Ano Novo em Londres: queima de fogos na London Eye

2

A virada de ano sempre é um momento especial. E nós tínhamos uma dúvida imensa se ir ver a queima de fogos na London Eye, às margens do Rio Tâmisa, seria uma tremenda furada ou uma experiência bacana. Neste post compartilhamos nossa experiência passando o Ano Novo de 2017 em Londres.

ANO NOVO EM LONDRES

Inaugurada no ano 2000, a London Eye é a roda-gigante de Londres que fica às margens do Rio Tâmisa, do lado oposto do Palácio de Westminster, onde fica o Parlamento do Reino Unido. E é justamente neste local que ocorre todos os anos a queima de fogos mais famosa da cidade. Nós já tínhamos ouvido relatos de pessoas que passaram a virada de ano em lugares incríveis como Paris e Nova York e não tinham gostado da experiência por ser muito lotado, e o evento meio desorganizado.

A linda London Eye iluminada para a virada de ano

No entanto, desde 2014, o evento em Londres mudou muito. Nos anos anteriores, muita gente se dirigia ao local e houve uma grande preocupação com a questão da segurança. E o que mudou? Para controlar o número de pessoas que acessam o local, toda a área próxima foi cercada e começou-se a cobrar uma taxa de £10 por ingresso e limitou-se o acesso a 100 mil pessoas. Como não tínhamos ainda nenhum plano para o Ano Novo, resolvemos comprar os tickets, que começaram a ser vendidos em outubro. Os ingressos foram enviados pelo correio no meio de dezembro. Só é permitido entrar com o ticket original, nenhuma confirmação por email é aceita como entrada. Uma ideia é que você peça para entregar no endereço do hotel que vai se hospedar na cidade.

Um show de cores mesmo antes da queima de fogos

COMO COMPRAR OS INGRESSOS

Os 100 mil tickets ficam disponíveis para à venda a partir do final de outubro (em 2016, a venda começou no dia 21 às 12h no horário local). Os tickets são colocados à venda através do site da prefeitura de Londres (acesse este link). É preciso correr porque os ingressos tendem a se esgotar rapidamente.  Os ingressos são disponibilizados por zonas, que são determinadas por cores. É preciso comprar o ticket do lado certo em que você estará no dia porque não será possível cruzar o Rio pelas pontes próximas, que são fechadas durante o período da tarde. O horário permitido para acessar as áreas é de 20h às 22h30.

  • ÁREA AZUL: tickets para a região de Victoria Embankment desde a Ponte Westminster até a estação de metrô Embankment. O local só pode ser acessado para quem estiver ao norte do Rio Tâmisa (do lado oposto da London Eye).
  • ÁREA VERMELHA: tickets para a região de Victoria Embankment desde a estação de metrô Embankment até a estação de metrô Temple. O local só pode ser acessado para quem estiver ao norte do Rio Tâmisa (do lado oposto da London Eye),
  • ÁREA BRANCA: tickets permitem acesso à Ponte Westminster e podem ser acessados somente pelo lado sul do Rio Tâmisa (você NÃO vai conseguir chegar a esta área desembarcando na estação de metrô Westminster).
  • ÁREA VERDE: tickets para a região que fica atrás da London Eye. Não há como chegar à área pelo lado sul do Rio Tâmisa (lado da London Eye).
  • ÁREA ROSA: tickets dão acesso à Ponte Waterloo. O local só pode ser acessado por quem estiver ao sul do Rio Tâmisa.

Confira a localização de cada uma das áreas citadas no mapa abaixo:

COMO CHEGAR AO LOCAL

A partir do início da tarde do dia 31, muitas ruas do centro da cidade são interditadas (e só reabrem às 6h da manhã do dia 1º). Por isso, chegar ao local pode ser um desafio, pois muitas rotas de ônibus são desviadas ou encerram as atividades mais cedo e estações de metrô são fechadas antes do previsto. É muito importante se informar sobre a disponibilidade de transporte público pelo site oficial da cidade de Londres, Transport for London. Como nós compramos o ticket na Zona Azul, pois moramos no lado norte do rio Tâmisa (o mesmo lado em que fica o Big Ben), nossa entrada era feita pela Parliament Square, a praça em que fica o Parlamento e a Abadia de Westminster.

Abadia de Westminster toda cercada por placas de metal e muitos policiais e funcionários da prefeitura na área

Embora o horário informado de entrada era entre 20h e 22h30, a informação do site de transporte era que a estação de metrô de Westminster, a mais próxima do nosso local de entrada, fecharia às 21h30. Por isso, nos programamos para sair de casa por volta de 20h30. Atrasamos um pouquinho e acabamos desembarcando na estação 15 minutos antes do fechamento. As ruas já estavam todas interditadas e seguimos a pé pela rua até a frente da Catedral de Westminster onde estava a fila para acessar a área restrita. Policiais londrinos extremamente solícitos e simpáticos ajudavam a organizar tudo e a sanar quaisquer dúvidas. Conseguimos entrar por volta de 22h, depois de mostrar os ingressos (embora falem no site que pedirão documento de identidade para verificar se o nome bate com o ingresso, ninguém pediu) e passar por uma rápida revista de bolsa, chegamos!

Parecia confuso no começo, mas nos informamos com os policias e entramos na fila

Dica: leve bolsas e sacolas pequenas para facilitar a revista. Você pode levar também algo para comer e bebidas alcóolicas em pequenas quantidades em latas ou embalagens plásticas. Não é permitido entrar com vidros, objetos cortantes ou algo que possa afetar a segurança do local.

Entrando na área restrita após mostrar os ingressos

A QUEIMA DE FOGOS NA LONDON EYE

Quando chegamos às margens do Tâmisa, a cena foi incrível…a London Eye bem na nossa frente e o Big Ben do lado direito nos mostrando as últimas horas do ano! E o local não estava lotado não, havia muitas famílias e tudo estava muito tranquilo. É, claro, que não havia mais espaço coladinho com o rio, mas estávamos bem próximos. Deu a impressão de que se tivéssemos chegado meia hora antes daria para pegar um lugar melhor.

Olha quem estava nos fazendo companhia pertinho

E lá ficamos 2 horas em pé, ouvindo um DJ tocando músicas pop muito conhecidas para animar a galera que aguardava ansiosamente. Nem estava tão frio: 8ºC, uma temperatura superior ao que tinha sido registrado nos dias anteriores.

London Eye mudava de cor o tempo todo
Nem mesmo o tempo nublado atrapalhou o show de luzes

E, então, começou a contagem regressiva…em conjunto, a primeira badalada do Big Ben anunciando meia-noite, soou com a explosão de fogos na London Eye. Se falarmos que a queima foi como prevíamos, estaríamos mentindo porque ela SUPEROU MUITO, mas muito mesmo as nossas expectativas. A queima de fogos na London Eye é INCRÍVEL! Fotos e videos não conseguem descrever a beleza e a emoção daquele evento. Foram 11 minutos ininterruptos de fogos de todas as cores e tipos iluminando o céu. O final foi eletrizante! Nós tentamos filmar e tirar fotos, mas chegou a um ponto que ficamos anestesiados por tanta beleza e nos rendemos àquele momento. Guardamos os celulares e a câmera e só ficamos observando e curtindo o momento.

A queima começa seguindo o ritmo das 12 badaladas do Big Ben
Um show de cores e música, que acompanhava o espetáculo
Feliz Ano Novo!
Fogos belíssimos diante dos nossos olhos
Foi emocionante ver tudo ao vivo

VIDEO OFICIAL DOS FOGOS NA LONDON EYE

Quem quiser conferir como foi a queima de fogos da virada de ano 2016/2017 pode conferir através do video que colocamos aqui. No entanto, garantimos que estar lá ao vivo é uma emoção completamente diferente.

A VOLTA PARA CASA

Terminado o espetáculo de luzes, todo mundo sai e vai embora. Não há shows ou música tocando após a queima de fogos. E esta é a parte mais complicada porque com tantas ruas interditadas e estações de metrô fechadas, a volta para casa é difícil e demorada. Um detalhe: o transporte público de Londres é gratuito entre 23h45 do dia 31 de dezembro às 4h30 da manhã do dia 1º de janeiro.

London Eye após o espetáculo dos fogos

Para conseguir pegar um dos ônibus que nos deixasse na porta de nossa casa (que teve seu trajeto alterado), tivemos que andar cerca de 2 km no centro de Londres, passando por muito lixo e garrafas quebradas nas ruas. Somente na altura da Tottenham Court Road é que o trânsito estava liberado. Nós moramos na Zona 1 de Londres em Angel, Islington, e só conseguimos chegar em casa pouco antes das 2h da manhã. Por isso, é imprescindível que você compre o ticket do mesmo lado em que está o seu hotel. As pontes que cruzam o Rio só reabrem às 6h da manhã.

Mapa das ruas interditadas no Ano Novo de 2017. Figura: site oficial tfl.gov.uk

RECOMENDAMOS A EXPERIÊNCIA?

Completamente! Por conta do controle de público com a venda de ingressos, o evento restringiu multidões e otimizou o acesso através de diversas entradas. O evento é organizado e seguro. O show de luzes e efeitos dos fogos é maravilhoso e indescritível. Valeu cada centavo do que pagamos e cada segundo de espera para ver o espetáculo que presenciamos. Uma recomendação é ficar de olho para não ser vítima de pickpockets (batedores de carteira), que se aproveitam de grandes aglomerações. No entanto, nós não vimos absolutamente nada acontecendo por lá.

Valeu a espera e o frio. A queima de fogos da London Eye é fantástica!

Leia mais sobre lugares citados neste post:

2 COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário