Althorp House: Mansão onde a Princesa Diana está sepultada

0

Quem tem admiração pela falecida princesa Diana e já visitou a Spencer House e o Palácio de Kensington, em Londres, pode conhecer um outro local importante de sua vida. Nossa sugestão é fazer um bate-volta a partir de Londres para visitar Althorp, uma propriedade que pertence à família Spencer há mais de 500 anos, onde Diana passou sua infância e foi sepultada após seu trágico falecimento.

ALTHORP HOUSE & A FAMÍLIA SPENCER

Althorp é uma imensa propriedade de 50 km2, localizada a 120 km de Londres, que abriga não somente uma mansão, mas também áreas verdes, jardins e fazendas. Ela pertence à família Spencer, uma das famílias da aristocracia britânica mais proeminentes e famosas. Desde 1992, ela é administrada por Charles Spencer, 9º Conde de Spencer, irmão da falecida Diana, que se tornou princesa de Gales após seu casamento com o príncipe Charles em 1981. Diana passou sua infância na residência e está enterrada nos jardins da propriedade.

Vista da área lateral da casa

A casa sempre recebeu hóspedes ilustres como reis, rainhas, príncipes e princesas. O ex-primeiro-ministro Sir Winston Churchill (que também é membro da família, já que seu nome completo é Winston Leonard Spencer-Churchill) também já se hospedou lá. Uma curiosidade é que depois de sua morte, o irmão de Diana mandou plantar um corredor de 36 carvalhos na propriedade, 1 para cada ano de vida da princesa.

COMO VISITAR A ALTHORP HOUSE

Eu descobri meio que por acaso que a propriedade abre alguns dias por ano para visitação. Foi procurando informações de onde Diana estava enterrada que soube de sua existência e comecei a procurar mais informações sobre o local. Entrei no site oficial e vi que a venda de ingressos estava aberta! Comprei o meu pela internet, mas depois chegando lá, vi que muita gente compra na bilheteria mesmo, uma vez que a demanda por ingressos não é muito grande. A visita à Althorp House leva de 2 a 3 horas, dependendo do seu ritmo. Depois de passar pela bilheteria, é preciso caminhar cerca de 15 a 20 minutos até chegar à área onde estão os estábulos e a casa.

Bilhete em mãos, hora de caminhar cerca de 15 a 20 minutos até a casa e os estábulos
A área dos estábulos é a primeira coisa a ser avistada

Antes de fazer a visita, assisti pela Netflix ao documentário “Secret of Althorp – The Spencers” (2013) e tive certeza de que queria conhecer o local. Super recomendo assistir antes de ir para aproveitar melhor até mesmo as informações que são dadas pelo guia durante a visita e poder fazer perguntas.

COMO É A VISITA À ALTHORP HOUSE

É possível visitar a Mansão (mediante tour guiado); os Estábulos (onde ficam exposições periódicas sobre a princesa Diana); e os Jardins e áreas verdes, o Lago e o Memorial de Diana. Há ainda um Café e uma Loja de Presentes, ambos localizados também na área dos Estábulos. No mapa abaixo, que é uma reprodução do folheto que recebi na bilheteria, pode-se ter uma ideia da localização de cada atração. Em seguida, confira detalhes do que visitar.

Mapa de Althorp. Reprodução do folheto entregue na bilheteria

1. EXPOSIÇÕES NOS ESTÁBULOS

Depois de caminhar da bilheteria até a casa, a primeira coisa que encontrei foi a área dos estábulos. Todos os anos há exposições diferentes que procuram celebrar a vida de Diana, prestando uma homenagem a ela. No documentário que assisti soube que havia tido uma exposição com vestidos, acessórios e itens pessoais de Diana. Quando visitei Althorp, as exposições eram diferentes. Havia uma seleção de fotografias de Diana que foram feitas pelo fotógrafo Mario Testino, que mostram Diana sorrindo, muito feliz após o divórcio.

Fotos de Diana na exposição
A fotos foram momentos registrados pelo fotógrafo Mario Testino

Uma outra área mostrava o trabalho assistencial e de caridade feito pela fundação que leva seu nome. Havia também o rascunho do discurso que o irmão dela fez na Abadia de Westminster durante seu funeral. Uma última exposição exibia mais fotografias de Diana e, ao final, uma vitrine com uma série de homenagens que foram feitas a ela após sua morte.

Detalhes sobre o trabalho assistencial prestado pela fundação de Diana
Mais fotos de Diana e, ao fundo, uma coleção de homenagens prestadas à ela após sua morte

2. TOUR GUIADO NA MANSÃO

Para a visitar a residência é obrigatório estar acompanhado por um guia. No entanto, não é possível agendar um horário com antecedência, é preciso entrar em uma fila que se forma em frente da casa. As pessoas vão sendo chamadas e grupos de umas 20 pessoas são formados para dar início à visitação. Geralmente quando se abre uma casa à visitação, é possível ver poucos cômodos, mas na Althrop a visita é bem completa e é possível conhecer muitos quartos e salas. O tour leva cerca de 1 hora e, como é proibido tirar fotos dentro da casa, fica difícil lembrar com exatidão a ordem da visita, mas fiz o possível para relatar tudo o que lembro.

Fila se formando em frente à mansão para o tour guiado

A) THE WOOTTON HALL

A área de entrada da casa é um salão com diversas pinturas de cavalos e cães nas paredes. Há cadeiras dispostas de ambos os lados da sala em que os visitantes podem sentar, enquanto o guia passa algumas instruções para a visitação  e fala sobre as origens da residência e a história da família Spencer. O chão de mármore imita um tabuleiro de xadrez belíssimo. Segundo nosso guia, o local era um dos favoritos da princesa Diana quando criança porque ela adorava praticar sapateado.

The Wootton Hall. Foto: site oficial Althorp

B) THE PAINTER’S PASSAGE

 O tour se inicia propriamente quando o guia chama as pessoas para cruzarem uma porta à esquerda. Neste local há um corredor com diversos bustos e retratos. A coleção de obras de arte da família Spencer conta com um acervo enorme e novas peças ainda são adquiridas. Logo de cara, uma grande surpresa: um quadro enorme, moderno, com fundo preto, que retrata um homem com problemas com drogas. O nome do quadro é “Rehab”, do artista contemporâneo britânico Mitch Griffiths.

Painter’s Passage. Foto: site oficial Althorp

Em seguida, o guia nos levou por uma escada de serviço para irmos até o andar superior. Nós não usamos a enorme escadaria de madeira que é um dos locais mais interessantes da casa, mas a vimos de cima logo depois. Segundo o guia, apenas convidados do Conde seguem pelo caminho mais nobre da casa. Ainda estou aguardando um convite, mas até agora nada! 😛

A Grande Escadaria…que eu não pude subir! Foto: site oficial Althorp

C) THE PRINCESS OF WALES ROOM

O “Quarto da Princesa de Gales” é o primeiro dos quartos a ser visitado. O nome não é uma referência à Diana, mas sim à princesa Alexandra, esposa do futuro rei Eduardo VII, que ficou hospedada no local em 1863. O quarto é todo decorado em veludo: vermelho nas paredes e com uma estampa de abacaxis no dossel, poltronas e cama. O guia explicou que os quartos ainda são utilizados nos dias atuais para hóspedes. O espelho e a porta do quarto vieram da Spencer House, em Londres, quando a casa foi bombardeada durante a guerra. Eu reparei que cada quarto possui um mapa plastificado dos cômodos da casa para servir de guia para os hóspedes.

Quarto da Princesa de Gales. Foto: site oficial Althorp

D) THE SALOON AND SPENCER GALLERY

Finalmente, chegamos na área central da casa, a que fica a grande escadaria (que não subimos). Caminhamos pela galeria superior repleta de retratos de 19 gerações da família Spencer. Na parede principal, ficam os retratos do 9º Conde de Spencer à esquerda, um retrato de Diana à direita e, no centro, uma pintura do pai de ambos. Na parede oposta estão quadros da família Churchill (lembrando que Diana e o ex-primeiro ministro Winston Churchill eram primos distantes).

Retratos da família Spencer por todos os lados. Foto: site oficial Althorp

E) CHAPEL

Seguimos andando pela galeria superior e chegamos até uma sala no final do corredor que era uma pequena capela onde são realizadas cerimônias íntimas como batizados, celebrações de Páscoa e de Natal).
Capela. Foto: site oficial Althorp 

F) THE ANTE ROOM

O tour prosseguiu para uma ante-sala. O guia nos revelou que, no passado, o local era um quarto. No entanto, Lord Charles Bruce pegou varíola e acabou falecendo no quarto. Seguindo ele, antigamente, havia o costume de destruir todos os móveis, cortinas e estofados por medo de contaminação. Foi a partir daí que decidiram reformular o cômodo, transformando-o em uma ante-sala anos mais tarde. Aqui são servidos almoços mais íntimos. Desta ante-sala é possível avistar no canto o quarto The India Silk Bedroom, utilizado como quarto de hóspedes.

Ante-sala. Foto: site oficial Althorp

G) THE GREAT ROOM

Neste cômodo fica uma bonita sala de jantar com capacidade para até 18 pessoas. Assim como todos os cômodos da casa, esta sala está repleta de retratos nas partes. Há vários vasos de porcelana muito bonitos fazendo parte da decoração.

The Great Room. Foto: site oficial Althorp

H) THE OAK BEDROOM

O “Quarto de Carvalho” é um belíssimo quarto que possui uma linda cabeceira da cama em carvalho com um brasão esculpido que data de 1847. Neste quarto aconteceram dois episódios românticos da família Spencer. Em 1755, o 1º Conde de Spencer e sua noiva Georgiana casaram secretamente neste quarto. Em 1934, Winston Churchill dormiu neste quarto. A família Churchill se casou com a família Spencer em 1699 e muitos dos tesouros encontrados neste quarto são herança de Sarah Churchill, 1ª duquesa de Marlborough.

A linda cama de carvalho que dá nome ao quarto. Foto: site oficial Althorp

I) THE KING WILLIAM BEDROOM

Este é o quarto onde o 2º Conde de Spencer hospedou o rei William III em 1695. E adivinha o que tem pendurado nas paredes decorando o quarto? Retratos! Eles estão por toda parte na residência. Dá para até cansar de ver tantos deles!

Quarto do Rei William. Foto: site oficial Althorp

J) THE QUEEN MARY BEDROOM

Eu achei o quarto da Rainha Maria uma gracinha devido ao belíssimo trabalho de tapeçaria e bordado das cadeiras. Ele foi usado pela Rainha Maria e pelo Rei George V quando visitaram Althorp em 1913. A cama extremamente alta é uma cópia de um design do século XVIII, e é drapeada em rico tafetá verde.

Quarto da Rainha Maria. Foto: site oficial Althorp

K) THE PICTURE GALLERY

Esse salão é o ponto alto do primeiro andar da mansão. Uma sala enorme repleta de (adivinha?) retratos nas paredes. Esta galeria do período elizabetano tem obras importantíssimas. No extremo sul e no ponto focal da galeria encontra-se o famoso retrato  de Van Dyck conhecido como ‘Guerra e Paz’, representando os cunhados George Digby, 2º Conde de Bristol e William Russell, 1º Duque de Bedford. O que realmente chama atenção é quadro “Britannia”, de Mitch Griffiths, um quadro moderno que mostra alguns itens de modernidade britânica (câmera de vigilância, cigarrinho suspeito e bandeira do Reino Unido no chão).

Galeria de Retratos. Foto: site oficial Althorp

Depois da Galeria de Retratos, pegamos novamente as escadas para e voltamos a descer para o andar térreo da casa para continuar a visita. Eu até estava achando que o tour estava chegando ao final, mas ainda tinha mais!

L) THE SOUTH DRAWING ROOM

Esta é uma bonita sala de estar com diversas pinturas. Em destaque está um retrato da duquesa Georgiana, cuja vida (nada feliz) foi retratada no filme “A Duquesa” (2008) e interpretada pela atriz Keira Knightley.

O quadro da duquesa Georgiana e uma de suas filhas está em destaque na sala. Foto: site oficial Althorp

M) THE BILLIARD ROOM

A Sala de Bilhar é um dos destaques do piso térreo da mansão. Ela dá um ar de uma sala esportiva vitoriana, o local mais descontraído da residência. Há quadros com imagens de cavalos, pescaria, colaborando para o ambiente esportivo da sala. Um destaques da sala é a enorme pintura sob a lareira de Elisabeth, Imperatriz da Áustria, também conhecida como Sissi.

Muita gente deseja uma mesa de bilhar no meio da sala…os Spencers têm! Foto: site oficial Althorp

N) THE LIBRARY

Uma das minhas salas favoritas da visita foi a biblioteca da mansão. Dois globos terrestres enormes decoram as duas entradas da sala. O acervo é incrível com muitas raridades, incluindo 10 mil livros da coleção remanescente da biblioteca privada acumulada pelo 2º Conde, que era considerada a melhor biblioteca privada do mundo na época. Há também 43 mil livros de primeira edição.

Biblioteca de Althorp. Foto: site oficial Althorp

O) THE MARLBOROUGH ROOM

Este espaço foi usado como sala de estar até a década de 1990, e agora serve como uma grande sala para jantares formais. A mesa de jacarandá vitoriana pode ser estendida para acomodar até 42 convidados. O nome desta sala é uma homenagem à memória de Sarah, 1º Duquesa de Marlborough, cujos recursos ajudaram a manter financeiramente a família Spencer.

A imensa sala de jantar. Foto: site oficial Althrop

P) THE SUNDERLAND ROOM

Esta sala surpreende pelas pinturas nas paredes vermelhas. Diferentemente das outras salas que são repletas de retratos de pessoas, essa possui diversas pinturas de búfalos. No passado, este cômodo era um quarto. A família costumava dormir no piso térreo e os convidados no piso superior. Atualmente, ela é claramente uma sala mais masculina, onde os cavalheiros se reúnem para conversar.

Sunderland Room. Foto: site oficial Althorp

Q) THE GARDEN LOBBY

Esta é uma saleta com saída para o jardim onde o tour pela casa termina. Neste espaço há diversas vitrines de artigos de porcelana que fazem parte da coleção da família Spencer ao longo de muitas gerações. O acervo é abrangente e contém peças europeias e orientais.
A sala das porcelanas. Foto: site oficial Althorp

3. JARDINS, LAGO OVAL E MEMORIAL PRINCESA DIANA

A saída do tour se dá para uma porta traseira da casa com vista para os jardins e grandes áreas verdes.

A saída do tour acontece por uma porta traseira, a caminho dos jardins

Aproveitei e já fui direto caminhando pelas belas áreas verdes da propriedade. Embora eu tivesse pesquisado a previsão do tempo antes de comprar os ingressos, o tempo na Inglaterra é sempre uma incógnita e o dia estava meio nublado e até garoou um pouco em alguns momentos, mas isso não tirou o encanto daquele belo lugar cheio de verde.

Jardins e áreas verdes muito bem cuidadas
Um lugar repleto de ar puro
Flores nos jardins

Fui caminhando em direção do lago, conhecido como Round Oval, porque sabia que era ali que Diana foi sepultada no dia 6 de setembro de 1997. O lago conta com uma pequena ilha central com muitas plantas. Diana está enterrada no local, mas não é possível chegar perto, pois seria necessário um transporte de barco para acessar a ilha. Li informações de que o irmão de Diana e proprietário da residência está planejando grandes mudanças e obras no local a partir de 2018. Até agora, nada concreto foi confirmado.

Ilha em que Diana está enterrada

Segui caminhando ao redor do lago e, do outro lado, foi construído um memorial em homenagem à Lady Di. Ele é simples, mas muito bonito, com colunas gregas e detalhes em mármore branco e preto. De um lado, uma placa com uma citação de Diana, que demonstra seu desejo em ajudar em obras de caridade. De outro, uma homenagem de seu irmão. Na parte de cima, a data de nascimento (1961) e falecimento (1997) de Diana. Ao centro, um banco que foi dado pelos funcionários de Althorp. No centro da parede do memorial fica um perfil do rosto da princesa. Parece inacreditável que em 31 de agosto de 2017 completam-se 20 anos de sua morte!

O memorial em homenagem à Diana fica atrás da ilha
Memorial homenageia a vida de Diana

Nos jardins você ainda vai encontrar placas em memória dos jardineiros que trabalhavam em Althorp, mas perderam a vida durante a Primeira Guerra Mundial, e um carvalho plantado por Nelson Mandela, quando ele visitou a propriedade em 2002.

4. LOJA DE PRESENTES

Voltei para a região dos estábulos e fui conhecer a loja de presentes. Lá há diversos artigos que fazem referência à Althorp House, além de livros, ímãs de geladeira, cartões postais, entre outros objetos. Como eu costumo colecionar ímãs de todos os lugares que vou, garanti o meu na lojinha.

Área dos estábulos reúne as exposições de Diana, um Café e uma loja de presentes

5. CAFÉ

Depois de toda essa caminhada pela propriedade, dei uma passadinha no Stables Café para comer alguma coisa. O forte não são refeições, mas sanduíches prontos, bolos, tortas e uma sopa do dia. O Café foi montado na área dos estábulos onde ficavam cavalos. A estrutura arquitetônica do local foi preservada. Peguei um lanchinho natural e fui comer na área externa para respirar um pouco de ar puro. Há algumas mesas de piquenique perto da área dos banheiros. Dali é possível ver o Deer Park, um local onde ficam diversos cervos e veados.

Estábulos vistos dos jardins
Área de piquenique

COMO CHEGAR

Para chegar até a Althorp House a partir de Londres, é preciso pegar um trem da estação London Euston até a cidade de Northampton. Em geral, a viagem tem menos de 1 hora de duração. Chegando lá, o que eu recomendo é pegar um táxi. Não é preciso reservar com antecedência porque há muitos carros em frente à estação. No entanto, eu não encontrei nenhum Uber na área. Peça o número de contato para o taxista para que você possa ligar de volta para ele quando quiser voltar para a estação, ou já deixe combinado um horário para ele buscar você. Althorp fica “no meio do nada” e, por isso, não conte com a possibilidade de achar um táxi fora da propriedade. De táxi, levei menos de 20 minutos para chegar e desembolsei cerca de £20 por trecho.

Entrada secundária onde há a bilheteria (à esquerda)

Pesquisando, descobri que existe um ônibus (número 96) que uma vez a cada hora sai de Northampton em direção à cidade de Rugby e passa em frente à entrada principal da casa. O trajeto demora cerca de 45 minutos. No entanto, a entrada principal não é onde fica a bilheteria. O taxista me deixou em uma entrada lateral que só é acessada pegando-se uma estradinha estreita por uns 5 minutos.

O local é acessado por uma estradinha estreita

Pelo o que entendi, se você chegar no portão principal, precisa entrar em contato com um funcionário para que ele autorize a sua entrada. Se você está considerando essa possibilidade, acho que vale a pena enviar um email para checar com eles como proceder. Confira os horários e informações sobre ônibus 96 aqui.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Althorp Estate

  • Endereço: Northampton NN7 4HQ, Inglaterra
  • Horários: dias selecionados entre maio e setembro de 12h às 17h (confira neste link) / a casa só pode ser visitada através de tours guiados  – o último tem início às 15h
  • Entrada: £18.50 (acesso aos jardins, estábulos com exposições, café, loja de presentes e tour guiado pela casa)
  • Outras informações:eventos especiais ao longo do ano (Food and Drink Festival e Literary Festival) com horários e preços diferenciados. 


Leia mais sobre lugares referentes à princesa Diana:

Deixe seu comentário