Califórnia: 12 equívocos sobre San Francisco

Muita gente nos faz uma série de questionamentos sobre San Francisco que nos fazem perceber como a cidade é pouco conhecida pelos brasileiros em geral. Pensando nisso, reunimos algumas perguntas que costumamos receber para quebrar uma série de paradigmas que existem sobre a cidade. Confira os 10 equívocos sobre San Francisco que separamos neste post!

12 EQUÍVOCOS SOBRE SAN FRANCISCO

1. A cidade de San Francisco é grande em extensão

Já ouvimos muita gente comentar que a cidade de San Francisco é grande porque acha que a Ponte Golden Gate atravessa a cidade, ligando-a de um lado a outro. A verdade é que a cidade é bem menor do que a maior parte das pessoas imagina. Do outro lado da Ponte Golden Gate fica a cidade de Sausalito e não a continuação de San Francisco. De cidade mesmo, há pouco mais de 11 km por 11 km de terra (121 km²).

Vista da cidade de San Francisco

2. San Francisco tem milhões de habitantes

Outro engano que as pessoas cometem. Segundo estimativas de julho de 2015, San Francisco possui cerca de 865 mil habitantes. Não tem sequer 1 milhão! Considerando o estado da Califórnia, a cidade é menor que Los Angeles (4 milhões); San Diego (1,4 milhão) e San José (1 milhão).

3. A cidade tem uma ótima malha de metrôs

Sempre alertamos para o fato de que o transporte público não é o forte da Califórnia como um todo. O BART, como é conhecido formalmente o metrô possui somente 8 estações em San Francisco e não atende grande parte da cidade. Decepcionante em relação à cidade de Nova York, não é mesmo?

Mapa do BART. Figura: site oficial
Mapa do BART. Figura: site oficial

4. Os moradores usam o Bondinho como meio de transporte

Os bondinhos tiveram sua época de glória, mas além de pequenos, há apenas 3 linhas (2 que percorrem o sentido norte-sul e 1 no sentido leste-oeste). Eles são sempre super procurados por quem visita a cidade e se tornaram atração turística (estão quase sempre lotados). Os moradores locais não costumam andar de bondinho para ir ao trabalho.

10014674_888927221121135_1445702259_n
Bondinho é a alegria dos turistas, não dos moradores

5. Como está na Califórnia, a cidade é quente e tem sol o ano todo

Ledo engano. San Francisco é uma cidade que sofre com uma névoa densa que deixa os dias cinzentos. Além disso, sua posição geográfica (está em uma baía) faz com que correntes marítimas deixem as águas que circundam a cidade absolutamente congelantes e um vento geladíssimo grande parte do ano. Uma frase atribuída ao escritor americano Mark Twain resume tudo: “O inverno mais frio que eu já passei foi um verão em San Francisco”. Não se esqueça de levar uma agasalho em qualquer época do ano que visitar a cidade.

Ponte Golden Gate mergulhada na neblina
Não é raro ver a Ponte Golden Gate mergulhada na neblina

6. Terremotos acontecem com frequência

Embora esteja sobre a Falha de San Andreas, não é toda hora que acontecem terremotos graves na cidade. O último famoso terremoto que ocorreu na cidade aconteceu em 1906, atingindo 8.0 na escala Ritcher, e devastou a cidade e toda a região próxima de San Francisco. No entanto, pequenos terremotos acontecem sempre (quase 500 por ano), mas são praticamente imperceptíveis.

7. Todo mundo cruza a Golden Gate diariamente

Esse é um dos maiores equívocos de quem ainda não conhece a cidade. A Ponte Golden Gate liga San Francisco à cidade de Sausalito. Só precisa atravessar a ponte diariamente quem mora nas cidades ao norte de San Francisco. Mesmo assim, cerca de 110 mil veículos atravessam a ponte todos os dias. Uma curiosidade é que muita gente desconhece que é preciso pagar pedágio na Ponte Golden Gate, mesmo não havendo cabine de pedágio na ponte.

Veja o que já escrevemos sobre a Ponte Golden Gate:

Passando de carro pela Ponte Golden Gate
Passando de carro pela Ponte Golden Gate

8. San Francisco faz parte do Vale do Silício

Não, não e não. San Francisco é um pólo importante de desenvolvimento tecnológico e sede de muitas startups (empresas de tecnologia em estado inicial), mas não faz parte do Vale do Silício, o qual está localizado ao sul de San Francisco. A “capital” informal do Vale é a cidade de San José, a maior da região. No mapa abaixo estão todas as cidades do Vale do Silício separadas por condados (subdivisões administrativas dentro dos estados).

Temos mais de 20 posts publicados sobre o Vale do Silício. Veja alguns exemplos:

9. As pessoas viajam para Los Angeles de carro sempre

Já escutamos isso diversas vezes e a resposta também é não, pessoal. De avião é uma maravilha, menos de 1 hora de voo. Mas de carro são aproximadamente 6 horas ininterruptas se você tiver sorte de não pegar trânsito. Ah, resolveu viajar pela Highway Pacific 1, a estrada cênica que proporciona lindas vistas do Oceano Pacífico? Então, seu trajeto levará mais de 9 horas de viagem – sem considerar as paradas.

Veja o que já publicamos sobre Los Angeles:

Los Angeles, a segunda maior cidade dos Estados Unidos
Los Angeles, a segunda maior cidade dos Estados Unidos

10. San Francisco é mais barata que Los Angeles

Como sempre recebemos inúmeras perguntas sobre custo de vida na Califórnia, escrevemos um post completíssimo sobre “Quanto Custa Morar na Califórnia“. San Francisco chega a ter imóveis com o dobro do valor do aluguel para um apartamento semelhante em Los Angeles! E para esclarecer de vez sobre o custo de vida em San Francisco, vale a pena ver qual é o primeiro lugar do post “Lugares mais caros para morar nos EUA“. Muitas pessoas começaram a deixar San Francisco para morar nas cidades próximas e isso tem feito com que os aluguéis destas cidades também tenham aumentado muito. Nós que moramos por 2 anos no Vale do Silício, sentimos isso na pele.

Quanto custa morar na Califórnia?
Quanto custa morar na Califórnia?

11. Não há violência ou pobreza em San Francisco

Infelizmente há sim. Diferente do Brasil que grande parte dos crimes é a mão armada, em San Francisco os furtos são mais comuns e crimes com arma branca (facas, adagas, etc.). Tem crescido muito na cidade os arrombamentos de veículos, por isso, não deixe bolsas, mochilas e nada que chame atenção quando estacionar o carro nas ruas da cidade. Um outro problema sério na cidade é a quantidade absurda de homeless (sem-tetos). Em um estudo divulgado recentemente cerca de 7 mil sem-tetos moram da cidade, mas estimativas acreditam que esse número é bem maior e pode estar entre 10 a 12 mil sem-tetos. O centro da cidade é tomado por eles e um dos locais de maior concentração é a região do Civic Center, onde fica a prefeitura de San Francisco. Infelizmente, há apenas cerca de 1,2 mil vagas em abrigos para acolhê-los. Esses dados foram retirados de uma reportagem do jornal local San Francisco Gate.

12. Não há trânsito em San Francisco

Com transporte público ineficiente e muita gente morando em cidades próximas devido ao alto custo de moradia em San Francisco, é inevitável que muitos carros passem pela cidade diariamente. O trânsito é bem chato, já que San Francisco quase não conta com avenidas largas que facilitam a circulação dos veículos. Além disso, devido à grande demanda, o valor dos estacionamentos da cidade são bem salgados. Já chegamos a pagar US$ 40 por algumas horas na região turística da cidade durante um final de semana.


Leia mais sobre San Francisco: