vida pessoal, seu trabalho e seu legado como homem forte do governo britânico. Churchill é considerado por muitos a personalidade mais importante da história do país.

Corredores do Museu Churchill, dentro do bunker
Corredores do Museu Churchill, dentro do bunker
churchill-war-rooms6
Uniforme utilizado por Churchill

A exposição é bastante interessante com artigos pessoais, videos, documentos, vestuário, presentes e muitas explicações históricas. Há informações sobre sua esposa Clementine, hobbies de Churchill como pintura e literatura e até mesmo um surpreendente Prêmio Nobel de Literatura ganho por ele e sua cidadania americana recebida em caráter honorário!

Prêmio Nobel de Literatura recebido por Churchill
Prêmio Nobel de Literatura recebido por Churchill em 1953
churchill-war-rooms8
Documento e passaporte de cidadão americano honorário
churchill-war-rooms11
Quadros pintados por Churchill também estão expostos

Há na exposição prêmios e reconhecimentos recebidos; passando posteriormente sobre detalhes sobre sua vida pessoal até chegar à sua morte. O célebre estadista recebeu honras reservadas somente para a realeza, com um funeral oferecido na Catedral de St. Paul, uma das mais importantes igrejas do Reino Unido.

Bandeira oficial que cobriu o caixão de Churchill durante seu velório
Bandeira oficial que cobriu o caixão de Churchill durante seu velório

Importante: a exposição não segue o tempo cronológico. Ela é dividida em 5 capítulos:

  • Capítulo 1: 1940-1945 – Líder da Guerra
  • Capítulo 2: 1945-1965 – O Estadista na Guerra Fria
  • Capítulo 3: 1874-1900 – O Jovem Churchill
  • Capítulo 4: 1900-1929 – Política Maverick
  • Capítulo 5: 1929-1939 – Os Piores Anos
churchill-war-rooms7
Objetos pessoais de Churchill
churchill-war-rooms9
Uma infinidade de medalhas conquistadas como militar
churchill-war-rooms10
Uma das áreas da moderna exposição do museu

Curiosidade: quem fizer um tour pelo Parlamento do Reino Unido localizado no Palácio de Westminster, pode ver uma estátua de Churchill na entrada da Câmara dos Comuns. Há também uma estátua dele na praça localizada em frente ao prédio do Parlamento, a Parliament Square Garden.

THE CAFÉ CHURCHILL WAR ROOMS

No meio do tour, há um café localizado em uma antiga sala do bunker que funciona diariamente. Há uma variedade de sanduíches, saladas, bebidas, bolos e pratos variados. A fome bateu durante o meio da visita e aproveitei para saborear um sanduíche caseiro bem gostoso.

  • Horários: de 10h às 17h (pratos quentes são servidos até 15h)
  • Cardápio: Confira o menu completo neste link.
Área do Café dos War Rooms
Área do Café dos War Rooms

LOJA

No final do passeio, chega-se a uma lojinha de presentes em que é possível comprar pôsteres iguais ao da época, camisetas, bonés, livros que retratam a Segunda Guerra Mundial e, para quem for realmente fã, até mesmo itens com o Winston Churchill estampado, como eu é o caso da caneca abaixo.

churchill-war-rooms29
Livros variados sobre a Segunda Guerra Mundial
churchill-war-rooms30
Canecas e outros itens com fotos do Churchill estão à venda também

COMO CHEGAR

Utilize a incrível malha metroviária de Londres chegando aos War Rooms através das estações (ambas ficam a uma caminhada de menos de 10 minutos do local):

  • Westminster: Jubilee Line (cinza), District Line (verde) e Circle Line (amarela)
  • St James’s Park: District Line (verde) e Circle Line (amarela)

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Churchill War Rooms

  • Endereço: Clive Steps, King Charles St, Londres SW1A 2AQ, Reino Unido
  • Horários: diariamente de 9h30 às 18h
  • Entrada: £17.25


Leia mais sobre Londres:

Deixe seu comentário